Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Metodologias de Análise de Imagem

Curso

Ciências da Comunicação e da Cultura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 45

Código

ULHT24-7038

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Imagem e representação
O que é a imagem?
A imagem enquanto signo;
A constituição do signo em F. Saussure e em C.S. Peirce;
O ícone, o índice e o símbolo;
A interpretação visual
Denotação versus conotação: os mecanismos associativos;
Os códigos visuais;
Elementos formais e saberes técnicos;
O enquadramento mediático e ¿multimodalidade¿;
A imagem e o texto: ¿ancoragem¿ e ¿ligação¿;
A retórica das imagens.
A imagem e o Homem
A imagem e a visão na cultura ocidental;
Visão e conhecimento: o espírito empírico moderno;
Imagem, técnica e ¿imagem técnica¿: definição e especificidades;

Objetivos

Fornecer conceitos e enquadramentos teóricos que permitam pensar e analisar imagens. Fazer compreender a evolução dos pensamentos sobre as imagens e suas implicações na actualidade. Analisar a incidência de mecanismos de veridicção na imagem fotográfica. Interpretar imagens identificando códigos visuais, elementos paratextuais, enquadramentos mediáticos diversificados e mecanismos de conotação.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Compreensão dos principais programas em torno dos quais gravita a visualidade moderna. Capacidade de compreensão da medialidade em que se inscreve o actual funcionamento das imagens. Maior conhecimento dos mecanismos de interpretação visual e da programação retórica das imagens, designadamente do jornalismo e da publicidade.

Metodologias de ensino e avaliação

1. A avaliação desta unidade curricular (u.c.) é contínua e estrutura-se do seguinte modo: apresentação oral de 1 texto indicado neste programa (30%); exercício análise de 2 imagens (30%); 1 frequência (40%).
2. O incumprimento das apresentações na data calendarizada no início do semestre impossibilita a sua realização em aulas seguintes (nos casos de justificação médica, será indicado outro texto ao aluno);
3. A u.c., por ser teórico-prática, não tem avaliação por exame em 1ª época, e o exame de recurso consistirá na realização de uma prova escrita com o mesmo formato que a frequência da avaliação contínua. Ficam aprovados todos os alunos que tiverem nota mínima final de 10 valores.
4. A avaliação contínua depende da frequência de 70% das aulas leccionadas.

Bibliografia principal

BARTHES, Roland (1984), «Retórica da imagem» em O óbvio e o obtuso, Lisboa, Edições 70
BELTING, Hans (2011), A verdadeira imagem, Lisboa, Dafne Editora.
DUBOIS, Philippe (1991), O acto fotográfico, Lisboa, Vega.
GERVEREAU, Laurent, Ver, compreender, analisar as imagens, Lisboa, Ed. 70, 2007
JENKS, Chris (1995), Visual Culture, Londres e Nova Iorque, Routledge.
JOLY, Martine (1999), Introdução à análise de imagem, Lisboa, Edições 70
JOLY, Martine (2003), A imagem e a sua interpretação, Lisboa, Edições 70
JOLY, Martine (2005), A imagem e os signos, Lisboa, Edições 70
LISTER, Martin (1995), The photographic image in digital culture, Londres, Routledge.