Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Fundamentos de Física

Curso

Engenharia Informática

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

168 | 60

Código

ULHT260-7336

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

"O programa desta unidade curricular está organizado nos seguintes capítulos:
1 ¿ Introdução à Física: exemplos de modelos simples da realidade.
2 ¿ Grandezas, dimensões e unidades.
3 ¿ Movimento a uma dimensão.
4 ¿ Movimento a duas e três dimensões.
5 ¿ Movimento dos projécteis e Movimento curvilíneo.
6 ¿ Leis de Newton.
7 ¿ Forças de atrito e aplicações das leis de Newton.
8 ¿ Momentos de forças.
9 ¿ Trabalho e energia.
10 ¿ Conversão de energia.
11 ¿ Momento linear.
12 ¿ Rotação e momento angular.
13 ¿ Gravitação e Campos de Forças.
14 ¿ Introdução ao Eletromagnetismo.
15 ¿ Elementos de Oscilações, Ondas e Óptica.
16 ¿ Elementos de Hidrostática, Hidrodinâmica e Termodinâmica.
17 ¿ Aplicações da Física às Ciências Informáticas, Físicos notáveis e análise de artigos científicos."

Objetivos

"São objectivos desta unidade curricular:
(i) a familiarização com o vocabulário elementar e rigoroso da Física¿
(ii) a obtenção dos conhecimentos fundamentais para a compreensão da fenomenologia de Física¿
(iii) a interpretação de informação apresentada de forma gráfica¿
(iv) o desenvolvimento das capacidades de análise dos fenómenos físicos, recorrendo ao estudo de aplicações específicas e a simulações computacionais¿
(v) a resolução de forma criativa mas rigorosa, individual e/ou em grupo, de exercícios e na comunicação oral e escrita dos resultados.
São ainda exploradas aplicações à Engenharia Informática, nomeadamente nos trabalhos de avaliação realizados."

Metodologias de ensino e avaliação

"A metodologia de ensino baseia-se em aulas teóricas e aulas práticas. Nas aulas teóricas os assuntos são introduzidos recorrendo à projecção de slides disponibilizados previamente. Nas aulas práticas são resolvidas fichas de trabalho, na primeira parte da aula pelo docente, na segunda parte pelos discentes.
A avaliação contínua é constituída pelas seguintes componentes:
(i) São realizados 2 testes (T1 e T2). Estes testes serão marcados no início do semestre com os alunos.
(ii) É realizado um trabalho em grupo (TG).
(iii) Duas frequências (F1 e F2). Estas provas serão marcadas no início do semestre com os alunos.
Nota da Avaliação Contínua (AC)
AC= 0.35 F1+0.35 F2 + 0.15 TG + 0.05 T1+0.1 T2
Os alunos que tenham obtido notas finais iguais ou superiores a 16 valores, terão que defender a nota em prova oral. Caso os alunos optem por não realizar esta prova, a sua nota final será de 15 valores. O aluno poderá obter a aprovação à unidade curricular por exame final."

Bibliografia principal

"[1] Serway, R. A. & Jewett. J. W. (2014) Physics for Scientists and Engineers with Modern Physics, 9th Ed., Sauders.
[2] Tipler, P.A. & Mosca, G. (2007) Physics for Scientists and Engineers, 6th Ed., W.H. Freeman.
[3] Marques, J.M.G. (2016) Introdução à Física ¿ Volume 1 ¿ Mecânica com aplicações às ciências Aeronáuticas e Informáticas, Universidade Lusófona.
[4] Marques, J.M.G. (2016) Introdução à Física ¿ Volume 2 ¿ Elementos de eletromagnetismo com aplicações às ciências Informáticas, Universidade Lusófona.
[5] Hickman, J. B. (2002) Exercises in Physics, Prentice-Hall.
[6] Almeida, G. (1997) Sistema Internacional de Unidades (SI). 2ª Edição, Plátano Edições Técnicas.
[7] Costa, A. (2003) Erros e Algarismos Significativos, Gazeta da Física, Vol. 26 (4), 4-10.
[8] Chapman, S.J. (2003) Programação em MatLab para Engenheiros, Thomson.
[9] Feynman, R.P. (1988) Está a brincar, Sr. Feynman?, Gradiva.
[10] Fiolhais, C. (1991) Física divertida. Gradiva."