Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Engenharia Genética

Disciplina do Curso

Engenharia Biotecnológica

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 60

Código

ULHT37-55

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Tecnologia de DNA recombinante: Enzimas de modificação e de restrição. Vetores de clonagem, plasmídeos, derivados fágicos, cosmídeos, BAC e YAC.
2. Bibliotecas de DNA genómico e cDNA.
3. Análise de Genes Clonados..
4. Sequenciação de DNA.
5. Mutagénese: dirigida, aleatória e knockout de genes.
6. Engenharia de proteínas.
7. Manipulação de DNA e clonagem em microrganismos (bactérias e fungos), plantas e animais.
8. Transferência de genes para as células animais, bacterianas e vegetais.
9. Cultura de tecidos.
10. Sistemas de expressão indutíveis e sistemas recombinantes. Recombinação sítio ¿ específica. Inativação genética.
11. Proteínas terapêuticas recombinantes.
12. Melhoramento de características agronómicas por manipulação genética. Resistência a pestes e doenças; stresses abióticos e aumento da qualidade e produtividade
13. Manipulação genética para estudar, prevenir e curar doenças. Modelos para doenças humanas. Vacinas de DNA. Terapia genética

Objetivos

O objetivo principal da disciplina de Engenharia Genética consiste na familiarização dos estudantes com as ferramentas e técnicas utilizadas na tecnologia do DNA recombinante, através do estudo dos fundamentos e potencial das metodologias, terminologias e aplicações da disciplina.
A Engenharia Genética permite projetar o mundo da investigação biotecnológica para além dos limites da biologia e bioquímica tradicional. O isolamento de genes, a sua sequenciação e o estudo do nível de expressão genética permite que esta tecnologia seja usada para estudar a estrutura, comportamento e atividade dos genes em mais detalhe. Esta tecnologia permite ainda a obtenção de indivíduos melhorados, manipulação de vias metabólicas e síntese de novos produtos.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Componente Teórica - Conhecimento dos métodos e mecanismos de modificação genética usados em Biotecnologia. São exemplos em tecnologia do DNA recombinante o uso vetores e métodos de clonagem em procariotas e eucariotas e a obtenção de animais e plantas geneticamente modificados. Os conhecimentos adquiridos são integrados numa perspetiva atual do papel da Engenharia Genética na medicina e na indústria.
Componente Prática - Construção de uma biblioteca genómica de Lactobacillus plantarum num vector plasmídico, clonagem e expressão de genes, pesquisa de genes por complementação. Análise Bioinformática dos genes isolados.

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas teóricas são lecionadas com recurso a slides em PowerPoint (disponibilizadas aos alunos).
São admitidos a exame teórico os alunos com aprovação na componente prática da cadeira (nota igual ou superior a 10 valores.
A avaliação teórica inclui a realização de duas frequências, a escrita e apresentação de um trabalho de grupo no contexto da matéria lecionada. Os alunos que apresentem média de 10 valores nas duas frequências ficam dispensados de exame. Os alunos com nota superior a 10 valores são aprovados e com nota inferior a 10 valores ficam reprovados.
A avaliação prática inclui: 40% avaliação escrita individual + 30% escrita e apresentação de um artigo elaborado em grupo + 20% apresentação trabalho sob a forma de poster + 10% avaliação contínua.
Nota Final = 50% nota exame teórico (ou média das duas frequências) + 50% nota prática

Bibliografia principal

Principles of Gene Manipulation and Genomics. Primrose, S.B. and Twyman, R.M. Seventh Edition. Blackwell Publishing, (2006), Oxford, UK.
Molecular Cell Biology. Lodish, H., Berk, A., Matsudaira, P., Kaiser, C.A., Krieger, M., Scott, M.P., Zipursky, L., Darnell, J. Fifth Edition. Scientific American Books, (2010), New York, USA.
Engenharia Genética - Princípios e Aplicações. Videira, A. LIDEL -edições técnicas, (2013), Lisboa, Portugal.