Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Estudante Internacional


Os estudantes não portugueses que pretendam ingressar na Universidade Lusófona podem concorrer a cursos de Licenciatura, Mestrado ou Doutoramento. Consulte a informação existente nesta página. Caso tenha dúvidas entre em contacto connosco através do email info@ulusofona.pt

Pode também ligar para um dos seguintes números:

Regulamento 2017-18 e provas ENEM

download

Prazos de Candidaturas para Estudantes Internacionais 2017-18

Calendário de candidatura para o Concurso especial de acesso e ingresso para estudantes internacionais
Fases * Datas Provas internas Divulgação dos resultados
1 ª Fase 20 de fevereiro a 24 de março 27 a 31 março 10 abril
2 ª Fase (vagas sobrantes) 10 abril a a 5 maio 8 a 12 maio 22 de maio
3 ª Fase (vagas sobrantes) 22 maio a 16 junho 19 a 23 junho 3 julho
4 ª Fase (vagas sobrantes) 3 a 21 julho 24 a 28 julho 31 julho
5 ª Fase (vagas sobrantes) 31 julho a 1 setembro 4 a 8 setembro 18 setembro
6 ª Fase (vagas sobrantes) 18 setembro a 6 outubro 9 a 13 outubro 23 outubro

* Caso existam vagas sobrantes serão definidas novas fases de candidaturas.


Concurso para Estudante Internacional - Licenciaturas e Mestrados Integrados

O Concurso para Estudante Internacional aplica-se a alunos fora da União Europeia não titulares de curso superior que pretendam frequentar um Curso de Licenciatura ou Mestrado Integrado na Universidade Lusófona. Antes de realizar a candidatura consulte o regulamento n.º 85-2016, que regula o Concurso de acesso e ingresso na Universidade Lusófona para Estudantes Internacionais para o Ano Letivo 2016-17 e o Despacho n.º3/2016 - Concurso especial de acesso e ingresso para estudantes internacionais na ULHT - Ano letivo 2016/2017.

O concurso para Estudantes Internacionais encontra-se atualmente fechado. Poderás no entanto fazer um registo de interesse e entraremos em contato contigo assim que o período de candidaturas abrir para 2017-18

Registo de interesse

Documentos a entregar para candidaturas a Licenciatura ao abrigo do Concurso para Estudante internacional

Os estudantes internacionais devem apresentar no ato de candidatura ao concurso especial de acesso e ingresso os documentos seguintes:

  • Diploma ou certificados têm de evidenciar as circunstâncias da sua emissão de forma fidedigna e devem ser autenticados pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para a língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa;
  • Dos diplomas e certificados tem de constar, obrigatoriamente, a escala de classificação e a classificação final obtida no programa de ensino bem como que confere aos estudantes internacionais o direito de se poder candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido
  • Ficha ENES, no caso de serem titulares do ensino secundário português;
  • Documentação exigida pela legislação aplicável, no caso de serem titulares de habilitação legalmente equivalente ao ensino secundário;
  • Uma fotografia tipo passe;
  • Documento de identificação pessoal e fiscal exigida pela legislação portuguesa (original e fotocópia) e ainda declaração de compromisso de entrega posterior de autorização de residência.

Os alunos com Exame Nacional do Ensino Médio ENEM (Brasil) válidos e exames nacionais de acesso ao ensino superior ficam dispensados da realização das provas internas.


Calendário de Provas 2017-18

A definir em breve


Concurso para Estudantes Estrangeiros para frequência de curso de Mestrado ou Doutoramento

Os titulares de cursos superiores de instituições de ensino superior não portuguesas podem concorrer a cursos de Mestrado ou Doutoramento na Universidade Lusófona para o ano letivo 2016-17.

O concurso para Estudantes Internacionais encontra-se atualmente fechado. Poderás no entanto fazer um registo de interesse e entraremos em contato contigo assim que o período de candidaturas abrir para 2017-18

Registo de interesse

Os estudantes que não têm nacionalidade portuguesa para se candidatar a programas de mestrado e /ou doutoramento devem cumprir os seguintes requisitos:

  1. Ser possuidores de um curso de licenciatura (para candidatos a mestrado) ou de mestrado (para candidatos a doutoramento);
  2. Entregar a documentação abaixo discriminada;
  3. Entregar o Diploma de curso e o histórico escolar reconhecidos pela representação diplomática ou consular portuguesa existente no seu país de origem e traduzidos por tradutor oficial (exceto documentos em Espanhol, Francês e Inglês).

Documentação a entregar para:
Mestrados

  • Fotografia;
  • Cópia do passaporte;
  • Diploma de Licenciatura (*);
  • Histórico Escolar de Licenciatura (*);
  • Curriculum Vitae, datado e assinado;
  • Portfolio individual que permita aferir do trajeto artístico e profissional do candidato bem como da relevância da sua experiência passada. Este portfolio deverá ser preferencialmente entregue em suporte digital - aplicável ao 2º Ciclo de Estudos Cinematográficos;
  • Projeto individual contendo nota de intenções, sinopse e demais elementos que o candidato considere relevantes relativos a um conceito original para a produção de uma obra cinematográfica de longa-metragem - aplicável ao 2º ciclo de Estudos Cinematográficos;

Documentação a entregar para:
Doutoramentos

  • Fotografia
  • Cópia do passaporte
  • Diploma do Mestrado (*)
  • Histórico Escolar do mestrado (*)
  • Curriculum Vitae, datado e assinado;
  • Pré-Projeto de Tese.

(*) reconhecidos pela representação diplomática ou consular portuguesa existente nesse país e traduzidos por tradutor oficial (exceto documentos em Espanhol, Francês e Inglês).


Informação sobre as Provas ENEM

A pensar nos candidatos brasileiros, a ULHT abre uma fase de pré-candidatura online, no período de 5 de janeiro a 18 de fevereiro, que poderá ser efetivada na época de candidatura das fases anunciadas, com a prova documental do resultado do ENEM.

Os alunos com Exame Nacional do Ensino Médio ENEM (Brasil) válidos ou que tenham realizado as provas nacionais de ingresso para titulares do ensino secundário português ficam dispensados da realização das provas internas. Consulte as provas nacionais necessárias na página do curso para o qual se pretende candidatar.

Equivalência da prova ENEM

O acesso aos cursos de 1º ciclo (graduação) é realizado com a classificação do ENEM. A escala de classificação portuguesa funciona de 0-200 e a do ENEM de 0-1000.  

Para efeitos de seriação, a conversão das classificações faz-se dividindo a nota obtida no ENEM por 5 (cinco).

Cálculo da nota de candidatura para alunos com ENEM válido (conversão para escala de notas portuguesa):
Nota Final = Somatório das várias componente do ENEM * Ponderação * 200/1000

Exemplo:
Candidatura ao mestrado Integrado em Arquitetura.

Elementos da Prova ENEM Classificação Ponderação Nota Ponderada
LING 630 40% 252
MAT 500 40% 200
RED 960 20% 192
Somatório das classificações ponderadas 644
Nota Final 128.8

Nota Final  = (LING*40% + MAT*40% + RED*20%) * 200 / 1000
= (630*40% + 500*40% + 960*20%) * 200 / 1000
= 128.8

Nota: mínima final de candidatura: 95 pontos

Provas Internas


Informação sobre Mensalidades

Os valores para os Estudantes Internacionais são fixados anualmente pelo Conselho de Administração da entidade instituidora da ULHT, mediante tabela própria e são divulgados no sítio da internet da ULHT no prazo estabelecido para a apresentação das candidaturas.

Informação para pagamentos

Número bancário Internacional

IBAN: PT 50.0033.0000.00192237511.05
SWIFT/BIC: BCOMPTPL

  • Na transferência indique o seu número de aluno ou candidato
  • Envie um email para tesouraria@ulusofona.pt com comprovativo da transferência

Antes de partir

  • Passaporte ou documento de identificação estrangeiro;
  • Visto para estudar em Portugal
  • Declaração de compromisso de entrega posterior de autorização de residência;
  • Documento comprovativo da conclusão do ensino secundário ou equivalente;
  • Alojamento em apartamento particular ou residência acordada com a Escola;
  • Seguro de saúde escolar e/ou internacional;
  • Moeda utilizada em Portugal - Euro
  • Custo de vida- Os preços dos bens em geral são menos elevados que no resto da Europa. O salário mínimo nacional é de 495,00¿. O preço médio de uma refeição no restaurante é de 10/15 euros.

Diplomas e Certificados

Os diplomas e certificados têm de evidenciar as circunstâncias da sua emissão de forma fidedigna e devem ser autenticados pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para a língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa.

Dos diplomas e certificados referidos no nº 1 do Regulamento tem de constar, obrigatoriamente, a escala de classificação e a classificação final obtida no programa de ensino bem como que confere aos estudantes internacionais o direito de se poder candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido.

Vistos para Estudantes Brasileiros

Na página do SEF encontra todo os tipos de vistos  e qual a documentação necessária para os obter na Embaixada de Portugal em Brasília ou num dos vários consulados de Portugal no Brasil. 

Os documentos necessários são os seguintes:
  • Passaporte;
  • 3 fotos 3x4 (fundo branco);
  • Registo criminal;
  • Seguro de saúde internacional;
  • Prova de residência em Portugal (a fornecer pela Instituição de ensino de acolhimento)
  • Comprovativo de meios de subsistência em Portugal (Contra cheque)
  • Carta de Aceitação;
  • Boletim de vacinas;
  • Certificado de habilitações

Informação sobre bolsas de estudo

Estudante Brasileiro

São vários os organismos e instituições que põem à disposição de estudantes brasileiros bolsas para realizarem estudos universitários em Portugal.

Assim, podem ser tidos em consideração os seguintes:

  • CAPES e CNPq - As principais agências de financiamento no Brasil são a CAPES e o CNPq.
  • As Fundações de Amparo à Pesquisa Estaduais também oferecem, em alguns casos, bolsas de pesquisa ou ensino no exterior (ex.: FAPESP, FAPERJ, FAPESB)
  • O programa Ciência sem Fronteiras (CsF). Por favor, consulte o site do CNPq.
  • O Banco Santander Totta tem programas de bolsas que podem ser utilizadas por estudantes brasileiros que queiram frequentar a Universidade da Beira Interior durante um semestre. Os candidatos interessados devem contatar as suas universidades do Brasil.

Razões para estudar na Universidade Lusófona

46 Licenciaturas, 3 Mestrados Integrados, 46 Mestrados, 11 Doutoramentos
uma oferta única de ensino superior

Localizada no centro de Lisboa, a Universidade Lusófona é um espaço único de ensino superior, uma instituição com uma visão internacional única, que articula ensino e investigação num campus de excelência.

As Escolas e Faculdades da Universidade cobrem as generalidades das áreas do saber, das artes às humanidades, do direito às ciências empresariais, das ciências da saúde ao desporto, passando pela comunicação, engenharias, computação, psicologia, arquitetura e ciências aeronáuticas.

  • Temos uma dimensão internacional única e distintiva;
  • Temos um excelente índice de empregabilidade e satisfação entre os nossos alunos e antigos alunos;
  • Possuímos uma dos melhores parques nacionais de laboratórios, estúdios e equipamentos para o ensino;
  • Possuímos programas de intercâmbio e mobilidade internacional (Erasmus + e Leonardo Da Vinci e programas de formação internacionais e em consórcio;
  • Ensino e Investigação;
  • Desporto e Cultura.

ESTAS SÃO AS TUAS RAZÕES PARA NOS ESCOLHERES!