Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Técnicas de Escrita

Curso

Ciências da Educação - Educação Social

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 45

Código

ULHT75-7203

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. O novo acordo ortográfico
2. A pontuação e a pontuação literária
3. O novo acordo ortográfico
4. Terminologia linguística e gramatical
5. A escrita
5.1. A escrita de textos de natureza funcional e que respondam a diversas situações e intencionalidade comunicativas:
- resumo
- síntese
- relatório
- parecer
- outros
5.2. A escrita recreativa e lúdica
5.3. A escrita científica
6. As tecnologias da cultura escrita: o nascimento do alfabeto, do livro, a invenção da imprensa e as novas tecnologias
6.1. Valor e possibilidades das novas tecnologias da informação e da comunicação

Objetivos

Reconhecer o valor da cultura escrita e textual
Conhecer as finalidades e as funções da escrita
Reconhecer que a escrita representa uma das maiores criações da humanidade permitindo registar manifestações da cultura de cada povo em cada época
Identificar as diversas tipologias textuais e discursivas
Fazer uma reflexão metalinguística
Produzir textos de registos de escrita diversos.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

As competências a desenvolver são de natureza instrumental e pessoal:
Instrumentais: capacidade de leitura, compreensão, análise e avaliação de diversos tipos de escrita; selecção e organização da informação proveniente de diversas tipologias textuais e discursivas; produzir textos de registos de escrita diversos.
Pessoais: organização pessoal face ao programa da disciplina; gerir de forma autónoma o seu plano de trabalho; defender os seus pontos de vista; organizar a sua própria aprendizagem de trabalhar e interagir em grupo.

Metodologias de ensino e avaliação

Nas metodologias de ensino encontram-se aulas teóricas e teórico-práticas. Nas aulas teóricas serão apresentados os conteúdos programáticos pelo docente, recorrendo a diversos dispositivos (power point, vídeos, fontes iconográficas, imprensa, materiais pedagógicos, manuais escolares, etc), estimulando-se os estudantes à participação na reflexão e debate de ideias. Nas aulas teórico-práticas serão trabalhados os conteúdos temáticos do programa, tendo os estudantes que elaborar textos de diferentes tipologias textuais e discursivas. A avaliação funciona como reguladora do processo ensino-aprendizagem e apresenta uma dimensão formativa e global: avaliam-se não só os produtos, mas também os processos e os recursos.
Avaliação semestral:
- os estudantes podem optar pelo modelo de avaliação contínua ou não contínua/exame
- incide sobre saberes teóricos e práticos.
Avaliação contínua: Trabalho individual- 25% ; trabalho de grupo: 25%; frequência: 50%

Bibliografia principal

Associação Portuguesa de Terminologia. http://www.fcsh.unl.pt/termip
Barre-De-Miniacm C. (2002). La notion de rapport à l'écriture. Actas do Encontro de Reflexão sobre o ensino das Escrita. Ensinar a Escrever. Braga: Universidade do Minho.
Gonçalves T. (2011).Linhas Orientadoras da Política Linguística Educativa da EU. Revista Lusófona de Educação, 18, 25-43.
Martins, M. R. & Ferreira, H.G. (2006). Português Corrente. Lisboa: Caminho
Mateus, M. H. & Xavier, M. F. (org.) (1990). Dicionário de Termos Linguísticos. Lisboa: Cosmos.
Mateus, M. H., et al (1989). Gramática da Língua Portuguesa. Lisboa: Editorial Caminho.
Santos, M. M. & Gonçalves, Maria Neves (2007). A competência de escrita. Lisboa: Plátano Editora.
Santos, M. M. & Gonçalves, Maria Neves (2010). A viagem da língua portuguesa. Actas do VIII Colóquio da Lusofonia. Bragança: Câmara Municipal.
Sousa, O. (2010). O desafio da Lusofonia: diversos falares, uma só escrita, Revista Lusófona de Educação, 16, 39-46.