Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Teoria das Relações Públicas

Curso

Comunicação Aplicada: Marketing, Publicidade e Relações Públicas

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

150 | 60

Código

ULHT168-1675

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Conteúdos programáticos (1000 caracteres disponíveis):
1. Enquadramento teórico da UC
1.1 Definição de Relações Públicas
1.2. Objetivos das Relações Públicas
1.3 Áreas de atividade das Relações Públicas
2. Os Públicos em Relações Públicas
2.1. Os públicos internos e externos
2.2. Os públicos segundo o critério de proximidade
2.3. Diferentes enquadramentos de Públicos de acordo com os seguintes autores: Cleuza Gimenes; Grunig; Quirke.
3. História das Relações Públicas
3.1. A sua evolução em Portugal
4. Os modelos teóricos da história das Relações Públicas.
5. As diferentes funções e papéis das RP.
5.1. A profissão em Portugal e as suas diferentes interpretações: "relações públicas", "comunicação organizacional" ou "comunicação empresarial".
5.2. A função de assessora de Imprensa

Objetivos

Esta Unidade Curricular pretende dotar os discentes dos conhecimentos essenciais sobre a Teoria das Relações Públicas que são importantes para as bases da profissão. A evolução das teorias das RPs molda esta área de atividade na atualidade.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Nesta Unidade curricular pretende-se que os discentes adquiram os conhecimentos teóricos relacionados com as bases das Relações Públicas. Os discentes devem adquirir a capacidade de distinguir as Relações Públicas de outras áreas como o Marketing e a Publicidade e no final do semestre deverão estar aptos a distinguir as diferentes formas de atuação de acordo com os diferentes públicos das organizações.

Metodologias de ensino e avaliação

As metodologias englobam uma prova escrita individual (55%), um trabalho prático de grupo (40%) e por fim a assiduidade bem como os exercícios efetuados em ambiente de aula (5%).

Bibliografia principal

Scott, D. (2008). As novas regras de Marketing e Relações Públicas. Porto Editora.
Cabrero, J. e Cabrero, M. (2001). O livro de Ouro das Relações Públicas. Porto Editora. Porto
Grunig, J. E., & Grunig, L. A. (2008). Excellence theory in public relations: Past, present, and future. In Public relations research (pp. 327-347). VS Verlag für Sozialwissenschaften.
Cutlip, S. M. (2013). Public relations history: From the 17th to the 20th century: The antecedents. Routledge.
Kent, M. L., & Taylor, M. (2002). Toward a dialogic theory of public relations. Public relations review, 28(1), 21-37.
Gonçalves, G. (2010). Introdução à Teoria das Relações Públicas. Porto Editora