Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Redação Jornalística

Curso

Comunicação e Jornalismo

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 7

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

186,3 | 75

Código

ULHT449-2388

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Ser jornalista: a conceção de jornalismo e de jornalista.
2. A identidade profissional do jornalista, agente produtor de informação.
3. A diversidade dos media.
4. A empresa jornalística.
5. Organização e funcionamento da redação.
6. Funções e cargos redatoriais.
7. Agências noticiosas.
8. Formas diferentes de ser jornalista.
9. As fases da atividade jornalística.
10. O repórter, testemunha profissional.
11. O grafismo e a sua importância.
12. Os constrangimentos de diverso tipo a que o exercício da profissão está sujeito.

Objetivos

Introdução teórico-prática ao exercício do jornalismo, proporcionando um panorama geral dos contextos (sociais e organizacionais) da profissão e dos requisitos (técnicos e humanos) exigidos aos profissionais. Noções básicas da especificidade da escrita jornalística e das suas técnicas, acompanhadas pela elaboração de trabalhos práticos.
Os alunos serão ainda estimulados à leitura crítica de meios de comunicação/ plataformas informativas, comparando os critérios de noticiabilidade e a diversidade ou convergência de ângulos de abordagem dos acontecimentos, estruturas narrativas, fontes de informação e respetiva atribuição, títulos, ilustração (fotografias, infografias), entre outros aspetos.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

- Compreender o panorama geral dos contextos (sociais e organizacionais) que rodeiam a profissão e os requisitos (técnicos e humanos) exigidos aos profissionais.
- Adquirir noções básicas da especificidade da escrita jornalística e das suas técnicas.
- Desenvolver a leitura crítica de jornais e de outros meios de comunicação, comparando critérios de noticiabilidade, ângulos de abordagem dos acontecimentos, estruturas narrativas, fontes de informação, títulos, ilustração (fotografias, infografias), entre outros aspectos.

Metodologias de ensino e avaliação

A avaliação da cadeira resultará das avaliações da parte teórica e da parte prática. Esta avaliação é interdependente, ou seja, só serão considerados avaliáveis os alunos que frequentarem e cumprirem os requisitos de avaliação das duas partes da cadeira.
É a seguinte a ponderação integrada da avaliação de Redação Jornalística:
Parte teórica 50%
Parte prática 50%
Os/as alunos/as estão obrigados/as à frequência de um mínimo de 70% das aulas.

Bibliografia principal

AAVV (2016), Digital Media Portugal ¿ ERC 2015, Lisboa
Cascais, Fernando (2001), Dicionário de Jornalismo, Lisboa, Editorial Verbo
Cebrián, Juan Luis (2004), Cartas a Um Jovem Jornalista, Lisboa, Editorial Bizâncio
Correia, Fernando (1998), Os Jornalistas e as Notícias, Lisboa, Caminho
Fontcuberta, Mar de (1999), A Notícia. Pistas para Compreender o Mundo, Lisboa,
Editorial Notícias
Kovach, Bill, Rosenstiel, Tom (2004), Os Elementos do Jornalismo. O que os
profissionais do jornalismo devem saber e o público deve exigir, Porto: Porto Editora
Lopes, Felisbela (2015), Jornalismo. Profissão ameaçada, Lisboa: Alêtheia Editores
Mesquita, Mário (2004), O Quarto Equívoco. O Poder dos Media na Sociedade
Contemporânea, Coimbra, MinervaCoimbra
Ricardo, Daniel (2003), Ainda Bem que me Pergunta. Manual de Escrita Jornalística,
Lisboa, Editorial Notícias
Público (2005), Livro de Estilo, Lisboa
Traquina, Nelson (2002), O que é Jornalismo, Lisboa, Quimera