Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Dietoterapia III

Curso

Ciências da Nutrição

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 8

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

4 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

208 | 90

Código

ULHT1101-12574

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Apresentação do Corpo Docente, do Programa e da Metodologia de Avaliação.
Nutrição Entérica (NE)
Indicações, Escolha de formulações, Técnicas e vias de administração, Monitorização e Complicações da NE
Nutrição Parentérica (NP)
Conceitos gerais de Fluidoterapia
Indicações, Vias de administração, acessos, Complicações e Monitorização em NP
Instituição de esquemas de nutrição entérica e de nutrição parentérica.
Produtos para Nutrição Artificial disponíveis no mercado nacional
Suporte nutricional no doente crítico
Suporte nutricional artificial no domicílio
Casos clínicos em Nutrição Entérica e Parentérica

Objetivos

A Dietoterapia visa a aquisição de conhecimentos no âmbito da nutrição e dietética, existentes e disponíveis para uma atuação adequada nas diferentes patologias. O nutricionista é um profissional, que de forma autónoma o pode efetuar, tratar a informação obtida e transmitir a informação resultante de forma fiável, rigorosa e eficiente. Tem como principais objetivos: a identificar e caracterização de diferentes patologias seus aspetos etiológicos e fisiopatológicos;
A identificação de fatores de risco modificáveis e não modificáveis associados; o conhecimento das respetivas recomendações nutricionais; facultar a capacidade para adequação e intervenção dietética e nutricional nas diferentes situações.
As aulas teórico-práticas pretendem aprofundar e exercitar os temas lecionados nas aulas teóricas, proporcionando, desta forma, um contacto mais direto com os referidos temas.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

A unidade curricular pretende proporcionar aos alunos conhecimentos e competências que lhes permitam uma atuação rigorosa e válida no âmbito da avaliação e monitorização do estado nutricional. Tendo por base os conhecimentos adquiridos, os alunos ser capazes de:
Identificar e caracterizar as diferentes patologias seus aspetos etiológicos e fisiopatológicos;
Identificar os fatores de risco modificáveis e não modificáveis associados;
Conhecer as respetivas recomendações nutricionais;
Adequar a intervenção dietética e nutricional às diferentes situações.
Aos alunos será possível abordar temas através do desenvolvimento do pensamento crítico, pondo em prática os conhecimentos adquiridos, sintetizando e aplicando o conhecimento aprendido nas várias matérias nesta unidade curricular

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas Teóricas de frequência voluntária.
Aulas teórico-práticas, destinadas a aprofundar, discutir e exercitar as matérias expostas nas aulas.
O regime de avaliação é preferencialmente de caracter contínuo, e valoriza:
Assiduidade e participação (A) - (10%)
1 teste escrito e resolução de exercícios e casos (B) - (45%) + (45%)
Os trabalhadores estudantes estão sujeitos aos mesmos elementos de que os alunos ordinários, no regime de avaliação contínua caso seja essa a sua opção.
Nota Final=(A (10%) + B (45%+45%)).
Nota mínima para aprovação neste regime é de 9,5V (0/20)
O regime de exame aplica-se aos alunos que por ele optem e aos que reprovaram no regime de avaliação contínua estando os alunos neste regime sujeitos aos elementos de avaliação acima descritos, excetuando a assiduidade. A nota mínima para aprovação neste regime é de 9,5v (0/20)

Bibliografia principal

Escott-Stump S. Nutrition and Diagnosis related Care 7th ed 2012 Lippincott Williams and Wilkins Erdman Jr JW;
Macdonald IA; Zeisel SH;Present knowledge in nutrition 10th edition 2012 ILSI/Wiley- Blackwell
Basics in Clinical Nutrition Sobotka L.(edit), 4th ed 2011 7-26;419-429: Galen ESPEN
Nilesh M. Mehta, Charlene Compher and A.S.P.E.N. Board of Directors. A.S.P.E.N. Clinical Mcclave SA et al. Guidelines for the Provision and Assessment of Nutrition Support Therapy in the Adult Critically III Patient: Society of Critical Care Medicine (SCCM) and American Society for Parenteral and Enteral Nutrition (A.S.P.E.N.). JPEN J Parenter Enteral Nutr. 2009 May-Jun;33(3):277-316.
Payne-James J; Grimble G; Silk D. Artificial Nutrition Support in Clinical Practice 2nd ed
Cresci G. Nutrition Support in Critically Ill Patient
Guidelines on Artificial Nutritional support (ESPEN, ASPEN)