Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Tecnologias e Educação

Curso

Ciências da Educação - Educação Social

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 45

Código

ULHT75-7207

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. A noção de Tecnologias Educativas. Evolução histórica.
2. A integração das Tecnologias na Educação e sua importância no processo de ensino - aprendizagem.
2.1 O advento da Escola como organização que aprende: A relevância das TIC
2.2 Programas nacionais. Projectos internacionais.
3. Os tradicionais recursos educativos na sala de aula.
3.1 Pressupostos pedagógicos e factores condicionantes na sua utilização.
3.2 Sugestões práticas.
4. As modernas tecnologias informáticas
4.1. O computador como meio de aprendizagem, comunicação e formação.
4.2. Software. Tipos de software educativo.
4.3. Aplicações educativas em rede.
5. A Internet.
5.1 A Internet e a escola.
5.2 Conceito de Web 2.0 e Web 3.0. Evolução.
5.2.1 Redes Sociais. Sugestões práticas.
5.3 A Internet como recurso educativo.
5.3.1 Recursos Educativos digitais (RED). Conceito. Exemplos.
5.3.2 Ambientes Pessoal de Aprendizagem (PLE).Conceito e aplicações

Objetivos

- Adquirir conceitos no âmbito das Tecnologias aplicadas à Educação;
- Refletir sobre o potencial pedagógico das tecnologias de informação e comunicação numa lógica de inovação curricular;
- Ter conhecimento sobre aspetos relacionados com a utilização pedagógica das TIC;

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

- Desenvolver a autonomia e a capacidade de trabalhar colaborativamente, numa perspetiva de formação profissional contínua.

Metodologias de ensino e avaliação

Esta disciplina tem uma natureza teórico-prática e contribui para a preparação adequada dos futuros licenciados em Ciências da Educação no amplo campo de aplicação profissional em que podem exercer a sua atividade, tendo como referências as exigências colocadas à preparação dos cidadãos no início do Século XXI.
A avaliação dos conhecimentos dos alunos é contínua, concretizada através das diferentes tarefas (30%) propostas em aula e da realização de uma frequência (70%). No entanto os alunos podem optar por exame.

Bibliografia principal

Costa, F., Rodriguez, C., Cruz, E., & Fradão, S. (2012). Repensar as TIC na Educação. O Professor como Agente Transformador. Lisboa: Santillana.
Costa, F., Peralta, H. & Viseu, S. (Eds.). (2008). As TIC na Educação em Portugal. Conceções e Práticas. Porto: Porto Editora.
Damásio, M. (2007). Tecnologia e educação: as tecnologias da informação e da comunicação e o processo educativo. Lisboa: Editorial Vega,
De Corte. E. (1992). Aprender na Escola com as Novas Tecnologias da Informação, in V. Teodoro e J. Freitas. Educação e Computadores. Lisboa: GEP/ME, 89-117.
Levy, P. (1994). As Tecnologias da Inteligência. O Futuro do Pensamento na Era da Informática. Lisboa: Instituto Piaget.
Papert, S. (1994). A Máquina das Crianças: repensando a escola na era da informática. Porto Alegre: Artes Médicas.
Papert, S. (1997). A Família em Rede. Lisboa: Relógio d'Água