Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

O Fenómeno Religioso no Mundo Contemporâneo

Curso

Ciência das Religiões (M)

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

20 | 20

Código

ULHT453-8299

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Introdução geral. 2. Problemas conceptuais e metodológicos. 3. Evolução das sociedades contemporâneas ao longo dos séculos XIX e XX. Modernidade e secularização. 4. Organizações e instituições religiosas. As dinâmicas informalizadas. Articulação e controvérsia. 5. Modelos de relação entre religioso/movimentos religiosos e poderes públicos. Separação, laicidade e laicismo. 6. Articulação entre contextos de significação e produtores de significado. Espaço e símbolo.

Objetivos

1.Problematizar os conceitos fundamentais que irão ser discutidos: o religioso, a modernidade, a secularização, as organizações/instituições religiosas, as dinâmicas informalizadas, os modelos de relação com os poderes públicos, os contextos e os actores/produtores de significação. 2. Observar o desenvolvimento de movimentos religiosos nas sociedades contemporâneas, particularmente na Europa Ocidental ao longo dos séculos XIX e XX, destacando o caso português. 4. Analisar criticamente a principal bibliografia de referência nos campos da Sociologia, da História e da Ciência Política sobre o lugar do religioso nas sociedades contemporâneas.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

¿ Perspectiva global sobre os debates conceptuais e metodológicos que se colocam no campo das ciências sociais sobre os movimentos religiosos. ¿ Definir e desenvolver uma estratégia de investigação em ciências sociais sobre um problema referido a movimentos religiosos no mundo contemporâneo.

Metodologias de ensino e avaliação

Exposições teóricas do docente, problematizando, com recurso à principal bibliografia, os principais eixos programáticos e fornecendo as sínteses compreensivas globais. Promoção de espaços de debate sobre os pontos do programa, tendo como ponto de partida literatura especializada a apresentar ao longo do semestre. Acompanhamento tutorial das diferentes etapas dos trabalhos a desenvolver pelos alunos, com particular destaque para o ensaio escrito. A avaliação será constituída por 3 momentos: ¿ na apresentação, na aula e por escrito, de uma recensão sobre uma obra a seleccionar por acordo entre os alunos e o docente (20%). ¿ no comentário oral, incluindo a apresentação de questões para debate, a um recensão exposta na aula (10%). ¿ na elaboração de um ensaio escrito sobre um objecto enquadrado na unidade curricular e a delimitar no curso das sessões (70%). As principais fases do trabalho merecerão acompanhamento ao longo das sessões.

Bibliografia principal

Catroga, Fernando (2006). Entre deuses e césares. Secularização, laicidade e religião civil. Uma perspectiva histórica, Coimbra: Almedina. Clemente, Manuel e Ferreira, António Matos (coord.) (2002). Religião e secularização, Lisboa: Círculo de Leitores. Hervieu-Léger, Danièle (avec J.-P.Willaime) (2001). Sociologies et religion. Approches classiques en sciences sociales des religions, Paris: PUF. Hervieu-Léger, Danièle (2001). La religion en miettes ou la question des sectes, Paris: Calmann. Küng, Hans et al. (1986). Le christianisme et les religions du monde. Islam, Hindouisme, Bouddhism. Paris: Seuil. Norris, Pippa and Inglehart, Ronald (2004). Sacred and secular: religion and politics worldwide, Cambridge: Cambridge University Press. Rémond, Réné (1998). Réligion e société en Europe. Essai sur la sécularisation dês sociétés européenes ais XIXe et XXe siècles (1789-1998), Paris: Seuil. Taylor, Charles (2007). A secular age. Cambridge: Harvard University Press.