Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Economia Pública

Curso

Economia

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

140 | 60

Código

ULHT32-3502

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1.Introdução. Formas de Intervenção do Estado. Evolução histórica das Finanças Públicas
2.Fundamentos Microeconómicos para a Intervenção do Estado na Economia
1.1.A eficiência do mercado.
1.2.As falhas de mercado.
1.3.O trade-off entre eficiência e equidade.
1.4.Bens públicos.
1.5.Externalidades.
3.Despesas Públicas
3.1.Tendências
3.2.Avaliação e eficiência
3.3. Análise custo-benefício
4.Receitas Públicas
5.1.Fontes de financiamento
5.2.Eficiência e tributação
5.3.Equidade
5.O Setor Público em Portugal
6.Orçamento do Estado
7.A política Orçamental
8.Sustentabilidade das Finanças Públicas
8.1.Dívida pública
8.2.Equivalência ricardiana
8.3.Aritmética dos défices e da dívida
8.4.A sustentabilidade dinâmica da dívida pública

Objetivos

Assegurar o conhecimento, a capacidade de compreensão e de aplicação de instrumentos da economia e finanças públicas.
Conhecimento dos conceitos e modelos económicos que explicam as causas e as consequências da intervenção do Estado. Capacidade para aplicar e interpretar os métodos e instrumentos da intervenção do Estado na economia.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Habilitar os alunos a identificar os objetos e as metodologias das intervenções públicas, nas suas diferentes formas, bem como avaliar os impactos sobre a afetação de recursos da tributação e da despesa pública.

Metodologias de ensino e avaliação

Os alunos terão a seguinte forma de avaliação contínua:
. Trabalho em grupo a ser apresentado em sala de aula 40%
. Presença em aula. Os alunos terão de estar presentes no mínimo em 75% das aulas
Circulará uma folha de presenças que deverá ser assinada pelos alunos
. Teste a realizar no dia .. de de 2015* 30%
. Teste a realizar no dia .. de de 2016* 30%
*As datas poderão ser alteradas
De acordo com o regulamento de avaliação em vigor na Faculdade de Economia e Gestão, a aprovação na disciplina
implica que o aluno obtenha uma nota final igual ou superior a 10 valores.
Os alunos não poderão utilizar nas avaliações máquinas gráficas e com memória permanente.
Os alunos que não obtenham aprovação em regime de avaliação contínua serão submetidos a exame final, que terá
uma ponderação de 100%.
Não existem exames orais nesta disciplina.

Bibliografia principal

1. Paulo Trigo Pereira et al (2012), Economia e Finanças Públicas, 4ª ed., Escolar Editora, Lisboa.
3. Cullis, J., Philip Jones (2009), Public Finance and Public Choice, 3rd Edition, Oxford University Press.
4. Fernandes, Abel Costa (2010), A Economia das Finanças Públicas, Almedina.
5. Paulo Trigo Pereira et al (2012), Portugal: Dívida Pública e Défice Democrático, FFMS.