Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Dietoterapia I

Curso

Ciências da Nutrição

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 7

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

182 | 75

Código

ULHT1101-12568

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Doenças Crónicas e Metabólicas
Obesidade
Diabetes Mellitus (Tipo1, Tipo 2 NIT e IT, Diabetes Gestacional)
Doenças Cardiovasculares (Dislipidemia, Hipertensão Arterial, Síndroma metabólica, AVC, Hiperuricemia)
Doença hepática Crónica de etiologia alcoólica e não alcoólica
Doenças do Comportamento Alimentar e Magreza

Objetivos

A Dietoterapia visa a aquisição de conhecimentos no âmbito da nutrição e dietética, existentes e disponíveis para uma atuação adequada nas diferentes patologias. O nutricionista é um profissional, que de forma autónoma o pode efetuar, tratar a informação obtida e transmitir a informação resultante de forma fiável, rigorosa e eficiente. Tem como principais objetivos: a identificar e caracterização de diferentes patologias seus aspetos etiológicos e fisiopatológicos;
A identificação de fatores de risco modificáveis e não modificáveis associados; o conhecimento das respetivas recomendações nutricionais; facultar a capacidade para adequação e intervenção dietética e nutricional nas diferentes situações.
As aulas teórico-práticas pretendem aprofundar e exercitar os temas lecionados nas aulas teóricas, proporcionando, desta forma, um contacto mais direto com os referidos temas.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

A unidade curricular pretende proporcionar aos alunos conhecimentos e competências que lhes permitam uma atuação rigorosa e válida no âmbito da avaliação e monitorização do estado nutricional. Tendo por base os conhecimentos adquiridos, os alunos ser capazes de:
Identificar e caracterizar as diferentes patologias seus aspetos etiológicos e fisiopatológicos;
Identificar os fatores de risco modificáveis e não modificáveis associados;
Conhecer as respetivas recomendações nutricionais;
Adequar a intervenção dietética e nutricional às diferentes situações.
Aos alunos será possível abordar temas através do desenvolvimento do pensamento crítico, pondo em prática os conhecimentos adquiridos, sintetizando e aplicando o conhecimento aprendido nas várias matérias nesta unidade curricular

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas Teóricas de frequência voluntária.
Aulas teórico-práticas destinadas a aprofundar, discutir e exercitar as matérias expostas nas aulas.
O regime de avaliação é preferencialmente de caracter contínuo, e valoriza:
Assiduidade e participação (A) - (10%)
1 teste escrito e resolução de exercícios e casos (B) - (45%) + (45%)
Os trabalhadores estudantes estão sujeitos aos mesmos elementos de que os alunos ordinários, no regime de avaliação contínua caso seja essa a sua opção.
Nota Final =(A (10%) + B (45%+45%)).
Nota mínima para aprovação neste regime é de 9,5 (0/20)
O regime de exame final aplica-se aos alunos que por ele optem e aqueles que reprovaram no regime de avaliação contínua estando os alunos neste regime sujeitos aos elementos de avaliação acima descritos, excetuando a assiduidade. Nota mínima para aprovação é de 9,5 (0/20)

Bibliografia principal

1. Basics in Clinical Nutrition 4rd edition (2010). Sobotka L.(edit), Galen.ESPEN
2. Krause´s food, nutrition and diet therapy 13th Ed. (2012). L. Kathleen Mahan, Sylvia Escott-Stump. WB Saunders.
3Ross AC; Caballero B; Cousins RJ; Tucker KL; Ziegler TR Modern Nutrition in Health and disease 11th ed Lippincott Williams and Wilkins
4. Escott-Stump S. Nutrition and Diagnosis related Care 7th ed 2012 Lippincott Williams and Wilkins
5. Erdman Jr JW; Macdonald IA; Zeisel SH;Present knowledge in nutrition 10th edition 2012 ILSI/Wiley- Blackwell
6. DeLeggeMH Nutrition and Gastrointestinal Disease 2008 Human Press