Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Metodologia de Animação Sociocultural

Curso

Ciências da Educação - Educação Social

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 45

Código

ULHT75-10057

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

INTRODUÇÃO
Conceito, origem e evolução da Animação Sociocultural
Funções, valores, habilidades e atitudes do animador
TÉCNICAS DE INTERVENÇÃO SOCIOCULTURAL E VALORIZAÇÃO DO GRUPOS
Definição, tipos e utilidade das técnicas de grupo
Critério de escolha e regras para aplicação das técnicas de grupo
DIMENSÃO EDUCATIVA DA ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL
Animação Sociocultural e Educação Não Formal, Permanente e de Adultos
A COMMUNIDADE COMO PROMOTOR DE ANIMAÇÃO SOCIOCULTURAL
Estratégias, técnicas e dinâmicas participativas para a acção sociocultural
Dinâmica de comunicação interactiva na acção sociocultural
Técnicas e recursos de gestão na acção sociocultural
A ANIMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DA COMUNIDADE SÓCIO-CULTURAL
O planeamento do projecto de dinamização da comunidade
Fases no desenvolvimento de projectos de dinamização da comunidade
Avaliação de projectos de revitalização da comunidade
BUSCA DE ESTUDOS DE CASO

Objetivos

Dotar os alunos dos conhecimentos que os permitam planear, desenvolver e avaliar animação sociocultural como prática educativa que visa promover o desenvolvimento das capacidades criativas das comunidades em diferentes contextos sociogeográficos e socioeconómicos.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

- Compreender e fazer uso dos conceitos de desenvolvimento das comunidades na construção das redes de coexistência, cooperação e desenvolvimento colectivo;
- Adoptar uma atitude proactiva sobre associativismo cultural activo que visa uma sociedade baseada nos valores da solidariedade, da coesão social e da democracia.
- Conhecer o desenvolvimento e avaliação de programas socioculturais através de projectos e actividades de lazer, de carácter intergeracional e de participação cívica.

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas teóricas, baseadas em apresentações e discussões sobre literatura e documentação audiovisual, são intercaladas com exercícios de reflexão e interpretação crítica das abordagens teóricas sobre objectivos e desafios da animação sociocultural, bem como das opções metodológicas e as suas aplicações em diversos contextos sociogeográficos e socioeconómicos.
Avaliação contínua:
- Teste de frequência (parte teórica) - 40 % da nota final
- Trabalho escrito prático (projecto de animação sociocultural) - 60 % da nota final
O trabalho prático consiste na conceptualização de uma proposta de projecto de animação sociocultural de lazer colectivo, de dinâmica intergeracional ou de participação cívica (15-20 páginas) com base nos conhecimentos metodológicos adquiridos em aula e na consulta de literatura. A avaliação baseia-se na qualidade da resposta à tarefa em termos de conteúdo e de apresentação por via oral (50% da nota) e por escrito (50% da nota).

Bibliografia principal

Badesa, M. (1995). Perfil del Animador Sociocultural. Madrid: Narcea.
Bruner, J. (2000). Cultura da Educação. Lisboa: Edições 70.
Jardim, J. (2002). O Método da Animação. Manual para o Formador. Porto: AVE
Lopes, M. S. (2006). Animação sociocultural em Portugal. Lisboa: Intervenção - Associação para a Promoção e Divulgação Cultural.
Marcellino, N. (org),(2006). Lazer e Recreação - Repertório de Actividades por Fases da Vida, SP, Brasil: Papirus Editora.
Pérez S. (1997). Elaboración de Projectos Sociales. Casos Práticos. Madrid: Narcea.
Quintana, J. M. (1986). Fundamentos de Animación Sociocultural. Madrid: Narcea.
Roca, Z. et al. (Eds.) (2010) Landscapes, Identities and Development. Farnham (UK): Ashgate Publishers.
Simões, H. (2006). Animação Cultural, três andamentos de compreensão. Lisboa: Livros Horizonte