Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Metodologia de Investigação Social

Curso

Serviço Social

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 52

Código

ULHT119-14060

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Antecedentes históricos e temas contemporâneos de pesquisa social;
2.Abordagem científica na produção de conhecimento com vista à prática do Serviço Social, incluindo a formulação de problemas, desenvolvimento de estratégias de intervenção e avaliação;
3.Padrões éticos da investigação e da acção social;
4. Lógica e processo da investigação científica;
5. Técnicas qualitativas de recolha e análise dos dados;
6. Elaboração de relatórios.

Objetivos

Familiarizar os estudantes com os principais paradigmas da investigação social;
Caracterizar a lógica e o processo da investigação científica;
Fornecer os elementos fundamentais para a elaboração de um projecto científico;
Familiarizar os estudantes com as técnicas de investigação Social, nomeadamente a mais utilizadas em Serviço Social e criar as respectivas competências.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Pretende-se dotar os alunos de conhecimentos fundamentais, teóricos e práticos, que permitam a utilização de técnicas (especialmente qualitativas) de recolha de análise de dados sociais.

Metodologias de ensino e avaliação

A avaliação é contínua e assenta na apresentação e discussão em aula dos diversos temas constantes do conteúdo programático. Terão lugar exercícios práticos e trabalhos de grupo sobre as principais técnicas de pesquisa, correspondendo a 25% da nota final; a presença e a participação em aula correspondem a 15% da nota final; sendo que o teste de avaliação de conhecimentos corresponde a 60% da nota final.

Bibliografia principal

ALBARELLO, Luc et al. (1997). Práticas e Métodos de investigação em Ciências Sociais. Lisboa: Gradiva.
CEIA, Carlos (1997), Normas para apresentação de trabalhos científicos, Lisboa, Presença
FODDY, William (1996), Como perguntar. Teoria e prática da construção de perguntas para entrevistas e questionários, Oeiras, Celta
FORTIN, Marie Fabienne (2003), O Processo de Investigação: da Concepção à Realização, 3ª ed, Loures: Lusociência.
GHIGLIONE e MATALON (1992), O inquérito - teoria e prática, Oeiras, Celta
BELL, Judith (1997), Como realizar um projecto de investigação, Lisboa, Gradiva
SANTOS SILVA e MADUREIRA PINTO (org), (1986), Metodologia das Ciências Sociais, Porto, Edições Afrontamento
MOREIRA, C. D. (2007) Teoria e Prática da Investigação Social, Universidade Técnica Lisboa
POIRIER, CHAPIER e VALA DON (1995), Histórias de vida - teoria e prática, Oeiras, Celta
QUIVY e CAMPENHOUDT (2003), Manual de investigação em Ciências Sociais, 3ed, Lisboa, Gradiva.