Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Economia do Ambiente e dos Recursos Naturais

Curso

Economia

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

140 | 60

Código

ULHT32-5799

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Introdução
2. Principais Problemas Ambientais e Soluções
3. Eficiência e Mercados
4. Falhas de Mercado: Externalidades, Bens Públicos e Instrumentos de Política do Ambiente
5. Instrumentos de Controlo da Poluição em Informação Perfeita
5.1. O Problema da Poluição.
5.2. Definição de Poluição
5.3. Instrumentos de Política Económica e os seus Objetivos
6.Teoria da Procura Ambiental
6.1. Disponibilidade a Pagar
6.2. Tipos de bens ambientais
6.3. Medidas de procura
6.4. Procura por bens ambientais
7. Métodos de valorização do Ambiente
7.1. Método do Preço Hedónico
7.2. Método da Valorização Contingente
7.3. Método do Custo de Transporte
8. O Desconto do Futuro
8.1. As consequências do desconto.
8.2. Desconto ao longo de vários períodos.
9. Os Recursos Naturais.
9.1. Recursos não renováveis
9.2. Recursos renováveis
9.3. Energias renováveis
9.4. Economia das pescas
9.5. Teoria dos jogos
9.6. Cooperação e incentivos
10.Considerações Fina

Objetivos

Dar a conhecer os problemas ambientais e os seus impactos na economia. Alertar para a importância das variávelis ambiente e recursos naturais nas decisões económicas e introduzir a consciência ambiental. Pretende-se que o aluno identifique os problemas ambientais, reconheça os seus impactos na economia e desenvolvimento económico e saiba delinear soluções e percursos sustentáveis para a economia tendo em conta o equilíbrio ambiental.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Perceber a importância da inclusão da variável ambiente nas decisões económicas.
. Adquirir conhecimento sobre as formas de regulamentação de problemas ambientais.
. Adquirir conhecimento sobre o instrumental analítico relevante.

Metodologias de ensino e avaliação

A disciplina tem prevista a resolução de exercícios de aplicação prática com a utilização dos instrumentos
matemáticos necessários bem como a resolução de fichas individuais de avaliação sobre a matéria lecionada. Na sala de aula, os alunos são chamados a participar ativamente, quer respondendo a questões colocadas, quer refletindo sobre temas propostos.
A avaliação tem 4 componentes essenciais:
-4 testes. 3 testes com ponderação de 20% e um teste final com ponderação de 40%

Bibliografia principal

KOLSTAD, Charles, Environmental Economics, Oxford University Press, 2000
- BJORNDAL, Trond et als., Advances in Fisheries Economics, Blackwell Publishing, 2007
-TITENBERG, Tom and Lynne Lewis, Environmental & Natural Resource Economics, Addison Wesley; 8 edition,
2008
- NEHER, Philip, Natural Resource Economics; Conservation and Exploitation, Cambridge University Press, 1993
- BAUMOL, William J., OATES Wallace E., The Theory of Environmental Policy, Cambridge University Press, 1993.
- HARRIS, Jonathan M., Environmental and Natural Resource Economics: a Contemporary Approach, Houghton
Mifflin Company, 2002
- PEARCE, D.W., TURNER, K.R., Economics of Natural Resouces and the Environment, Harvester Wheatsheaf,
1990. - PERMAN, R., MA, Y., McGILVRAY, J., Natural Resources & Environmental Economics, Longman, 1997.