Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Apresentação do Curso

O curso de licenciatura em Engenharia Agronómica da Universidade Lusófona forma licenciados numa área de interesse prioritário a nível nacional e europeu. O setor da agricultura com vista à produção de alimentos enfrenta desafios complexos, de ordem económica e social, carecendo de profissionais devidamente habilitados. Os licenciados em Engenheira Agronómica tem um papel relevante pois exerce a sua atividade ao longo da cadeia produtor-consumidor, nos domínios da alimentação, saúde e bem estar, na produção sustentável e na gestão dos recursos biológicos. Os licenciados em Engenheira Agronómica tem competências específicas que lhe permitem: programar, coordenar e executar as atividades de produção agrícola ao nível da exploração agrícola, de forma a assegurar a quantidade e qualidade da produção, a higiene e segurança no trabalho, a preservação do ambiente e a segurança alimentar dos consumidores. Os licenciados têm formação científica e técnica de base, que lhes permite quer o prosseguimento de estudos quer a integração no mercado de trabalho.

Razões para frequentar este curso

  • A promoção da agricultura é um ponto fulcral nos dias de hoje. Portugal precisa de profissionais qualificados.
  • O setor da agricultura está em grande mutação e precisa de pesquisa e inovações constantes.
  • A agricultura biológica é o futuro de muitos mercados e para a qual o licenciado em engenharia agronómica está preparado.
  • Um dos objetivos do curso é a formação de profissionais que possam dar o seu contributo na investigação e dinamização do sector e na criação de empresas na área.
  • O licenciado em engenharia agronómica contribui para a produção de alimentos seguros através da implementação de boas práticas agrícolas.
  • O licenciado em engenharia agronómica será um dos intervenientes na busca estratégica pela segurança e autoaprovisionamento alimentar.

Despacho do curso

Despacho nº 2162/2013 de 5 de fevereiro

Estado de acreditação pela A3ES

Acreditado

Data da publicação

09/08/2012

Deliberação da A3ES

Grau ou Diploma conferido | Duração | ECTS

Licenciado |6 Semestres |180 ECTS

Direção do Curso

Professora Doutora Maria Helena Morais

Secretariado

Carla Rodrigues

Condições de Ingresso

Podem candidatar-se a este ciclo de estudos os que apresentem candidatura através do concurso institucional de acesso e tenham aprovação ao seguinte conjunto de provas de ingresso:

07 Física e Química
16 Matemática

Os candidatos podem ainda ingressar através dos regimes de mudança de par instituição/curso ou através de um Concurso Especial, de acordo com as normas legais em vigor (titulares de curso superior, titulares de Curso de Especialização Tecnológica, titulares de Curso Técnico Superior Profissional ou Maiores de 23 anos).
Podem ainda ingressar os candidatos que reúnam as condições previstas no Estatuto do Estudante Internacional.

Requisitos de Graduação

Ter concluido um total de 180 ECTS

Objetivos

O curso de licenciatura em Engenharia Agronómica da Universidade Lusófona pretende formar jovens numa área de interesse prioritário a nível nacional, europeu e mesmo mundial. O sector da agricultura com vista à produção de alimentos enfrenta desafios complexos, de ordem económica e social, carecendo de profissionais devidamente habilitados. O 7º PQ realça a importância da construção de uma bioeconomia europeia baseada no conhecimento, capaz de responder a desafios sociais e económicos, que incluem a produção sustentável de alimentos, ao salientar a produção sustentável e gestão dos recursos biológicos para além da importância da cadeia produtor-consumidor nos domínios da alimentação, saúde e bem estar. São objectivos centrais do curso desenvolver nos alunos capacidade de análise rigorosa, a par de um espírito crítico, flexível e criativo que contribua para investigar, inovar e ser factor de progresso nesta área do saber. Desenvolver nos alunos o espírito empreendedor que lhes permita agir como fomentadores e criadores de empresas na área.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Os alunos deverão desenvolver competências específicas que lhes permitam:

-Programar, coordenar e executar as actividades de produção agrícola ao nível da exploração agrícola de forma a assegurar a quantidade e qualidade da produção, a higiene e segurança no trabalho, a preservação do ambiente e a segurança alimentar dos consumidores.

- Desenvolver nos alunos a capacidade de análise rigorosa, a par de um espírito crítico, flexível e criativo que contribua para investigar, inovar e ser factor de progresso nas mais variadas actividades e sectores da Sociedade.

- Desenvolver a capacidade de agir como praticantes e gestores de engenharia, contribuindo para a introdução de novos modelos de gestão que motivem e incrementem a produtividade nas suas áreas de intervenção.

- Promover a formação académica necessária para a investigação científica na área da Engenharia Agronómica. Dotar os alunos de uma sólida formação de base que lhes permita acompanhar a evolução dos conhecimentos e da tecnologia.

Saídas Profissionais

Estes licenciados em Engenharia Agronómica podem exercer a sua profissão como prestadores de serviços às empresas, nomeadamente às PMEs, passando, por exemplo, pelo aconselhamento técnico e de gestão da inovação. Podem exercer a sua profissão integrados em explorações agrícolas públicas e privadas, associações de agricultores, empresas de serviços, ou como trabalhadores independentes, podendo o trabalho ser executado no campo ou nas instalações produtivas. Podem elaborar e desenvolver projetos conducentes à implementação e desenvolvimento dos sistemas de produção agrícola. Podem trabalhar em gabinetes de projeto responsáveis por estudos técnicos e económicos. Podem integrar grupos de investigação que desenvolvam a sua atividade na área da produção agrícola.

Áreas Científicas

Produção agrícola e animal | Biologia e bioquímica | Indústrias alimentares

Plano de Estudos

Despacho nº 2162/2013 de 5 de fevereiro
1.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Álgebra I1º Semestre5
Cálculo I1º Semestre5
Introdução à Engenharia Agronómica1º Semestre4,5
Química Geral1º Semestre5,5
Técnicas de Expressão e Comunicação - Língua Inglesa1º Semestre3
Topografia e Cartografia1º Semestre5
Cálculo II2º Semestre5
Física I2º Semestre6
História Natural - Botânica2º Semestre6,5
Introdução ao Pensamento Contemporâneo2º Semestre3
Microbiologia2º Semestre5,5
Química Orgânica2º Semestre6
2.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Bioquímica1º Semestre5,5
Ciências do Solo1º Semestre5
Fisiologia Vegetal1º Semestre6
Probabilidades e Estatística1º Semestre6,5
Climatologia e Agro Meteorologia2º Semestre4,5
Economia Agrária2º Semestre4,5
Física II2º Semestre7
Horticultura2º Semestre5
Nutrição Vegetal e Fertilização2º Semestre5
Proteção das Culturas2º Semestre6
Recursos Hídricos e Obras Hidráulicas2º Semestre5
3.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Fruticultura1º Semestre6,5
Genética e Melhoramento de Plantas1º Semestre6,5
Mecanização e Tecnologias Agrárias 1º Semestre5,5
Opção I1º Semestre6
Sistemas de Informação Geográfica1º Semestre5,5
Bioprocessos em Indústrias Agrícolas2º Semestre5
Forragens e Pastagens2º Semestre5
Opção II2º Semestre5
Planeamento e Gestão de Empresas Agrícolas2º Semestre5
Políticas Agrícolas e Desenvolvimento Rural2º Semestre4,5
Viticultura e Vinicultura2º Semestre5,5

Valores

Titulares de curso superior 180 €
Alunos externos 0 €
Mudança de curso 63 €
Acesso 180 €
Maiores de 23 180 €
Matrícula217 €
Seguro Escolar40 €
Inscrição310 €
Valor médio mensal para 30 ECTS para disciplinas semestrais 353,1 €
Valor por ECTS 11,77 €