Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Hidrologia e Hidráulica Sanitária

Curso

Engenharia Civil

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

104 | 45

Código

ULHT30-7685

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

COMPONENTE DE HIDROLOGIA
1. O CICLO HIDROLÓGICO
2. A BACIA HIDROGRÁFICA
3. PRECIPITAÇÃO
4. PROCESSO E FACTORES DO ESCOAMENTO
5. ESCOAMENTO DE SUPERFÍCIE
COMPONENTE DE HIDRÁULICA SANITÁRIA
1. ADUÇÃO DE ÁGUA
2. REDES DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA
3. DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS
4. DRENAGEM DE ÁGUAS RESIDUAIS DOMÉSTICAS

Objetivos

É esperado que o aluno, após obter aproveitamento na unidade curricular, seja capaz , na vertente da Hidrologia ,de (i) traçar bacias hidrográficas; (ii) calcular precipitações mensais, anuais e determinar curvas de possibilidade udométrica e calcular precipitações associadas a anos característicos tendo por base leis estatísticas; (iii) calcular escoamentos mensais e anual e estabelecer a relação com a precipitação homóloga e (iv) calcular caudais de cheia associados a diferentes períodos de retorno tendo por base fórmulas empíricas cinemáticas; e na vertente da Hidráulica Sanitária de (i) resolver problemas associados à conceção e dimensionamento de sistemas de adução; (ii) resolver problemas associados à conceção e dimensionamento de sistemas de abastecimento de água; (iii) resolver problemas associados à conceção e dimensionamento de sistemas de drenagem de águas residuais e (iv) resolver problemas associados à conceção e dimensionamento de sistemas elevatórios.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

A UC tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento das seguintes competências transversais e genéricas: capacidade de utilização de técnicas matemáticas e computacionais; conhecer os conceitos, princípios e leis fundamentais na área da mecânica dos fluidos; capacidade de aplicação de conhecimentos e de resolução e de adaptação a novas situações.
A UC tem por objetivo garantir a aquisição dos conceitos, princípios e leis fundamentais para o estudo e análise de bacias hidrográficas, no que diz respeito à avaliação dos recursos hídricos em regime natural, incluindo o cálculo das precipitações, escoamentos e caudais de cheia e garantir a aquisição dos conceitos, princípios e leis fundamentais para a conceção e dimensionamento de sistemas complexos de condutas em pressão, incluindo redes de adução, redes de distribuição de água; sistemas de drenagem; sistemas elevatórios e, de sistemas de coletores em superfície livre no que diz respeito a águas residuais domésticas e pluviais.

Metodologias de ensino e avaliação

Os alunos podem optar entre duas modalidades de avaliação (descritas mais adiante). Na primeira modalidade de avaliação, a nota final é a soma das notas de Frequência/Exame e do Trabalho Prático.
Caracterização da Modalidade de Avaliação 1:
* O aluno é avaliado por exame escrito, no final do período letivo (frequência e/ou exame de 1ª época) e pelos trabalhos práticos;
* A frequência e/ou Exame de 1ª época, com um peso de 60%, é cotado para 20 valores, sendo constituído por parte teórica e parte prática
* Os trabalhos práticos são cotados para 20 valores cada um, contribuindo a média dos três, com um peso de 40% na nota final
Caracterização da Modalidade de Avaliação 2:
O aluno pode dispensar a realização dos trabalhos práticos desde que faça o exame em 2ª época.
* O Exame de 2ª época, com um peso de 100%, é cotado para 20 valores, sendo constituído por parte teórica e parte prática.

Bibliografia principal

* Lições de Hidrologia . Lencastre, A. ; Melo Franco, F. (1984)
* Hidráulica. A. Carvalho Quintela. Fundação Calouste Gulbenkian.
* Apontamentos da disciplina de Hidrologia.
* http://snirh.pt/
* Folhas da disciplina de Hidráulica Sanitária
* Decreto Lei nº 23/95
* Hidráulica. A. Carvalho Quintela. Fundação Calouste Gulbenkian.
* Manual de Saneamento básico, MARN - DGRN.