Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Sistemas Operativos

Curso

Engenharia Eletrotécnica

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

168 | 75

Código

ULHT46-2-6305

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Objetivos e Evolução Histórica dos SO
2. Arquitetura de um Computador
3. Arquitetura de um Sistema Operativo
4. Noção de Concorrência e Pseudo-paralelismo
5. Sincronização entre Processos
5.1 Cooperação
5.2 Acesso concorrente a dados partilhados
5.3 Secções críticas e exclusão mútua
6. Gestão de Processos
6.1 Multiplexagem do processador
6.2 Escalonamento
6.3 Interrupções
6.4 Despacho
7. Comunicação entre Processos
7.1 Sockets
7.2 Memória Partilhada
7.3 Caixas de Correio
8. Gestão de Memória
8.1 Endereçamento Real
8.2 Endereçamento Virtual
8.3 Algoritmos
9. Gestão de Entradas/saídas
9.1 Hardware de E/S
9.2 Subsistema de E/S
10. Sistemas de Ficheiros
10.1 Conceitos básicos
10.2 Estrutura
10.3 Métodos de alocação
10.4 Dispositivos de armazenamento
11. Sistemas operativos de referência
12. Sistemas operativos para sistemas integrados

Objetivos

Esta UC tem como objetivos permitir a familiarização com os conceitos básicos dos sistemas operativos, mecanismos utilizados e implementações mais comuns.
As principais áreas a abordar centram-se no suporte dos sistemas operativos à execução concorrente (processos e threads) e sincronização, gestão de recursos (CPU, memória e entradas/saídas) e comunicação entre processos.
Na componente prática, a UC centrar-se-á na programação concorrente e na comunicação entre processos.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Após a conclusão desta UC o aluno deve:
- Entender o que é um sistema operativo e quais os seus objetivos;
- Perceber quis os principais desafios que se colocam na implementação de um sistema operativo e estar familiarizado com os mecanismos e algoritmos tipicamente utilizados;
- Perceber as limitações impostas pela utilização exclusiva das bibliotecas de funções oferecidas pelas linguagens de programação;
- Ser capaz de programar aplicações que utilizem serviços oferecidos pelo sistema operativo Windows;
- Perceber o que são aplicações multi-programadas e ser capaz de resolver problemas básicos de concorrência;
- Entender os requisitos de um sistema operativo para sistemas integrados e as diferenças que estes possuem de um sistema operativo tradicional do tipo desktop;
- Estar familiarizado com a estrutura básica dos sistemas operativos de referência.

Metodologias de ensino e avaliação

A metodologia de ensino utilizada baseia-se em aulas teóricas, nas quais são expostos
os temas a abordar, aulas teórico-práticas para discussão de questões colocadas pelos
alunos, realização de exercícios e exemplos, e laboratórios onde os alunos realizam
trabalhos práticos sobre alguns dos conceitos abordados.
Os trabalhos práticos são realizados em grupo e a frequência dos laboratórios é
considerada obrigatória. A avaliação possui uma componente prática resultante da realização dos trabalhos práticos, questionários e também da avaliação presencial nos laboratórios, e uma componente teórica que se baseia num exame final.
Os alunos devem ter, obrigatoriamente, aproveitamento em cada uma das componentes
prática e teórica da avaliação, sendo as notas mínimas de 10 e 9 valores.
A nota final será calculada::Nota Final = (Nota Prática + Nota Teórica)/2
A aprovação na disciplina será feita nos termos do Regulamento das UC´s com Forte Componente Laboratorial, da Faculdade de Engenharia,

Bibliografia principal

Silberschatz, A., Galvin, P., e Gagne, G., (2012), Operating System Concepts, Ninth Edition, John Wiley and Sons.

Marques, J. A., Ferreira, P., Ribeiro, C., Veiga, L., Rodrigues, R., (2012), Sistemas Operativos. 2ª Edição, FCA.

A. Tanenbaum, H. Bos, (2014), Modern Operating Systems, 4th Edition, Pearson.