Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Narrativas

Curso

Artes Performativas e Tecnologias

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

150 | 60

Código

ULHT1639-14388

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Conceitos base: Ficção/realidade, fábula/intriga, forma/conteúdo, mimese/diagese, entre outros, na construção de um glossário comum
2. Perspectiva histórica do estudo da narrativa e renovação de mitos
3. Estrutura e elementos da narrativa: teoria e prática
3.1 Perspectiva e ponto de vista
3.2 Autor e narrador
3.3 Causalidade e motivação
3.4 Ação e transformação
3.5 Conflito e resolução
3.6 Construção de personagens
3.7 Situação e espaço
3.8 Sequenciação e tempo
3.9 Cultura material: os objetos
3.10 Verdade e verosimilhança
4. Narrativa e identidade: teoria e prática
5. Forma: literatura, cinema, palco, e a era digital
6. Desenvolvimento dos projetos pessoais

Objetivos

São objectivos desta UC capacitar os alunos de uma literacia narrativa ampla, que considere os seus vários suportes, do texto à voz, do palco ao cinema, passando pela construção narrativa da realidade; é igualmente importante ganhar à vontade com os formatos, com a adequação de cada texto a um propósito, e fluência na resposta a exercícios simples de resolução imediata, no espaço da aula; é também objectivo desta UC trabalhar com os conceitos de corpo, tempo e espaço no processo de construção narrativa, bem como conteúdos mais específicos como os diferentes tipos de narrador, a construção de um personagem, etc.; finalmente, fomentar a exploração das potencialidades tanto da narrativa-texto do domínio intencional e consciente, bem como a imagética característica ao fluxo do subconsciente.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

- Capacidade de articular conceitos como narrativa, história, estória, ou ficção e entender os seus diferentes âmbitos;
- Desenvolver um domínio prático sobre as múltiplas possibilidades: os diferentes tipos de narrador, a construção de um personagem, os tempos do discurso e da ação, bem como questões de ritmo, voz, e estilo pessoal.
- Reconhecer padrões, ritmos e estruturas inerentes ao texto e trabalhar com a plasticidade das mesmas, consoante o exercício proposto;
- Capacidade de analisar e problematizar qualquer obra vista em conjunto: um filme, um trecho de um livro, uma exposição, etc; do ponto de vista narrativo;
- Capacidade de apropriar o discurso ao contexto, à intenção e ao suporte: a narrativa das artes da performance em justaposição à narrativa literária ou cinematográfica;
- Desenvolver fluidez e abertura no discurso identitário: o eu e o outro como uma estória possível e os domínios psicológicos e simbólicos dos elementos da narração.

Metodologias de ensino e avaliação

A avaliação privilegia sobretudo a assiduidade e a resposta ao exercícios propostos no espaço da aula. Estes exercícios serão complementadas com algumas atividades entre aulas, no tempo próprio do aluno, cuja realização pesa igualmente à avaliação. Desta presença, com atenção à participação nos debates que dele surgirem, é feita a parte preponderante da avaliação. Aos alunos que não tenham possibilidade de ser assíduos por motivos de força maior será dada a possibilidade de compensar com trabalhos de natureza teórica, analítica.
A nível metodológico, todas as aulas têm um componente teórico que enquadra os exercícios a desenvolver nesse dia, sendo que esta UC tem um objectivo prático central, que é equipar o aluno com à-vontade para escrever. Por isso, todos os conteúdos apresentados são exemplificados e explorados através de exercícios, a desenvolver imediatamente e no espaço da aula.

Bibliografia principal

Barthes, Roland, O grau zero da escrita. Elementos de semiologia, Lisboa, Edições 70
Bloom, Harold, O Cânone Ocidental, Lisboa, Círculo de Leitores
Booker, Christopher, The Seven Basic Plots: Why We Tell Stories, Londres, Continuum
Booth, W.C., A Retórica da Ficção, Lisboa, Arcádia
Calvino, Italo, Seis lições para o próximo milénio, Lisboa, Teorema
Campbell, Joseph, O Herói das Mil Faces, SP, Cultrix
McKee, Robert, Story: Substance, Structure, Style and the Principles of Screenwriting, Reagan Books
Manguel & Guadalupi, Dicionário de Lugares Imaginários, Lisboa, Tinta da China
Propp, Vladimir, Morfologia do Conto, Lisboa, Vega
Real, Miguel, O Romance Português Contemporâneo, Lisboa, Caminho
Rodari, Gianni, A Gramática da Fantasia, Lisboa, Caminho
Smith, Ali, Artful, Londres, Penguin
Eco, Umberto, Seis passeios pelos bosques da ficção, Lisboa, Difel
Vogler, Christopher, The Writers Journey: Mythic Structure for Writers, LA: M. Wiese
Wood, James, A mecânica da ficção, Lisboa