Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Introdução à Engenharia do Ambiente

Curso

Engenharia do Ambiente

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 30

Código

ULHT39-10487

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Bases fundamentais para a Engenharia do Ambiente. O papel do Eng. do Ambiente na sociedade. Fontes de informação (nacionais/internacionais) sobre Ambiente.
2. Dinâmica das populações e o problema da escassez dos recursos. O crescimento das populações e a gestão dos recursos (renováveis e não renováveis). Exemplos do passado e do presente.
3. Degradação ambiental (qualidade ambiental e poluição). Componentes do meio ambiente e o valor do ambiente. Conceitos de contaminação, poluição. Exemplos nacionais e internacionais de locais contaminados e impactos no ambiente. Variabilidade climática e Alterações Climáticas. Evolução da variação do Nível Médio do Mar e suas consequências. Introdução à química ambiental: exercícios e exemplos de contaminação (poluição natural versus antrópica). Contaminação da água, do solo e do ar.
4. O futuro sustentável (tecnologias de Eng. Ambiente e Gestão Ambiental).
Legislação ambiental. Controlo da poluição e exemplos de remediação em Portugal.

Objetivos

Conhecer/valorizar o papel do Eng. Ambiente, numa sociedade que se pretende sustentável, como técnico especialista na identificação dos problemas ambientais, com capacidade de propor e implementar soluções com monitorização posterior.
Instruir os estudantes sobre os vários aspectos e matérias relacionadas com os sistemas ambientais e a poluição ambiental, dotando-os das bases científicas e técnicas necessárias para a compreensão e análise das questões e problemas envolvidos.
Conhecer o conceito de recurso natural renovável e não renovável.
Conhecer os principais tipos de poluição e actividades promotoras de degradação ambiental (ex: nacionais e internacionais), bem como as estratégias conducentes à sustentabilidade através de medidas que visem a promoção do bem-estar humano e a salvaguarda do ambiente.
Adquirir linguagem técnica específica destes especialistas e transversal a outros profissionais.
Adquirir autonomia na procura de documentação (livros, páginas web, legislação,¿)

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Compreender o contexto histórico-cultural e económico do desenvolvimento da Engenharia do Ambiente e da ideia de sustentabilidade ambiental.
Compreender a necessidade de exploração sustentável dos recursos naturais renováveis/não renováveis.
Compreender a necessidade de crescimento populacional em equilíbrio com os recursos disponíveis.
Compreender os impactos da actividade antrópica nos vários sistemas ambientais e relacioná-los com as temáticas das alterações climáticas,a subida do Nível Médio do Mar e a exploração de recursos geológicos.
Conhecer conceitos básicos da química ambiental.
Conhecer os principais conceitos e problemas da gestão dos recursos naturais.
Conhecer exemplos de mitigação em locais com problemas ambientais.
Fazer 1 introdução aos grandes princípios e linhas orientadoras da política ambiental da UE,bem como a principal legislação ambiental em vigor.
Desenvolver competências de independência na procura de informação.
Desenvolver competências de trabalho em equipa

Metodologias de ensino e avaliação

A UC inclui aulas seguindo uma metodologia expositiva-interactiva na apresentação e discussão dos temas propostos, sempre que possível acompanhada de exemplos concretos (internacionais e nacionais), promovendo-se o debate dos conceitos e a correcção de todos os exercícios durante a aula. Promove-se a leitura/discussão de artigos de opinião, de vídeos ou outros materiais.
Promove-se a participação em fóruns, seminários ou saídas técnicas com o objectivo de complementar e interrelacionar os conhecimentos adquiridos.
Promove-se a interligação com um Eng. Ambiente exercendo actividade na área para integração dos alunos no mundo da Engenharia do Ambiente.
AVALIAÇÃO CONTÍNUA:
10% Clareza e o rigor no uso das expressões oral e escrita, a assiduidade e a participação dos alunos nas aulas e nos exercícios propostos.
30% Entrevista a um Engenheiro do Ambiente
60% Média de dois testes realizados ao longo do semestre
Aprovação com média de todos os elementos >=10 val
EXAME:Aprovação para nota >=10

Bibliografia principal

Allaby, M. (2000) - Basics of Environmental Science (2nd Ed.). London and New York: Routledge.
Lee, C. C. e Lin, S. D. (2007) - Handbook of Environmental Engineering Calculations (2nd Ed.). McGraw-Hill Comp.
Kaushic, C.P. et al. (2010) - Basic civil and environmental engineering. New Delhi: New Age International.
Kiely, G. (1999). Ingenieria Ambiental. MC Graw Hill.
Masters, G.M. & Ela, W. (2014). Introduction to Environmental Engineering and¿ (Kindle Edition).
Moeller, D. W. (2004). Environmental Health (3rd Ed.). Harvard: Harvard University Press.
Lawrence K. Wang, Norman C. Pereira and Yung-Tse Hung (2005). Handbook of Environmental Engineering (Vários Vols.). New Jersey: Humana Press.
Outros conteúdos fornecidos pelo docente, actualizados e disponibilizados aos alunos, sob a forma de apontamentos, slides e enunciados de exercícios, no sistema Moodle ULHT.