Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Sociologia dos Meios de Comunicação

Curso

Ciências da Comunicação e da Cultura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 45

Código

ULHT24-7046

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Introdução: Comunicação, ciências da comunicação e sociedade de massa.
2. Da teoria hipodérmica à noção de efeitos limitados da comunicação mediática ¿ paradigmas da manipulação (H. Lasswell e E. Bernays) e da influência (Paul Lazarsfeld).
3. O paradigma cognitivo (agenda-setting e newsmaking).
4. Contributo crítico da Escola de Frankfurt (T. Adorno e M. Horkheimer), com incidência particular no conceito de indústria cultural.
5. Outras abordagens sociológicas: Da construção social da realidade (P. Berger e T. Luckman) ao Interaccionismo Simbólico (Erwing Goffman).
5. Niklas Luhman e a teoria dos sistemas; espaço público e publicidade (Öffentlichkeit).
6. As novas indústrias culturais e seu impacto social e cultural.

Objetivos

A disciplina propõe-se enquadrar, apresentar e explicar os grandes paradigmas da investigação sociológica no domínio da Comunicação, e da comunicação mediática em particular. Pretende-se apresentar um panorama, tanto quanto possível abrangente e diversificado, numa perspectiva simultaneamente diacrónica e sincrónica, das principais correntes da investigação nos domínios da Comunicação acima referidos.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Os estudantes deverão aprender a identificar, distinguir e contextualizar os grandes paradigmas da Comunicação, em particular da comunicação mediática. Mais se pretende que os estudantes adquiram competências teóricas que aumentem a sua capacidade crítica, bem como uma sensibilidade acrescida à lógica interna dos sucessivos e diferentes modelos de investigação no âmbito da sociologia da comunicação em geral, e em particular da comunicação mediática.

Metodologias de ensino e avaliação

A metodologia seguida visa incentivar o envolvimento e a participação activa dos estudantes nas aulas. A avaliação consta de dois momentos ¿fortes¿ e conjugados: um trabalho de consulta, em aula, para aplicação concreta de conceitos aprendidos a um ¿case study¿ proposto pelo docente (50% da nota final); um teste escrito, em aula e sem consulta, sobre a totalidade da matéria leccionada (50% da nota final).

Bibliografia principal

Adorno, Theodor & Horkheimer, Max. (1985). Dialéctica do Esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor; Esteves, João Pissarra (Org.). (2009).Comunicação e Sociedade. Lisboa: Livros Horizonte; Esteves, João Pissarra. (2011). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian: McQuail, Denis. (2000). Mass Communication Theory. London: SAGE Publications; McQuail, Denis. (2013). Journalism and Society. London: SAGE Publications; Maigret, Éric. (2007). Sociologie de la Communication et des Médias.Paris: Armand Colin; dos Santos, José Rodrigues. (2001). Comunicação. Lisboa: Prefácio; Rieffel, Rémy.(2003). Sociologia dos ¿Media¿. Porto: Porto Editora.