Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Apresentação do Curso

A Universidade Lusófona tem experiência na formação específica em urbanismo desde 1991, ano de criação da primeira licenciatura específica de urbanismo em Portugal.

Razões para frequentar este curso

  • A primeira licenciatura no país com formação específica nesta área, por isso conta já com 23 anos de experiência.
  • Reconhecimento Europeu - A Universidade Lusófona é membro da Associação Europeia das Universidades com Urbanismo (AESOP) e a Estrutura Curricular segue as orientações do Conselho Internacional dos Urbanistas (CEU-ECTP).
  • A Estrutura Curricular segue as orientações do Conselho Internacional dos Urbanistas (CEU-ECTP).
  • Os conteúdos programáticos abrangem conhecimentos científicos e técnicos atuais e o corpo docente é constituído por professores de reconhecida competência.
  • É um curso que liga as ciências socias, a tecnologia e as cidades. Assenta na criatividade abrindo as portas para os desafios da sociedade contemporânea para fazer as cidades melhores, mais sustentáveis, mais modernas.
  • É um curso de futuro. Os maiores desafios das gerações atuais e futuras estão no âmbito da boa empregabilidade do nosso curso.

Despacho do curso

Despacho n.º 22338/2008, de 28 de agosto, alterado pelo Despacho n.º 10679/2012, de 07 de agosto

Estado de acreditação pela A3ES

Acreditado

Data da publicação

09/06/2014

Deliberação da A3ES

Grau ou Diploma conferido | Duração | ECTS

Licenciado |6 Semestres |180 ECTS

Direção do Curso

Prof.ª Doutora Filipa Antunes

Secretariado

Prof. Doutor João Borges da Cunha

Condições de Ingresso

Podem candidatar-se a este ciclo de estudos os que apresentem candidatura através do concurso institucional de acesso e tenham aprovação a uma das seguintes provas de ingresso:

03 Desenho
10 Geometria Descritiva
18 Português

Os candidatos podem ainda ingressar através dos regimes de mudança de par instituição/curso ou através de um Concurso Especial, de acordo com as normas legais em vigor (titulares de curso superior, titulares de Curso de Especialização Tecnológica, titulares de Curso Técnico Superior Profissional ou Maiores de 23 anos).
Podem ainda ingressar os candidatos que reúnam as condições previstas no Estatuto do Estudante Internacional.

Requisitos de Graduação

Ter concluido um total de 180 ECTS

Objetivos

O URBANISTA coordena e colabora na execução de estudos e planos que visam o ordenamento do território e os planeamentos físico, espacial, ambiental, urbano e rural: define e executa, integrando equipas interdisciplinares, planos relacionados com fenómenos de urbanização e do desenvolvimento nas suas múltiplas vertentes, nomeadamente habitacional, industrial, comercial, rural e infraestruturas; identifica situações, formula diagnósticos e propõe soluções para a organização do espaço; estuda e concebe modelos ou possíveis soluções desenhadas, tendo em vista obter a integração funcional e estética em cada área do território considerado; coordena a elaboração de planos urbanísticos e estudos complementares e acompanha a sua implementação e os processos de negociação, divulgação e participação pública. Pode coordenar o ordenamento e planeamento de áreas fora dos aglomerados urbanos, nomeadamente agroflorestais, turísticas, industriais e zonas de parques e reservas". (Instituto Nacional de Estatísticas Referência: 2.1.4.1.10, Designação: Urbanista)

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

A Licenciatura em Urbanismo e Ordenamento do Território tem por objetivo principal fornecer não só a formação inicial e especifica nesta área com vista ao exercício da profissão de Urbanista, como também desenvolver nos alunos um conjunto de capacidades que lhe proporcionem a aprendizagem ao longo da vida e a sua integração no quadro interdisciplinar da prática do urbanismo. Visa igualmente criar condições necessárias para o prosseguimento de estudos de 2º e 3º ciclo.

Na definição dos objetivos específicos foram tidos em consideração vários documentos nacionais e internacionais particularmente significativos, que caracterizam a formação necessária para a prática profissional, como:
A caracterização da profissão de Urbanista adotada pelo Instituto Nacional de Estatística; A caracterização da Profissão de Urbanista elaborada pela Direção-Geral do Emprego e Formação Profissional;
A Classificação Nacional das áreas de Educação e Formação CNAEF Portaria nº 256/2005 de 16 de março do Ministério das Atividades Económicas e do Trabalho.
Major em Urbanismo e Ordenamento do Território e minor noutra área científica.
O Diploma do 1 ºCiclo de Estudos em Urbanismo e Ordenamento do Território visa promover competências específicas que permitam ao diplomado exercer com sucesso as atividades e tarefas correspondentes à área de profissionalização escolhida.
Assim, o 1º ciclo em Urbanismo e Ordenamento do Território, pretende que os futuros profissionais adquiram as seguintes competências:

Identificar as necessidades presentes e futuras dos meios urbanos citadinos e rurais, e compreender os contextos urbanísticos no quadro da teoria Urbanística e do enquadramento histórico próprios. Propor, sob forma de políticas, de planos de ordenamento e de planos e projetos de urbanismo, as ações necessárias para desencadear, organizar e promover a mudança, e a qualidade Urbanística. Integrar na prática Urbanística os resultados de avaliações e de estudos de situação e prospetivos, tendo em consideração as diferentes condicionantes de natureza ambiental e geográficas nas diferentes escalas espaciais. Manusear com segurança os recursos tecnológicos modernos em particular os que são orientados para a prática do urbanismo. Assimilar e envolver na sua prática profissional ou teórica as contribuições feitas ao urbanismo pelas disciplinas e áreas disciplinares afins. Assegurar o controle da execução de obras de urbanização e de Ordenamento do território.

Estudos Futuros

O grau de licenciado permite a candidatura a estudos pós-graduados, nomeadamente Doutoramentos.

Saídas Profissionais

As saídas profissionais a que se procura dar resposta em termos de saberes e competências correspondem ao quadro profissional das instituições públicas e privadas que atuam no âmbito do urbanismo e do ordenamento do território, nomeadamente Direções-Gerais e regionais, Autarquias, Associações de Municípios e Gabinetes Privados que prestam serviços no âmbito do planeamento e ordenamento do território. A formação ministrada permitirá ao futuro profissional capacidade para atuar no âmbito específico do Urbanismo e Ordenamento do Território e também como consultor para a área específica do planeamento e ordenamento do território em equipas multidisciplinares de áreas conexas.
Este curso segue as orientações do Conselho Europeu de Urbanistas e da Associação Europeia de Universidades com Urbanismo (AESOP) da qual é membro de pleno direito, e é reconhecido pela Associação Profissional dos Urbanistas Portugueses (APROURB).

Áreas Científicas

Arquitectura e urbanismo

Plano de Estudos

Despacho n.º 22338/2008, de 28 de agosto, alterado pelo Despacho n.º 10679/2012, de 07 de agosto
1.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Opção 1Semestral4
Análise Regional Urbana1º Semestre4
Atelier de Modelação e Desenho1º Semestre5
Desenho Urbanístico Assistido por Computador1º Semestre4
História do Território e da Cidade1º Semestre5
Introdução ao Pensamento Contemporâneo1º Semestre4
Sociologia Rural e Urbana1º Semestre4
Aspetos Físicos do Território2º Semestre4
Economia Regional e Urbana 2º Semestre4
Estudos de População e Urbanismo2º Semestre4
Fundamentos de Ecologia Urbana e Sustentabilidade2º Semestre4
Laboratório de Urbanismo I2º Semestre6
Técnicas de Representação Gráfica para o Urbanismo2º Semestre4
Topografia e Cartografia2º Semestre4
2.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Opção 2Semestral4
Opção 3Semestral4
Direito para o Urbanismo 1º Semestre4
Infraestruturas de Saneamento e Urbanismo1º Semestre4
Laboratório de Urbanismo II1º Semestre6
Sistemas de Informação Geográfica e Urbanismo I1º Semestre4
Teoria do Urbanismo1º Semestre4
Elementos da Paisagem e Urbanismo2º Semestre4
Gestão Urbanística2º Semestre4
Infraestruturas de Energia e Comunicação e Urbanismo 2º Semestre4
Infraestruturas de Transporte e Urbanismo2º Semestre4
Laboratório de Urbanismo III2º Semestre6
Ordenamento do Território2º Semestre4
Sistemas de Informação Geográfica e Urbanismo II2º Semestre4
3.º Ano/ Tronco comumSemestre ECTS
Avaliação e Monitorização em Urbanismo1º Semestre4
Cidadania e Participação Pública no Urbanismo1º Semestre4
Desenvolvimento Urbano em Meio Rural1º Semestre4
Laboratório de Reabilitação Urbana1º Semestre6
Urbanismo e Administração1º Semestre4
Urbanismo e Património1º Semestre4
Gestão de Planos2º Semestre4
Laboratório Aplicado de Urbanismo2º Semestre10
Planeamento de Transportes2º Semestre4
Planeamento Estratégico2º Semestre4
Políticas Territoriais Públicas2º Semestre4
Problemáticas Contemporâneas do Território2º Semestre4
Seminário Aplicado de Urbanismo2º Semestre4

Valores

Alunos externos 0 €
Maiores de 23 180 €
Acesso 180 €
Titulares de curso superior 180 €
Titulares de curso médio 199 €
Transferência 56 €
Mudança de curso 56 €
Matrícula217 €
Seguro Escolar40 €
Inscrição310 €
Valor médio mensal para 30 ECTS para disciplinas semestrais 323,1 €
Valor por ECTS 10,77 €

A Tese defendida pela doutoranda em Urbanismo, Cassandra Helena Faes, no passado dia 5 de maio de 2017, foi Aprovada com Distinção e Louvor.


O título: O Desenvolvimento Territorial e a Conservação da Paisagem Cultural - Paisagem Cultural do Núcleo Rural de Testo Alto em Pomerade/Sc/Brasil

O Jurí
Presidente:Prof. Doutor Mário Caneva de Magalhães Moutinho [Reitor - ULHT]
Orientador:Prof. Doutor José Diogo da Silva Mateus [ULHT]
Vogal: Prof.ª Doutora Filipa Alexandra Gomes da Silva Oliveira Antunes [Diretora do Doutoramento em Urbanismo - ULHT]
Vogal: Prof. Doutor Pedro Carlos Bobone Ressano Garcia [Diretor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo (DAU)]
Vogal: Prof. Doutor Manuel Serafim Fontes Santos Pinto [ULHT]
Vogal: Doutor António Realinho [Investigador Externo]
Vogal: Prof. Doutor António Júlio Marques Baptista Coelho [UBI]