Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Processos Criativos

Curso

Ciências da Comunicação e da Cultura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 45

Código

ULHT24-1-7050

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. A criatividade, conceitos e valor;
2. Potencial criativo individual;
3. Criatividade e inovação;
4. O processo criativo;
5. Inibidores e facilitadores do processo criativo;
6. Etapas do processo criativo: Graham Wallas, James Young, Don Fabun;
7. Técnicas de produção de ideias: branstorming, reversed brainstorming, mapas mentais, análise morfológica, checklist, régua heurística, seis chapéus, entre outras;
8. Aplicação dos etapas do processo criativo e das técnicas de produção de ideias a projetos práticos com vertente textual e imagética;

Objetivos

É objetivo desta unidade curricular que o aluno desenvolva capacidades que lhe permitam identificar as etapas do processo criativo e utilizar as principais técnicas de produção de ideias na elaboração de projetos de comunicação orientados para a publicidade.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

1. Compreender o conceito de criatividade, o seu valor e potencial;
2. Relacionar criatividade e inovação;
3. Dominar o conceito de processo criativo;
4. Identificar os inibidores e facilitadores do processo criativo;
5. Compreender as etapas do processo criativo definidas por autores distintos;
6. Perceber e saber utilizar diferentes técnicas de produção de ideias;
7. Colocar os conhecimentos apreendidos ao serviço de projetos de comunicação;

Metodologias de ensino e avaliação

Sendo uma cadeira teórico-prática serão utilizadas aulas expositivas para apresentação dos conteúdos programáticos com o recurso a elementos audiovisuais. Serão ainda ministrados exercícios de criatividade e será efectuado
o acompanhamento dos projetos junto dos alunos.
A avaliação terá em conta os seguintes parâmetros:
1. Projeto Teórico: 20%;
2. Projeto Prático 1: 40%;
3. Projeto Prático 2: 40%;

Os grupos (compostos por 2 a 3 elementos) têm que manter-se durante o semestre.
A avaliação individual terá em conta a participação em sala e a assiduidade. A entrega e apresentação dos projetos é obrigatória na data estipulada. A falta injustificada implica a reprovação na UC.
As presenças são registadas no início de cada sessão e deverão corresponder a 75% das aulas leccionadas, um número inferior implica a reprovação à UC em avaliação contínua.
O exame de 2ª época e época especial contempla a entrega dos projetos com
as mesmas características e condições do ano lectivo.

Bibliografia principal

Bono, E. (2015). Lateral Thinking: Creativity Step by Step. NY: Harper Colophon.
Durão, V. (2012). Não Faço Ideia, Como Fazer a Diferença no Mundo da Comunicação. Lisboa: Principia.
Fabun, D. (1969).You and Creativity. Boston: Allyn & Bacon.
Kelley. T.& Kelley, D. (2013). Creative Confidence: Unleashing the Creative Potential Within Us All. NY: Crown Business.
Lehrer, J. (2012). Imagine. Lisboa: Lua de Papel.
Michalko, M. (2011). Creative Thinkering: Putting Your Imagination to Work. California: New World Library.
Rasquilha, L. (2009). Publicidade: Fundamentos. Estratégias. Processos Criativos. Lisboa: Gestão Plus.
Tschimmel, K. (2011). Processos Criativos: A emergência de ideias na perspectiva sistémica da criatividade. Matosinhos: ESAD.
Vogel, T. (2014). Breakthrough Thinking: A Guide to Creative Thinking and Idea Generation. Ohio: HOW Books.
Wallas, G. (2014). The Art of Thought. Tunbridge Wells: Solis Press.