Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Ciências do Solo

Curso

Engenharia do Ambiente

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 60

Código

ULHT39-1029

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

TEÓRICA
1 A importância do estudo dos solos
2.Origem dos solos (meteorização Física, Química)
3.Factores de formação dos solos (Rocha mãe, Organismos, Tempo, Clima, Topografia)
4.Solos Residuais versus Transportados
5.Conceito de Solo
6.Tipos de solos (Classificações, Cartas de Solos, RAN)
7.Componentes dos solos (fase sólida, líquida e gasosa)
8.Propriedades dos solos (Físicas e Químicas)
PRÁTICA
Iniciação à utilização do software excel.
Métodos e equipamentos de amostragem de solos (amostras superficiais e em profundidade.
Preparação e realização de uma campanha de campo.
Análises laboratoriais (caracterização textural e composicional dos solos recolhidos): teor de humidade, de CaCO3, de matéria orgânica, pH, % fracção grosseira, granulometria da fracção grosseira (peneiração) e da fina (pipetagem-Lei de Stokes), descrição mineralógica da fase sólida (lupa binocular).
Interpretação dos resultados de campo e analíticos.
Apresentação oral dos resultados (apresentação oral ou poster)

Objetivos

Entender/valorizar a importância do solo como elemento fundamental para a sobrevivência da nossa espécie.
Aprender os processos que procedem à meteorização das rochas e ao desenvol. dos solos.Compreender o papel dos factores forçadores do solo.
Conhecer a diferença entre solos autóctones (in situ) e alóctones (transportados).
Compreender o conceito de solo e perfil de solo.
Conhecer as diferentes classificações do solo (nacionais e internacionais ¿ SROA, FAO, WBR).
Valorizar a definição da Reserva Agrícola Nacional como elemento jurídico na proteção dos solos com potencial agrícola.
Aprender as diferentes fases do solo.
Conhecer as diferentes propriedades do solo.
Aprender a preparar e executar uma campanha de amostragem.
Aprender noções de métodos de amostragem no terreno
Familiarizar-se com métodos analíticos utilizados na determinação de algumas características texturais e composicionais dos solos. Aprender a trabalhar com folha de cálculo (excel). Ser capaz de trabalhar em equipa

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Compreender a importância do solo e a interdependência da sua qualidade com o uso que dele fazemos.
Identificar os processos de meteorização que afectam o material geológico original conduzindo à formação do solo.
Reconhecer um solo in situ e um solo transportado.
Reconhecer e descrever um perfil de solo.
Relacionar as diferentes propriedades (físicas e químicas) do solo, com as características dos mesmos.
Desenvolver competências de preparação de campanhas de amostragem, com escolha dos equipamento adequados ao local e ao tipo de solo a recolher.
Executar diferentes métodos analíticos e ter sentido crítico face aos resultados esperados e obtidos.
Interpretar os resultados laboratoriais obtidos e ser capaz de relacionar resultados de vários ensaios.
Construir, em excel, tabelas e gráficos ilustrativos dos resultados obtidos para apresentação em relatórios técnicos ou apresentações orais.
Desenvolver competências de trabalho em equipa.

Metodologias de ensino e avaliação

TEÓRICA
Maioritariamente componente expositiva sempre que possível ilustrada com imagens (fotografias ou amostras) de contextos reais (internacionais e nacionais), promovendo-se o debate dos conceitos. Promove-se a participação em palestras e a discussão de artigos/notícias recentes sobre a temática.
PRÁTICA
Saída de campo - observação solos (in situ e transportados), onde os alunos se familiarizam com as malhas e técnicas de amostragem, para recolha de amostras.
Aula laboratoriais-determinação analítica de vários parâmetros.
Aulas de iniciação ao excel-tratamento dos resultados.
Avaliação:Classificação final: T(60%)+P(40%). Aprovado com classif. >=10 val.
AVALIAÇÃO CONTÍNUA:
T(60%) - dois testes realizados ao longo do semestre.
P(40%) - ¼ atitude em laboratório, ¾ trabalho de grupo com apresentação dos resultados analíticos.
Aprovação com média de todos os elementos >=10 val.
EXAME: Exame T(60%) e P(40%) (nota da apresentação oral) com aprovação para nota >=10 Val

Bibliografia principal

Baize, D. (1988)- Soil Sciences Analyses.A guide to current use. John Wiley & Sons, 192p.
Brady, C. (1979)-Natureza e Propriedade dos solos. 5ª edição,Livraria Freitas Bastos S.A., 647p.
Weil, R.R. & Brady, N.C. (2008) -The Nature and Properties of Soils.14th ed. Prentice-Hall Inc., New Jersey.
Cerqueira, J. (2001) - Solos e clima em Portugal. Clássica Editora, 2ª edição, 164 p.
Costa, J.B. (1999)-Caracterização e Constituição do Solo. Fund. Cal. Gulbenkian. 4ª ed., 527p.
FitzPatrick, E.A. (1983)-Soils, their formation, classification and distribution. Longman Scientific & Technical, 353p.
Varennes, A. (2003)-Produtividade dos solos e ambiente. Escolar Editora. 490 p.
National Soil Survey Center-Natural Resources Conservation Service-U.S. Department of AgricultureField (2002) - Book for Describing and Sampling Soils.(disponível em http://soils.usda.gov/technical/fieldbook/)
Websites:
http://www.spcs.pt
http://soils.usda.gov/technical/lmm
http://soil.gsfc.nasa.gov/basics.htm