Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Mestrado em Urbanismo

Escola de Comunicação, Arquitetura, Artes e Tecnologias da Informação

Apresentação do Curso

O reconhecimento do urbanismo enquanto área necessária ao desenvolvimento do país levou a que a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias iniciasse a formação de urbanistas, em 1991, através da licenciatura em urbanismo. Constatou-se, desde logo, a necessidade de estabelecer um corpo de profissionais competentes nesta área do saber, com capacidade para investigar e propor novas abordagens metodológicas aos atos de urbanismo e, simultaneamente, reforçar o campo teórico com abordagens específicas à realidade portuguesa e aos países de língua oficial portuguesa.

Razões para frequentar este curso

  • O Mestrado em Urbanismo constitui um complemento formativo específico na prossecução do estabelecimento de um corpo de investigadores, capacitados para abordar as questões do território, e do urbanismo, que potenciarão o conhecimento nesta área científica e, com isso, contribuirão para a melhoria do espaço e da qualidade de vida das populações.
  • Reconhecimento Europeu - A Universidade Lusófona é membro da Associação Europeia das Escolas de Urbanismo (AESOP) e a Estrutura Curricular segue as orientações do Conselho Internacional dos Urbanistas (CEU-ECTP).
  • Os conteúdos programáticos abrangem conhecimentos científicos e técnicos atuais aplicados a reconversão profissional ou ao aumento de conhecimento específico nesta área, como complemento de formação.
  • Os candidatos provenientes de formações específicas e, os de formações afins (Arq., Eng., paisagismo, geografia) encontraram uma estrutura curricular sólida, interligada, que assegura a transmissão dos conhecimentos fundamentais do urbanismo explorando temas específicos e com um nível de aprofundamento das matérias adequado ao ciclo de estudos.
  • O corpo docente é constituído por académicos e profissionais da área de reconhecida competência, que acompanham o processo de investigação implementado.

Despacho do curso

Despacho n.º 22444/2008, de 29 de agosto, alterado pelo Despacho n.º 10589/2012, de 06 de agosto

Estado de acreditação pela A3ES

Acreditado

Data da publicação

07/07/2014

Deliberação da A3ES

Grau ou Diploma conferido | Duração | ECTS

Mestre |4 Semestres |120 ECTS

Direção do Curso

Prof.ª Doutora Filipa Antunes

Condições de Ingresso

Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre:
a) titulares de grau de licenciado ou equivalente legal;
b) titulares de um grau académico estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha por um Estado aderente a esse processo;
c) titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão estatutariamente competente;
d) detentores de currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo órgão estatutariamente competente da ULHT como atestando capacidade para realizar este ciclo de estudos.

Requisitos de Graduação

Ter concluido um total de 120 ECTS

Objetivos

O programa de Mestrado em urbanismo visa criar um conjunto de especialistas na área científica do Urbanismo preparados para o auxílio na coordenação de equipas que elaboram instrumentos de Planeamento e gestão territorial ou que os gerem. O Curso prepara igualmente para a entrada na carreira científica na área do urbanismo.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

- Aprofundamento das competências obtidas no decorrer do primeiro ciclo de estudos mas à luz de uma maior e mais elaborada capacidade de análise e de integração de conhecimentos;
- Capacidade específica para identificar, analisar, e propor soluções para problema complexos do foro do Urbanismo e do Ordenamento do território tratando em particular a morfologia urbana e territorial nas escalas mais adequadas e as questões relacionadas com a gestão urbanística à luz dos princípios da sustentabilidade;
- Capacidade para traduzir em planos, projetos e relatórios, as soluções mais adequadas à solução de problemas do desenvolvimento urbano dando-lhes a forma adequada para serem passíveis de entendimento por técnicos, decisores políticos e empresariais e cidadãos em geral;
- Capacidade para construir um conhecimento consistente das realidades urbanas e territoriais em que atua com vista á sua gestão, no quadro dos referenciais da qualidade urbanística e das politicas europeias para o território e Urbanismo;
- Capacidade para traduzir em programas e ações de diferente natureza, as soluções mais adequadas à solução de problemas da gestão urbanística dando-lhes a forma adequada para serem passíveis de entendimento por técnicos, decisores políticos e empresariais e cidadãos em geral;
- Capacidade para utilizar os recursos tecnológicos modernos adequados ao diagnostico à procura de soluções e a sua representação com vista à integração com áreas científicas complementares e seus recursos tecnológicas próprios;
- Capacidade para trabalhar em contexto de equipas pluridisciplinares gerindo as parcerias próprias a cada situação no respeito pela ética e deontologia próprias da profissão;
- Criação de hábitos de aprendizagem ao longo da vida, tanto de modo auto-orientado e autónomo como académico;
- Capacidade para conceber, organizar, gerir e desenvolver projetos de investigação científica de forma autônoma ou integrado em equipas pluridisciplinares;

Estudos Futuros

Programas de especialização e pós-graduação, incluindo programas de 3º ciclo referentes a estudos de doutoramento.

Saídas Profissionais

Na administração pública, as principais entidades empregadoras dos urbanistas são as autarquias, as comissões de coordenação regional e as direções-gerais dos ministérios implicados no ordenamento do território onde integram equipas que elaboram estudos e planos de urbanização municipal, regional ou nacional (consoante a entidade empregadora), emitem pareceres técnicos sobre os planos que são submetidos à aprovação e gerem o espaço urbano.

No setor privado destacam-se os gabinetes de urbanismo onde integram equipas que elaboram projetos urbanísticos, são consultores de autarquias na elaboração de estudos e planos, emitem pareceres referentes a operações fundiárias, atividades de promoção imobiliária ou atividades de desenvolvimento urbanístico. Há, ainda, os urbanistas que optam por trabalhar como profissionais liberais.

A carreira de Investigação, sendo necessário prosseguir os estudos ao nível do terceiro ciclo (Doutoramento), podendo ingressar na carreira académica e de Investigação, onde ampliam a formação nesta área e auxiliam na definição de critérios para a prática do urbanismo.

Áreas Científicas

Arquitectura e urbanismo

Plano de Estudos

Corpo Docente

Lista de Professores do Curso, Habilitações e Regime de Tempo
DocenteHabilitações AcadémicasRegime
Carlos Alberto Smaniotto Da CostaDoutoramentoTempo Integral
Catarina Isabel Santos Patrício LeitãoDoutoramentoTempo Parcial
Fernando Manuel Monteiro FigueiraDoutoramentoTempo Integral
Filipa Alexandra Gomes Da Silva Oliveira AntunesDoutoramentoTempo Integral
Inês Maria Andrade MarquesDoutoramentoTempo Integral
Joana Fazenda Mendes MourãoDoutoramentoTempo Parcial
José Diogo Da Silva MateusDoutoramentoTempo Integral
Manuel Serafim Fontes Santos PintoDoutoramentoTempo Integral
Maria Teresa Craveiro PereiraMestradoTempo Parcial
Mário Caneva De Magalhães MoutinhoDoutoramentoTempo Integral
Pedro Carlos Bobone Ressano GarciaDoutoramentoTempo Integral
Rogério Manuel Loureiro GomesDoutoramentoTempo Parcial
Rui Filipe Arango FlorentinoDoutoramentoTempo Parcial
Sofia Margarida Fernandes FrancoDoutoramentoTempo Integral

Valores

Titulares de curso superior 110 €
Antecipa-te 0 €
Titulares de curso superior (Grupo Lusófona) 0 €
Alunos externos 0 €
Seguro Escolar40 €
Matrícula e Incrição165 €
Valor médio mensal para 30 ECTS para disciplinas semestrais 235,2 €
Valor por ECTS 7,84 €