Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Língua e Cultura Portuguesa

Curso

Ciências da Educação - Educação Social

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 45

Código

ULHT75-4024

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Estado. Nação. Nação e Cultura: como as duas ideias se constroem e se problematizam. A noção de "comunidades imaginadas".
2. O cruzamento entre a perspectiva historiográfica e a cultura literária:
2.1. Narrativas da gesta portuguesa na época medieval, na época dos Descobrimentos e na época romântica:
2.2. Análise de duas obras representavas dos Descobrimentos e do movimento romântico
- O Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
- Um auto de Gil Vicente, de Almeida Garrett
3. O intertexto. Cruzamos e interdependência da literatura com as outras artes.

Objetivos

Reconhecer os factores identitários de um povo e de uma cultura.
Cruzar a perspectiva histórica com a cultura literária
Reconhecer, analisar e interpretar os níveis de leitura de um texto
Reconhecer e trabalhar a intertextualidade e a literariedade.
Identificar as interdependências entre a literatura e as outras expressões artísticas.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Fazer uma reflexão metalinguística
Instrumentais - capacidades de:
- analisar criticamente, de acordo com os parâmetros científicos, a informação oral e escrita disponível
- apresentar com clareza e rigor científico, oralmente ou por escrito, o resultado do seu trabalho
- levantar questões e transformá-las em objectos de pesquisa
pessoais - capacidades de:
- organização pessoal face ao programa da disciplina
- gerir de forma autónoma o seu plano de trabalho
- defender os seus pontos de vista
- organizar a sua própria aprendizagem
- trabalhar e interagir em grupo

Metodologias de ensino e avaliação

Nas metodologias de ensino encontram-se aulas teóricas e teórico-práticas. Nas aulas teóricas serão apresentados os conteúdos programáticos pelo docente, recorrendo a diversos dispositivos (power point, vídeos, fontes iconográficas, imprensa, materiais pedagógicos, manuais escolares, etc), estimulando-se os estudantes à participação na reflexão e debate de ideias. Nas aulas teórico-práticas serão trabalhados os conteúdos temáticos do programa, tendo os estudantes que ler e elaborar trabalhos sobre as temáticas em estudo.
A avaliação funciona como reguladora do processo ensino-aprendizagem e apresenta uma dimensão formativa e global: avaliam-se não só os produtos, mas também os processos e os recursos.
Avaliação semestral:
- podem optar pelo modelo de avaliação contínua ou não continua / exame
- incide sobre saberes teóricos e práticos.
Avaliação contínua: Trabalho individual- 25% ; trabalho de grupo- 25%; frequência- 50%

Bibliografia principal

Biblos. Enciclopédia Verbo das literaturas de Língua Portuguesa. Lisboa, Ed. Verbo.
Discursos, nº 13, (Outubro, 1996): "Literatura, nacionalismos, identidade".
Gonçalves T. (2011). Linhas Orientadoras da Política Linguística Educativa da EU. Revista Lusófona de Educação, 18, 25-43
Gonçalves, Maria Neves & Santos, M (2010). Análise da obra. Um Auto de Gil Vicente, de Almeida Garrett. Lisboa. Leya Editora (varias edições)
Hall, S.; Du Gay, P. (2013). Questions of Cultural identity, London, Sage.
Linuesa, M. C. (2007). Leitura e cultura escrita. Mangualde: Edições Pedago
Lourenço, E. (2012). A nau de Ícaro seguido de Imagem e miragem da Lusofonia, Lisboa, Gradiva.
Santos, M, Gonçalves, Maria Neves (2010). Análise da obra. O Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente. Lisboa. Leya Editora ( varias edições)
Saraiva, A. J. (207). Para a História da Cultura em Portugal, Lisboa, Bertrand.
Serrão, J, (dir.) (2011). Dicionário da História de Portugal. Porto: Livraria Figueirinhas.