Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Farmacologia II

Curso

Ciências Farmacêuticas

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 5,5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

130 | 75

Código

ULHT477-3906

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1-Apresentação da UC

2-Aparelho cardiovascular
Cardiotónicos
Antiarrítmicos
Antihipertensores
Vasodilatadores
Antidislipidémicos

3-Sangue
Antianémicos
Anticoagulantes e Antitrombóticos
Anti-hemorrágicos

4-Aparelho digestivo
Antiácidos e anti-ulcerosos
Modificadores da motilidade intestinal
Fármacos que atuam no fígado e vias biliares

5-Sistema endócrino
Insulina e antidiabéticos orais
Hormonas da tiroide e antitiroideus
Corticosteroides
Estrogénios e progestagénios

6-Anti-alérgicos
Anti-histamínicos
Simpaticomiméticos

7-Aparelho respiratório
Brocodilatadores e antiasmáticos
Antitússicos e expectorantes

8-Aparelho locomotor
Analgésicos e anti-inflamatórios
Fármacos usados na gota
Fármacos que atuam no osso e metabolismo do cálcio
Modificadores da evolução da doença reumatismal

9-Anti-infecciosos
Antibacterianos
Antivíricos
Antifúngicos

10-Antineoplásicos
Citotóxicos
Anti-hormonas
Terapias dirigidas

Objetivos

A Farmacologia visa o conhecimento dos fármacos, em particular dos mecanismos de ação implicados no seu efeito farmacológico, sendo crucial na formação em Ciências Farmacêuticas. No seguimento dos conhecimentos básicos adquiridos na Farmacologia I, a Farmacologia II aborda vários grupos terapêuticos, permitindo que o aluno adquira o conhecimento farmacológico essencial ao exercício da profissão farmacêutica, estabelecendo-se a ligação com as aplicações práticas dos conceitos abordados.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Com esta unidade curricular pretende-se que, para os diferentes grupos terapêuticos abordados, o aluno consiga:
Descrever os principais mecanismos de ação farmacológica
Identificar os efeitos secundários e interações medicamentosas mais característicos
contextualizar as propriedades farmacocinéticas e farmacodinâmicas e a sua influência na terapêutica farmacológica
Compreender os usos terapêuticos e identificar fármacos representativos

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas teóricas do tipo expositivo dialogado
Aulas teórico-práticas que visam a aplicação prática dos conceitos abordados nas aulas teóricas. Baseiam-se numa aprendizagem ativa, recorrendo à resolução de exercícios, discussão de casos práticos e análise crítica de fontes bibliográficas, em pequenos grupos de trabalho, sob orientação do docente. Estão também contemplados 2 trabalhos laboratoriais para comprovação experimental do mecanismo de ação de fármacos.
O material apoio será disponibilizado na plataforma on-line Moodle.

Avaliação:
A) Em regime de avaliação contínua, consideram-se os elementos:
Dois testes - A
Exercícios e casos práticos - B
Trabalhos laboratoriais - C
Assiduidade e participação - D
A classificação final (CF) será: CF = 0,7*A + 0,1*B + 0,1*C + 0,1*D
B) Regime de exame: exame final escrito englobando a totalidade dos conteúdos programáticos.

C) Melhoria: exame oral englobando a totalidade dos conteúdos programáticos.

Bibliografia principal

Goodman, L.S.. (2011). Goodman & Gilmans. The Pharmacological Basis of Therapeutics. New York, NY: McGraw Hill.
Katzung, B. G.. (2011). Basic and Clinical Pharmacology (LANGE basic science). San Francisco, CA: McGraw-Hill.
Guimarães, S., Moura, D., Soares da Silva, P.. (2014). Terapêutica Medicamentosa e suas bases Farmacológicas. Porto: Porto Editora.
Prontuário Terapêutico 11. (2013). Infarmed. (disponível gratuitamente online em http://www.infarmed.pt/portal/page/portal/INFARMED/PUBLICACOES/PRONTUARIO)