Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Performance Digital

Curso

Artes Performativas e Tecnologias

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

150 | 60

Código

ULHT1639-14412

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos


Metodologias de ensino e avaliação

Ensino suportado na apresentação e discussão de diferentes case studies ilustrativos, bem como na exposição teórica. Realização de exercícios relacionados com os trabalhos de grupo e individuais, a elaborar ao longo do semestre.
A disciplina de PD é teórico-prática, articulando a leitura e reflexão crítica de diversos artigos seminais na confluência das artes performativas e das tecnologias digitais interactivas com uma componente de aplicação prática da matéria exposta (conceptualização e argumento/ guião de uma obra performativa interactiva original).
Exercício em grupo: conceptualização e apresentação de uma obra performativa interactiva original ¿ 70 % na avaliação final;
Exercício individual: recensão crítica de um dos artigos apresentados no decorrer do semestre - 20% na avaliação final;
Assiduidade e participação nas aulas - 10% na avaliação final.

Bibliografia principal

Auslander, P. (2008) Liveness: Performance in a Mediatized Culture. Routledge.
Benford, S. & Giannachi, G. (2011) Performing Mixed Reality. MIT Press.
Broadhurst, S. & Machon, J. (eds.) (2006) Performance and Technology: Practices of Virtual Embodiment and Interactivity. Palgrave Macmillan
Causey, M. (2006). Theatre and Performance in digital culture: from simulation to embeddedness. London: Routledge.
Dixon, S. (2007) Digital Performance. MIT Press.
Gomes, C. (2015). Ciberformance: a performance em ambientes e mundos virtuais. Colecção Estudos em Comunicação, número 1. Lisboa: CECL/Leya.
Smith, M. e Stelarc (2005). Animating Bodies, Mobilizing Technologies - Stelarc in Conversation.
Stelarc: the Monograph. Cambridge Mass.: MIT Press.
Valverde, I.C. (2010). Interfaces-Dança-Tecnologia: um quadro teórico para a performance no domínio digital. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação para a Ciência e a Tecnologia.