Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Jornalismo Digital

Curso

Ciências da Comunicação e da Cultura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 45

Código

ULHT24-2-3499

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Características e especificidades do jornalismo digital. A convergência da comunicação escrita, vídeo e som no meio digital.
2. Os novos modelos de escrita, géneros jornalísticos e organização da informação. A importância da interactividade. O caso do jornalismo de dados.
3. As novas exigências de qualificação dos jornalistas: a importância dos conhecimentos de design, edição de imagem, vídeo e som e de programação.
4. As ferramentas de investigação e pesquisa usadas pelos jornalistas na era digital. A importância das redes sociais.
5. Os problemas éticos e deontológicos levantados na era do jornalismo digital. O caso das redes sociais e a distinção entre comunicação e informação. O desafio da credibilidade.

Objetivos

A unidade curricular Jornalismo Digital tem como objectivo fornecer aos alunos conhecimentos para usarem os meios e as ferramentas que permitem elaborar peças jornalísticas que usem as potencialidades do meio digital.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

1. Conhecer os principais sites portugueses de informação
2. Conhecer os desafios de rigor e credibilidade que se colocam ao jornalismo na era digital;
3. Ser capazes de estruturar uma publicação online com as características de órgão de comunicação social;
4. Ser capazes de recolher e validar informação usando também os meios digitais;
5. Ser capazes de elaborar peças jornalísticas comunicando com os leitores através da escrita, da imagem, da infografia e do som;
6. Reconhecer a importância das redes sociais para comunicar com os leitores.

Metodologias de ensino e avaliação

O método consagra a elaboração de trabalhos jornalísticos em ambiente de aula com uma componente teórica que visa dar aos alunos os conhecimentos necessários à concretização do projecto planeado para o semestre.
A avaliação é contínua e suportada por uma componente individual (10%) e prática, dos trabalhos em grupo de dois alunos (90%):
- Componente prática (90%) ¿ Elaboração de trabalhos jornalísticos em grupos de dois alunos, ao longo do semestre;
- Componente individual (10%) ¿ Apresentação individual do projecto realizado ao longo do semestre a avaliar segundo os seguintes critérios.
A não entrega de um dos trabalhos do projecto tem como consequência a exclusão da avaliação contínua.
O aluno será ainda excluído da avaliação contínua caso falte, sem justificação, a um terço das aulas.
Exames: Os alunos que forem a exame têm de entregar um projecto com as mesmas características da componente prática de avaliação e apresentá-lo oralmente

Bibliografia principal

Batsell, J. (2015). Engaged Journalism, Connecting with Digitally Empowered News Audiences. Columbia University Press.
BBC Academy. (s.d.). Obtido de Digital Journalism: http://www.bbc.co.uk/academy/journalism/skills/digital-journalism
Gandour, R. (2016). A new information environment: how digital fragmentation is shaping the way we produce and consume news. Obtido de Knight Center for Journalism in the Americas: https://knightcenter.utexas.edu/books/NewInfoEnvironmentEnglishLink.pdf
Nieman Journalism Lab. (s.d.). Obtido de Nieman Journalism Lab: http://www.niemanlab.org/
Roston, M. (22 de Janeiro de 2015). Don¿t try too hard to please Twitter ¿ and other lessons from The New York Times¿ social media desk. Obtido de Nieman Lab: http://www.niemanlab.org/2015/01/dont-try-too-hard-to-please-twitter-and-other-lessons-from-the-new-york-times-social-media-desk/
The Poynter Institute. (s.d.). Obtido de Poynter: https://www.poynter.org/