Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Imune Engenharia

Curso

Engenharia Biotecnológica

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 52,8

Código

ULHT37-16601

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Esta unidade curricular engloba:
Conceitos básicos e avançados de Imunologia. Conceitos de Engenharia aplicados à Imunoterapia e manipulação das respostas imunes. Nomeadamente, serão abordados os seguintes temas: Células e órgãos do sistema imunitário. Resposta inata e inflamação. Interações Antigénio-Anticorpo;
Processamento e apresentação de antigénios; Citocinas, A resposta imune adaptativa ¿ Imunidade mediada por linfócitos T e B. Defesas do hospedeiro contra a infeção. Falhas no mecanismo de defesa do hospedeiro: Reações de Hipersensibilidade e Autoimunidade. Transplantação; Imunologia Tumoral.
Manipulação das respostas imunes:Vacinas e outras imunoterapias. Vectores e estratégias de entrega de fármacos.

Objetivos

Dotar os alunos de conhecimentos acerca dos constituintes do sistema imune e de como a Engenharia pode ser aplicada nesta área. Nomeadamente, serão lecionadas abordagens usadas em certas áreas da Engenharia e investigação translacional em Imunologia. Esta nova área integra conceitos de ambas as componentes para estudar determinadas doenças e contribuir para o desenvolvimento de terapêuticas inovadoras. Esta é uma área de investigação muito recente, mas já com rápidos desenvolvimento que tem servido de base para um grande número de empresas que apostam no impacto clínico e comercial.Os alunos irão aprofundar os conhecimentos relativos aos mecanismos de resposta do sistema imune normal ou alterada, por ex. no contexto de infeções,transplantes e tumores, e de como esta resposta pode ser manipulada. Nas aulas práticas terão oportunidade de praticar "hands-on" várias técnicas usadas na clínica e investigação em imunologia, como por ex. cultura, manutenção e estudos de activação celular.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

No final desta UC os alunos deverão ser capazes de identificar e correlacionar os vários eventos da resposta imunitária como mecanismos de defesa do organismo contra ameaças. Os alunos deverão ter perceção dos mecanismos imunitários envolvidos no reconhecimento do próprio/não próprio, os mecanismo indutores de patologia bem como a forma como a resposta imunitária pode ser modulada através de técnicas de engenharia.
Pretende-se que os alunos compreendam a dinâmica dos conhecimentos contidos numa ciência de desenvolvimento rápido que se integra em todas outras ciências biomédicas.

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas teóricas serão lecionadas com recurso a power-point (disponibilizadas aos alunos). As aulas práticas seguem protocolos laboratoriais utilizados actualmente na investigação e na prática clínica, bem como a discussão de case-studies.
Teórica: Duas frequências - 7 de Novembro e 9 de Janeiro (média de 10 ou superior para dispensa de exame) (50% nota final) ou Exame final (50% da nota final)
Prática: 1 teste prático (60%) - Dia 9 de Janeiro; Apresentação de um case study (20%); Avaliação contínua e relatórios (20%) -50% da nota final

Bibliografia principal

-Janeway, C.A., Travers, P., et al., 2005. ImmunoBiology¿The immune system in Health and Disease. 6 Ed., Garland Publishing Inc., NY, EUA
-Roitt, I.M., Delves, P.J. 2006. Roitt`s Essential Immunology. 11 Ed., Blackwell Publishing, Oxford, UK.
-Kindt, T.J., Goldsby, R.A., et al. 2007.Immunology. 6 Ed., W. H. Freeman Publishers, NY, EUA.
-Lydyard, P., Whelan, A., et al. 2005. Instant Notes in Immunology. 2 Ed., Routledge, Oxford, UK.
-Abul K. Abbas, Andrew H. Lichtman, Jordan S. Pober. 2000. Cellular and Molecular Immunology. 4 Ed. W B --Saunders Co. William E. Paul (Editor). 1998. Fundamental Immunology. Hardcover 4 Ed. Lippincott Williams & Wilkins Publishers.
-Lauren M. Sompayrac. 1999. How the Immune System Works. 1 Ed. Blackwell Science Inc.
-Melody A. Swartz, Sachiko Hirosue and Jeffrey A. Hubbell. 2012. Immunoengineering - Engineering Approaches to Immunotherapy. Sci Transl Med: 4(148):148rv9.