Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Faculdade de Engenharia

Unidade orgânica vocacionada para o ensino e investigação nos domínios gerais da engenharia com integração de actividades de I&D multidisciplinares e aplicadas nestes domínios.

Empregabilidade

71% QUANDO CONCLUIU O CURSO JÁ ESTAVA EMPREGADO
43% MENOS DE 1 ANO ATÉ ENCONTRAR O 1º EMPREGO
71% TRABALHA NA ÁREA DE FORMAÇÃO
86% CONSIDERA QUE A FORMAÇÃO OBTIDA CORRESPONDEU AO ESPERADO

Dados do Inquérito à Empregabilidade 2015, relativos aos diplomados da Faculdade de Engenharia

Diretor

Professor Doutor Fernando Baltazar Duarte

Apresentação

A Faculdade de Engenharia é uma das nove Faculdades/Escolas que constituem a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa e tem com um amplo projeto educativo e científico na área da Engenharia e áreas afins que envolve desde o ensino pré e pós-graduado, até à investigação e desenvolvimento, passando por outras tipologias de formação científico-profissional, divulgação e prestação de serviços à comunidade.

Em termos de oferta formativa, a Faculdade de Engenharia alia uma grande diversidade, a uma elevada qualidade de ensino teórico e prático, a infraestruturas laboratoriais adequadas para o desenvolvimento do conhecimento experimental e aplicado, e ligação a entidades parceiras nacionais e internacionais de referência nas áreas da Engenharia, Ciência e Tecnologia, como o LNEC, CSI Portugal, ISG, APEMETA, IPMA, Central de Cervejas, Empresa Cerebio - França, Universidade de Edimburgo - Escócia, Universidade de Umea - Suécia, entre outras.

Neste sentido, a Faculdade de Engenharia fomenta e aprofunda igualmente o intercâmbio cultural, científico e técnico com instituições congéneres, nacionais e estrangeiras tendo uma especial relação com os estudantes provenientes dos países de língua oficial portuguesa, não esquecendo o mundo globalizado através dos programas Erasmus+, Mundus, baseando-se na constante formação humana, cultural, científica e técnica.

A Faculdade de Engenharia está organizada em 7 unidades funcionais nas principais áreas da Engenharia: Alimentar, Biotecnológica, Biomédica, Civil, Energia, Ambiente, Eletrotécnica e Gestão Industrial, tendo em funcionamento 8 cursos de 1º Ciclo (licenciatura), 2 cursos de 2º Ciclo e várias pós-graduações, cursos livres de curta duração.

Ensino

A Faculdade de Engenharia reorganizou os ciclos de formações de acordo com o Processo de Bolonha, tendo sido estruturados em 1º e 2º ciclos de estudos (Licenciatura e Mestrado).

Infraestruturas e Instalações

Todas as atividades letivas dos cursos decorrem no Campus da Universidade Lusófona no Campo Grande-Lisboa onde os alunos podem usufruir de laboratórios bem equipados e outras infraestruturas:

  • Biblioteca Vítor de Sá
  • Laboratório de Química Orgânica
  • Laboratórios de Biotecnologia e Bioquímica
  • Laboratório de Microbiologia
  • Laboratório de Engenharia Civil
  • Laboratório de Betão e Argamassa
  • Laboratório de Ciências do Solo
  • Laboratório de Engenharia do Ambiente
  • Laboratório de Engenharia Eletrotécnica
  • Laboratório de Física / Robótica
  • Laboratório de Engenharia Industrial
  • Laboratório de Redes e Telecomunicações
  • Laboratórios de Informática e Computação
  • Laboratório de Análise Sensorial
  • Laboratório de Sistemas Operativos e Sinais
  • Laboratório de Máquinas Elétricas
  • LabEGI- Laboratório de Engenharia e Gestão Industrial

Investigação

A investigação na Faculdade de Engenharia é realizada em Unidades da Universidade Lusófona e envolve áreas transversais e desafiantes em termos atuais e de interesse geral.

Os desafios propostos e abordados nas áreas de investigação requerem um conhecimento sólido nas áreas das ciências e das engenharias como a matemática, física, química, biologia, entre outras.

Por outro lado, a colaboração em termos de parcerias em projetos de investigação com o mundo empresarial permite aprofundar o conhecimento e apresentar soluções com benefícios mútuos.

Estágios

De forma a elaborar um plano anual de formação e estágio para alunos de países de expressão oficial portuguesa que frequentem os cursos de Engenharia em Portugal tendo em vista a sua eventual empregabilidade em empresas, foi criado o Conselho Superior Empresarial de Engenharia (CSEE) com base em Portugal, ou outras, com operações nesses mercados aumentando o conteúdo local bem como a competitividade empresarial nesses países. É neste contexto e no sentido de melhor dar o empenhado contributo de: servir melhor as necessidades das empresas; melhorar a empregabilidade; apoiar a internacionalização das empresas e incentivar o intercâmbio à escala internacional de quadros Engenheiros à medida das empresas portuguesas em particular daquelas já internacionalizadas ou em vias de o fazerem.

Contactos / Secretariado