Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Estudos Avançados em Didática da Educação Física e do Desporto

Curso

Educação Física e Desporto (D)

Grau|Semestres|ECTS

Doutoramento | Semestral | 15

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

375 | 45

Código

ULHT1108-1-12595

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Modelos de investigação em ciências sociais. Premissas ontológicas e epistemológicas a partir das quais se procura compreender a realidade social; O modelo positivista; O modelo interpretativo/naturalístico; O modelo crítico.
2. Paradigmas de investigação em ensino da Educação Física e do Desporto. O paradigma presságio-processo-produto; O paradigma dos processos mediadores associados ao aluno/atleta; O paradigma pensamento e acção dos professores/treinadores; O paradigma ecológico no ensino da Educação Física e do Desporto.
3. Análise crítica da produção científica em treino desportivo, tendências dominantes e respectivas características e limitações.
4. Linhas de investigação em jogos desportivos colectivos projectos em desenvolvimento.
5. Protocolos de avaliação de capacidades funcionais e habilidades motoras desportivas no segmento infanto-juvenil.
6. Análise transversal e longitudinal dos diferentes fatores influenciadores do desempenho desportivo infanto-juvenil.

Objetivos

Os estudantes:
1. Identificam os diferentes modelos de investigação, assim como descrevem as premissas ontológicas e epistemológicas associadas aos modelos positivista, interpretativo e crítico na investigação pedagógica.
2. Congecem as bases teóricas associadas aos distintos paradigmas de investigação sobre o ensino da Educação Física e do Desporto os problemas, as metodologias e os procedimentos de recolha e tratamento de dados próprios de cada um dos paradigmas de investigação, bem como as possibilidades, tendências e limitações da investigação em treino desportivo, da formação ao alto rendimento.
3. Distinguem e explicam os diferentes métodos de investigação em análise da performance táctica em jogos deportivos colectivos.
4. Aplicam e interpretar metodologias não invasivas de maturação biológica.
5. Conhecem os principais protocolos de avaliação das capacidades funcionais e habilidades motoras desportivas no segmento infanto-juvenil.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Os estudantes identificam os diferentes modelos de investigação, assim como descrevem as premissas ontológicas e epistemológicas associadas aos modelos positivista, interpretativo e crítico na investigação pedagógica.
Os estudantes conhecem as bases teóricas associadas aos distintos paradigmas de investigação sobre o ensino da Educação Física e do Desporto, nomeadamente: o paradigma presságio-processo-produto; o paradigma dos processos mediadores segundo uma perspectiva positivista e uma perspectiva cognitiva; o paradigma pensamento e acção do professor/treinador; e o paradigma ecológico.
Os estudantes conhecem os problemas e as metodologias de recolha e tratamento de dados próprias de cada um dos paradigmas de investigação do ensino da Educação Física e do Desporto.

Metodologias de ensino e avaliação

O ensino constará de períodos de informação com períodos dedicados à resolução de problemas. No apoio ao ensino e ao estudo, será utilizado o sistema e-learning, através plataforma moodle.
Serão utilizados igualmente outros meios pedagógicos (bibliografia e bases electrónicas).
Existirão duas formas de avaliação em alternativa:
a) Um exame final sobre a globalidade da matéria ministrada.
b) Um trabalho individual escrito (concepção de um projecto de investigação).
Neste trabalho será dada especial atenção à etapa de revisão da literatura, de modo a que o estudante revele conhecer o estado do conhecimento no problema seleccionado.
O trabalho escrito terá obrigatoriamente a estrutura de um projecto científico.
O trabalho escrito será avaliado através dos critérios seguintes:
- Nível de rigor na realização de cada uma das etapas do procedimento científico.
- Grau de coerência entre o ¿problema formulado¿ e a ¿revisão da literatura¿.
- Nível de clareza do texto.

Bibliografia principal

Carreiro da Costa, F. (2008). Issues in Research on Teaching in Physical Education. In Jan Seghers and Hans Vangrunderbeek (Eds.), Physical Education Research. What is the Evidence? (pp. 11-25). Leuven : Acco Leuven/ Voorburg.
Kirk, D, Macdonald, D., & O¿Sullivan, M. (Eds.) (2006). Hanbook of Physical Education. London: Sage Publishing.
McGarry, T. (2009). Applied and theoretical perspectives of performance analysis in sport: Scientific issues and challenges. International Journal of Performance Analysis of Sport, 9, 128-140.
Nevill, A., Atkinson, G. & Hughes, M. (2008). Ttwenty-five years of sport performance research in the Journal of Sports Sciences, 26(4), 413-26.
Roche, A., & Sun, S. (2003). Human Growth ¿ Assessment and interpretation. Cambridge: Cambridge University Press.
Thomas, J., Nelson, J., & Silverman, S. (2015). Research Methods in Physical Activity. Champaign,Il: Human Kinetics.