Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Arte, Cultura e Comunicação

Curso

Ciências da Comunicação e da Cultura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 45

Código

ULHT24-1671

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Parte I : Questões de Comunicação
1.Medialidade. A Convergência da arte, da cultura e da comunicação.
2.A questão da reprodutibilidade técnica e as transformações na receção.
Parte II: Questões de arte
2. As definições de arte I: da arte como mimesis à arte como forma poética.
2.1. Modernidade, Racionalidade e Estética: a emergência da arte.
3.As definições da arte II: teorias da arte
3.1.Do impressionismo à arte abstrata.
3.2. A arte como vanguarda
Parte III: Questões de cultura
4. A grande cultura, a cultura popular e a cultura de massas: questões ultrapassadas?
5. O sistema da arte contemporânea: questões de gestão cultural.

Objetivos

Esta disciplina interroga os modos de ser dos objetos artísticos e a sua definição contemporânea enquanto objetos de comunicação intervenientes no campo cultural, que também se procura configurar. Pretende-se colocar os alunos em contato com os diversos movimentos artísticos, em particular do romantismo (século XIX) ao expressionismo abstrato (década de 50 dos século XX) e no campo das artes plásticas. A problemática da mediação e da técnica acompanha as diversas reflexões e problemas estéticos estudados, cuja relevância na configuração e reconfiguração do campo cultural, se procura demonstrar, nomeadamente através das discussões em torno das grandes definições sociológicas de cultura (cultura cultivada, popular e de massas) e sua problematização contemporânea.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

-Conhecer as relações entre as criações artísticas e a comunicação
-Identificar a influência da técnica na produção artística
-Saber identificar o fenómeno artístico como um fenómeno cultural
-Saber discutir as configurações da noção de cultura
-Conhecer as tendências da arte moderna e as questões que coloca à definição da arte
-Conhecer alguns aspetos das práticas da gestão cultural e das artes

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas expositivas com recurso a meios audiovisuais e a apresentações multimedia. Em todas as aulas são debatidos objetos artísticos ou oriundos da comunicação de massas que exemplifiquem as questões de cada aula. Faz-se também uma visita de estudo.
Avaliação: Ffrequência escrita (60%). apresentação oral de um dos textos da bibliografia e recensão escrita sobre o texto apresentado oralmente (40%). Esta apresentação oral é partilhada em pequeno grupo e visa garantir uma maior participação dos estudantes na dinâmica das aulas. Já a recensão sobre o texto apresentado é individual. Cada um destes dois elementos tem um peso de 20% face à avaliação geral.
Em alternativa à apresentação oral e recensão, o/a docente pode optar por um trabalho de grupo que vise a produção de um objeto reflexivo para integrar a mostra de trabalhos dos alunos no dia de encerramento do ano letivo. O peso será também os 40% e o trabalho é de grupo. Na avaliação contínua é obrigatória a frequência de 70% das aulas

Bibliografia principal

BENJAMIN, Walter (1992). A Obra de Arte na Era da sua Reprodutibilidade Técnica. Sobre Arte, Linguagem, Técnica e Política. Lisboa: Relógio d¿Água, pp. 70-113.
ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max (1985). A Indústria Cultural. In Dialéctica do Esclarecimento. Rio de Janeiro: Zahar Editores, pp. 113- 156 (primeira edição 1942-45).
ABRAMS, M.H.(1953) The Mirror and the Lamp. Romantic theory and the critical tradition. Oxford: Oxford University Press.
D¿Orey, Carmo (1990). «O que é a arte?» ou «Quando há arte?». Revista Análise, nº 14, Imprensa Nacional Casa da Moeda.
GREENBERG, Clement (2003) Pintura Modernista. In: Arte Y Cultura,. Madrid: Paidós.
LIMA DOS SANTOS, Maria de Lourdes (1994). I. Questionamento à volta de três noções (A grande cultura, a cultura popular, a cultura de massas). In: MELO, Alexandre (Org.). Arte e Dinheiro. Lisboa: Assírio & Alvim, pp. 101 - 120.
MELO, Alexandre (2001). As três dimensões do sistema. In: Arte. Lisboa, Editora Quimera, pp. 29-52.