Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Introdução aos Estudos de Segurança

Curso

Estudos de Segurança

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

150 | 45

Código

ULHT724-10191

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

(1) Aproximação conceptual: perspetiva histórica, perspetiva psicológica, perspetiva sociológica, perspetiva de
gestão, perspetiva funcional, perspetiva normativa e descritiva e perspetiva jurídica; (2) Conceitos de Segurança
Nacional, Segurança Interna e Segurança Privada; (3) Segurança no quadro organizacional: abordagem anglosaxónica
vs abordagem portuguesa, em termos dos conceitos de Safety e de Security; (4) Algumas definições de
segurança; conceito operacional de segurança; (5) Terminologia e principais definições associadas ao conceito de
segurança: ameaça (e os seus principais vetores de penetração), vulnerabilidades, criticidade, impacto, perigo e risco;
(6) Pressupostos da função Segurança; (7) Sistema Integrado de Segurança (um modelo explicativo) e as respetivas
fases do modelo: a definição, o planeamento (análise e avaliação) e o desenho/implementação do sistema; (8)
Explicação dos principais elementos que integram o modelo. (9) Os custos da segurança.

Objetivos

Com esta unidade curricular pretende-se habilitar os alunos com o enquadramento conceptual necessário à correta
problematização do conceito de segurança numa perspetiva global (macro e micro), bem como ministrar os
fundamentos doutrinários e conceptuais essenciais à teorização e prática das mais diversas áreas funcionais da
segurança em termos organizacionais, e de modo a sustentar a sua aprendizagem específica ao longo do plano
curricular do curso.

Metodologias de ensino e avaliação

Para além da exposição teórica dos conteúdos, serão realizados exercícios práticos visando aumentar a
compreensão e aprofundamento dos conhecimentos teóricos, permitindo, igualmente, um espaço de discussão e
interação entre os alunos.
A avaliação terá um caráter contínuo assente na participação e na interação manifestada pelos alunos em contexto
de aula, bem como na realização de provas de avaliação de conhecimentos teóricos, bem como exercícios de
resolução de casos práticos.

Bibliografia principal

Alves, A.C. (2010). Introdução à Segurança. Lisboa: Guarda Nacional Republicana.
Brislin, R.F. (1998). The Effective Security Officer¿s Training Manual. 6th ed. Oxford: Butterworth-Heinemann.
Fisher, R.J.; Halibozek, E.; Green, G. (2008). Introduction to Security. Oxford: Butterworth-Heinemann.
Post, R.S.; Kingsbury, A.A. (1991). Security Administration: An Introduction. Oxford: Butterworth-Heinemann.
Purpura, P.P. (2003). The Security Handbook. 2nd ed. Oxford: Butterworth-Heinemann.
Purpura, P.P. (2013). Security Loss Prevention: An Introduction. 6th ed. Oxford: Butterworth- Heinemann.
Sennewald, C.A. (2011). Effective Security Management. 5th ed. Maryland Heights, MO: Elsevier.
Instruções para a Segurança Nacional ¿ Salvaguarda e Defesa de Matérias Classificadas (SEGNAC1), 1988.
Normas para a Segurança Nacional, Salvaguarda e Defesa das Matérias Classificadas, Segurança Industrial,
Tecnológica e de Investigação (SEGNAC 2), 1989;