Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Metodologias de Investigação e Inovação

Curso

Informática - Novos Media e Sistemas Ubíquos

Grau|Semestres|ECTS

Doutoramento | Semestral | 10

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

250 | 30

Código

ULHT1504-13763

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

I: Princípios de Investigação em Ciências Informáticas. Métodos de selecção de tópicos de investigação bem como o processo de investigação baseado em pensamento crítico e pensamento criativo.
II: Análise crítica de literatura relacionada. Pensamento crítico; planeamento e implementação da pesquisa de literatura; ética em ciência.
III: Abordagens de investigação. Design de investigação; métodos de recolha e de verificação de dados; filosofias de investigação.
IV: Ferramentas e Metodologias de análise e de validação. Ferramentas de análise estatística; simuladores e emuladores; bancadas de teste. Fornece-se aos alunos indicação da metodologia de investigação e de quais as ferramentas adequadas a cada fase do processo de investigação.
V: Disseminação de Resultados. Organização de conteúdos; normas de escrita e de edição; locais de disseminação; regras e normas associadas a disseminação e apresentação de resultados de qualidade.

Objetivos

Tem por objectivo assistir ao desenvolvimento de pensamento crítico e de metodologia científica relacionada com o seu trabalho, bem como fornecer valências de métodos de investigação/análise quantitativos e qualitativos. Contempla-se conhecimento teórico e prático sobre como iniciar o processo de investigação; como analisar e melhor seleccionar eventuais temas de investigação; métodos de análise e validação, onde os alunos irão obter conhecimento sobre ferramentas estatísticas e de análise relevantes para o trabalho a desenvolver, como por exemplo: i) medidas numéricas (método quantitativo) para testar hipóteses e validar conceitos a investigar; ii) métodos qualitativos, utilização de procedimentos interpretativos, não experimentais, com valorização de pressupostos relativistas onde a análise é suportada por casos em contraposição à análise estatística proporcionada por métodos quantitativos; iii) ferramentas de suporte a validação e experimentação na área de Ciências Informáticas.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

As competências a adquirir pelo aluno são:
. Compreender o contexto de investigação internacional em Ciências Informáticas, e como este contexto influencia não só o saber científico, mas também o desenvolvimento de oportunidades na indústria.
. Compreender a necessidade de ética no desenvolvimento de ciência e na obtenção de resultados.
. Analisar criticamente e objectivamente trabalho relacionado.
. Compreender as abordagens sistémicas e metodológicas a um processo de investigação, bem como as suas diferente fases (selecção de um problema; análise de aplicabilidade; análise crítica de trabalho relacionado; design de investigação; métodos de recolha de dados; métodos quantitativos e qualitativos de análise e de validação).
. Compreender a necessidade de apresentar e de disseminar resultados, bem como possíveis enquadramentos.

Metodologias de ensino e avaliação

Esta unidade curricular tem uma forte componente prática, a qual inclui a realização de uma workshop pelos alunos e também o desenvolvimento de um artigo científico de posição sobre tema a propôr. A organização da workshop segue os procedimentos normais, incluindo um processo de revisão por pares de artigos submetidos pelos alunos. De modo a avaliar também continuamente os alunos, serão desenvolvidos regularmente e relacionado com cada parte da unidade curricular questionários de escolha múltipla.
A avaliação da cadeira incide numa metodologia contínua e será dividida do seguinte modo:
10% referente a avaliação contínua (participação e interesse do aluno).
30% referente aos questionários de escolha múltipla a fornecer durante o curso.
30% referente a artigo a desenvolver e a workshop a desenvolver.
30% relacionado com a sessão de análise e exposição de artigos

Bibliografia principal

. The Elements of Style. William Strunk Jr. and E.B. White. Macmillan Publishing Co., New York, 1979.
. A Handbook for Scholars, Mary Claire van Leunen, Oxford University Press, USA, February, 1992, ISBN: 0195069544.
. S. Dasgupta (2008), Creativity in Invention and Design, Cambridge: Cambridge University Press.
. R. Sawyer (2006) Explaining Creativity: The Science of Human Innovation, Oxford: Oxford University Press
. J. W. Creswell (2009). Research Design: Qualitative, Quantitative, and Mixed Methods Approaches, Sage Publications
. A. Berger (2000). Media and communication research methods: An introduction to qualitative and quantitative approaches. Thousand Oaks, CA: Sage.
. J.W. Cresswell (2002). Research design: Qualitative and quantitative approaches (2nd ed.). Thousand Oaks, CA: Sage
. A. Baily (1996). A guide to field research. Thousand Oaks, CA: Pine Forge Press.