Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Ética SocioProfissional

Curso

Informática de Gestão

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

112 | 45

Código

ULHT12-7342

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

(Os presentes Conteúdos seguem recomendações da ACM e IEEE-CS.)
Conceitos:
Etica vs Moral. Ética SocioProfissional. CiberÉtica.
Responsabilidade Social e Profissional.
Globalização; Sustentabilidade; Green Computing.
Propriedade Intelectual e Industrial
Relevant International Professional Associations :
IEEE, ACM, AIS, AITP.
Associações Europeias, Portuguesas e da UE.
Autoridades Nacionais ou Associações Profissionais :
CNPD ¿ Comissão Nacional de Proteção de Dados.
OE ¿ Ordem dos Engenheiros.
FCCN [& DNS] ¿ Fundação para a Computação Científica Nacional
APSI ¿ Associação Portuguesa de Sistemas de Informação.
ASSOFT ¿ Associação Portuguesa de Software
Legislação Internacional e Nacional relevante :
SOPA, PIPA ; outros elementos legislativos dos EUA
Legislação europeia de Informática.
Tópicos e Estudos de Caso a trabalhar em aulas práticas:
LAS, Therac-25, Hughes AirCraft, Citius,...
Wikileaks ; Anonymous; Apple vs Samsung vs Microsoff

Objetivos

Os objetivos, planeamento, conteúdos e metodologia desta UC de Ética Sócio-Profissional, seguem as recomendações conjuntas da ACM e do IEEE-Computer Society.
¿ Assim, os estudantes de Ética Sócio-Profissional são esperados saber:
¿ Identificar estádios progressivos em irregularidades e más práticas profissionais (whistleblowing);
¿ Especificar as forças e fraquezas dos códigos profissionais como expressões do profissionalismo e guias para as boas tomadas de decisão
¿ Identificar temas éticos sugidos nos meios de desenvolvimento de software e determinar como os tratar técnica e eticamente
¿ Saber desenvolver uma política de utilização de computadores com medidas de bom cumprimento profissional
¿ Saber analisar temas informáticos, sabendo observar os papeis profissionais e as politicas governamentais com relevância para o problema
¿ Saber avaliar os códigos de ética profissionai originários da ACM, do IEEE (Computer Society) e das demais instituições relevantes

Metodologias de ensino e avaliação

A metodogia é um mix de abordagens teóricas, normativas e de práticas laboratoriais no sentido de explorar estudos de casos relevantes nos planos internacionais e nacionais, na linha estrita de cumprimentos das recomendações da ACM e do IEEE Computer Society
Os trabalhos e estudos são individuais e em grupo, garantindo um exercício de boas práticas profissionais

Bibliografia principal

McFarland, Michael C. (1999) Intellectual Property, Information, and the Common Good, in org. R Spinello e H Tavani, Readings in Cyberethics. Massachusetts: J & B Publishers, 2004, pp. 294-304.

IEEE (1990) IEEE Code of ethics, http://www.ieee.org/portal/index.jsp?pageID=corp_level1&path=about/whatis&fi e=code.xml&xsl=generic.xsl

IEEE-CS/ACM joint task force on Software Engineering Ethics and Professional Practices (1999) SOFTWARE ENGINEERING CODE OF ETHICS AND PROFESSIONAL PRACTICE, http://www.computer.org/tab/seprof/code.htm
Messerly, Dr. J G., Why Should Computer Science Majors Take A Computer Ethics Course?, http://www.cs.utexas.edu/users/messerly/349/Reflection.htm

Ordem dos Engenheiros (1992) Código deontológico, http://www.ordeng.pt/html/destaque/etica/c_coddeontologico.html

Revision of the ACM Code of Ethics and Professional Conduct (1992) ACM Code of Ethics and Professional Conduct, http://www.acm.org/constitution/code.html