Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Patologia da Nutrição

Disciplina do Curso

Ciências da Nutrição

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 4,5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

117 | 60

Código

ULHT1101-12567

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

- Introdução à patologia da nutrição: princípios básicos de patologia
- Lesão celular, morte celular e adaptações. Envelhecimento celular
- Inflamação: aguda e crónica
- Neoplasia
- Alterações hemodinâmicas e trombose
- Doença cardíaca
- Sistema hematopoiético. Anemias
- Cavidade oral e sistema gastrointestinal
- Fígado, vesícula biliar, vias biliares e pâncreas
- Sistema endócrino
- Sistema renal
- Doenças de origem ambiental e nutricional
- Alergias e Intolerâncias alimentares

Objetivos

A unidade curricular de Patologia da Nutrição pretende abordar os mecanismos que conduzem aos processos patológicos relacionados com a nutrição:
- Abordar os mecanismos conducentes ao processo patológico;
- Conhecer a etiopatogenia e o diagnóstico das doenças relacionadas com a nutrição;
- Compreender os fatores ambientais e nutricionais conducentes a determinadas patologias;
- Compreender a intervenção nutricional em diversas patologias.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

A unidade curricular pretende facultar aos alunos competências ao nível dos conhecimentos dos mecanismos de alteração do funcionamento dos órgãos e sistemas do corpo humano, de forma a compreenderem os processos disfuncionais conducentes à instalação do processo patológico, nomeadamente nos relacionados com a nutrição.

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas teóricas magistrais, orientadas pelo docente, seguindo o programa definido de acordo com os objetivos da unidade curricular. As aulas teórico-práticas serão ministradas de forma presencial assim como em formato e-learning, com estudo de casos e trabalhos teórico-práticos, com análise escrita ou resposta a questões colocadas pelo docente.
A avaliação efectuada na modalidade de ''Avaliação Contínua'' resulta de uma avaliação teórica escrita (70%), e da componente de avaliação teórico-prática (30%). Considera-se aprovado na avaliação contínua, uma classificação final igual ou superior a 9,5 valores (na escala de 0 a 20 valores).
No âmbito da avaliação exclusivamente por exame final escrito, considera-se aprovado, todo o aluno cuja classificação no exame final escrito, seja igual ou superior a 9,5 valores. O exame tem a forma de teste escrito e inclui a totalidade da matéria ministrada, com questões teóricas e práticas.

Bibliografia principal

- Kumar V, Abbas AK, Aster JC. Robbins Basic Pathology, 9th Edition. Elsevier, 2012.
- Longo D, Fauci A, Kasper D, Hauser S, Jameson J, Loscalzo J. Harrison's Principles of
Internal Medicine: Volumes 1 and 2, 18th Edition. New York, McGraw-Hill Companies, Inc., 2011.