Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Seminário de Investigação em Comunicação Alternativa e Tecnologias de Apoio

Curso

Comunicação Alternativa e Tecnologias de Apoio

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 12

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

300 | 60

Código

ULHT369-9305

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Explicitação de Conceitos no Contexto da UC, Ciência e Critérios de Cientificidade. Projecto de Investigação e Etapas do Trabalho Científico: Escolha de um assunto/objecto de análise, no âmbito da comunicação e educação inclusivas; Formulação de problemas/questão de partida; Formulação de problemas/hipóteses; Exploração/problematização; Elaboração de um plano/construção do modelo de análise; Análise das informações; Conclusões.
Ciência bibliográfica: Metodologia para a pesquisa/investigação; Fontes/sistemas de informação. Citações e referências bibliográficas e de outros acervos documentais; Paráfrase; Plágio; Elementos paratextuais; Métodos/sistemas de referenciação de fontes. Redacção científica.
A Análise de Conteúdo: Organização e planificação; Codificação; Categorização; Análise quantitativa vs análise qualitativa.
Estruturação Metodológica e Científica de um Projecto de Tese ou de investigação avançada

Objetivos

Proporcionar aos mestrandos/investigadores a explicitação de conceitos, princípios e caminhos metodológicos como: Ciência bibliográfica na fundamentação; Revisão interdisciplinar de bibliografia e fontes de informação/conhecimento; Novas perspectivas dos recursos de informação/fontes de informação/conhecimento; Análise da problemática e desenvolvimento/implementação e transformação científico-tecnológica das fontes/recursos em referência; A capacidade e competência para a orientação de investigação avançada e rigorosa estruturação metodológica e científica de Projectos/Teses científicas, na área da comunicação e educação inclusivas.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Habilitar cientificamente os mestrandos/investigadores com a necessária formação e competência para identificar e formular problemas e projectos de investigação avançada e percorrer as várias etapas metodológicas conducentes à compreensão, explicação e descrição do fenómeno comunicacional, dotando-os de competências para o recurso/utilização dos instrumentos de pesquisa/recuperação da informação e metodologias para a realização de trabalhos de pesquisa/investigação científica.

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas expositivas/demonstrativas sobre a construção de um programa de investigação/projecto, etapas e planeamento, com base nas opções metodológicas e científicas indicadas na Bibliografia Principal e decorrentes metodologias e estratégias centradas na especificidade do Mestrado, com vista à formulação escrita de um Pré-Projecto de dissertação, a que é atribuída uma classificação quantitativa. A formulação do Pré-Projecto é o resultado da explicitação e do encaminhamento teórico-empírico de projectos de pesquisa/investigação para a colocação de problemas na escolha de um assunto; formulação de problemas/hipóteses; elaboração de um plano; da hipótese à conclusão; estratégias de verificação; operações do processo de selecção do assunto; limites/fixação da extensão/compreensão; definição dos termos, distinção do universo de referência/sujeito e do tema/objecto, evidenciando a análise dos dados e normas gerais para a redacção científica/escrita do Relatório/Dissertação

Bibliografia principal

ALBARELLO, Luc et al. (2005). Práticas e Métodos de Investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva.
BARDIN, Laurence (2006). Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70.
BELL, Judith (2004). Como Realizar um Projecto de Investigação. Lisboa: Gradiva.
ECO, Umberto (1991). Como se Faz uma Tese em Ciências Humanas. Lisboa: Presença.
IZQUIERDO ARROYO, José-María (1995). La Organización Documental del Conocimiento. Madrid: Tecnidoc.
NP-3715 (1989). Lisboa: IPQ.
NP-405 (1995). Lisboa: IPQ.
NP-418 (1988). Lisboa: IPQ.
NP-4285-3 (2000). Lisboa: IPQ.
ROMERO, Andrés (1991). Metodologia de Análise de Conteúdo. Lisboa: Universidade Católica Portuguesa.
SALVADOR, Ângelo Domingos (1974). Métodos e Técnicas de Pesquisa Bibliográfica: Elaboração e Relatório de Estudos Científicos. Porto Alegre: Livraria Sulina Editora.
SILVA, Augusto Santos, e PINTO, José Madureira, orgs. (2001). Metodologia das Ciências Sociais. Porto: Afrontamento.