Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Técnicas de Expressão Radiofónicas

Curso

Comunicação e Jornalismo

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 7

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

186,3 | 82,8

Código

ULHT449-2390

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Especificidades do meio Rádio, face a outros meios; futuro do meio Rádio; características da comunicação radiofónica; a linguagem radiofónica: estética de linguagem/discurso radiofónico; edição de notícias (rigor do texto;
enunciação do texto; técnicas de construção do texto jornalístico e não jornalístico) e noticiários (critérios de escolha e hierarquia; técnicas de lançamentos e rodapés); reportagem na Rádio (preparação, realização e linguagem);
entrevista na Rádio (preparação, realização e linguagem); outros géneros jornalísticos na Rádio (debate, crónica, etc.); técnicas de improviso. O programa também inclui o ensino e prática de técnicas de gravação, edição e mistura
de sons.

Objetivos

Além de proporcionar um conjunto de conhecimentos sobre a evolução do meio Rádio, analisando as suas características e especificidades, é privilegiado o estudo da linguagem radiofónica, em especial na edição de notícias (incluindo critérios de selecção e de hierarquização da informação), entrevista e reportagem, sem esquecer a importância da dicção e da fala específica associadas a este território da comunicação. Esta unidade curricular também dá especial atenção às vertentes da sonoplastia que um comunicador de Rádio deve dominar.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Domínio das técnicas necessárias para a produção de informação no meio Rádio;
Efectuar reportagens, conduzir entrevistas, arriscar moderação de debates ou realizar crónicas e improvisar, se necessário;

Metodologias de ensino e avaliação

As quatro horas de contacto semanal repartem-se por duas em sala de aula e duas em estúdio de rádio. Em sala de aula, o docente apresenta a matéria, com apoio em exemplos (de textos ou gravações) da autoria de jornalistas profissionais, e dirige/corrige trabalhos individuais dos alunos, tendo em vista a apresentação em estúdio. No estúdio de rádio, os alunos gravam os trabalhos que prepararam, com correcção imediata pelo docente dos conteúdos e atitude/ânimo comunicacional. Em síntese, durante quatro horas, os alunos aprendem, tentam aplicar os conhecimentos e, se erram, são imediatamente corrigidos. Desde o início das aulas, os alunos são convidados a prestar especial atenção à actualidade, para aperfeiçoamento dos critérios e das técnicas a utilizar na produção dos respectivos trabalhos. A avaliação é contínua, mas distingue a maior ou menor assiduidade e a qualidade da prestação dos alunos nas aulas (40%); e implica um trabalho final de realização de noticiário ou reportagem (60%).

Bibliografia principal

Bibliografia essencial:
Meneses, J. P. (2003). Tudo o que se passa na TSF... para um "livro de estilo". Porto: Jornal de Notícias
Bibliografia complementar:
Fernàndez, J. T. (1994). Noticias por la Radio Recuerdo y Calidad. Barcelona: Marzo 80
Meditsch, E. (1999). A Rádio na Era da Informação. Coimbra: Minerva
Meneses, J. P. (2012). Estudos sobre a Rádio. Passado, presente e futuro. Porto: Mais Leituras