Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Políticas Sociais I

Curso

Serviço Social

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 48,5

Código

ULHT119-13467

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Problematização da noção de Política Social.
-Políticas, bem estar, necessidades humanas e direitos sociais
-Principios e valores: Igualdade, equidade, justiça social.

2. Formação do Estado Providência: o modelo bismarkiano e o modelo beveridgiano.
- O estado providencia do pós-guerra.
- Os modelos de estado: conservador, liberal, democrático e do sul da europa.

3. O modelo social europeu, coesão e ativação.
4. Debates atuais das políticas sociais
5. As crises e a reconfiguração do estado providência.

Objetivos

- Conhecer as principais concepções de Política Social, as críticas e o debate actual.
- Compreender a construção e o desenvolvimento do estado providência e os modelos em presença.
- Adquirir instrumentos de análise que permitam entender as Políticas Sociais como um mecanismo dinâmico de intervenção na garantia de direitos.
- Aprender a caracterizar as principais concepções de Política Social tendo presente a transformações e dinâmicas económicas e sociais

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

- Capacidade de dominar conceitos e noções básicos para a compreensão da disciplina na sua evolução histórica.
- Capacidade de percepcionar os valores e princípios inerentes à constituição do Estado Providência e respetivas politicas.
- Capacidade de identificar as diferenças e suas razões entre os modelos de Estado Providência europeus.
- Capacidade de adquirir espírito crítico/reflexivo sobre as políticas sociais.

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas teórico-práticas interativas com registo de frequência seguindo o programa da UC. Apresentação de trabalhos de grupo, destinados a aprofundar temas do programa, com auxílio de novas tecnologias e com particular atenção no desenvolvimento da oralidade e regras de apresentação de trabalhos. Prática de debates, painéis temáticos, simulações como fonte de aprendizagem de argumentação e oralidade. A avaliação será contínua, valorizando a assiduidade, pontualidade e participação dos estudantes na dinâmica processada em aula. Avaliação ContínuaPresenças total de 75%
1-Trabalho de grupo (com base em textos da sebenta, pesquisas, entrevistas) em Power Point ou outra forma: 6 valores = 30%. Os elementos do grupo serão avaliados individualmente de acordo com o domínio dos conteúdos do trabalho. 2-Apresentação oral individual do trabalho de grupo: 4 valores = 20% 3-Teste individual escrito: 6 valores = 30%.4-Assiduidade, pontualidade e participação = 4 valores =20%.Aprovação:10 val.ou mais.

Bibliografia principal

Behring, Elaine e Boschetti Ivanete (2008). Política Social, fundamentos e história, 4ª. ed., São Paulo: Cortez.
Carmo, Hermano (2011). Teoria da política social. Lisboa: ISCSP.
Ferrera, Maurízio et. al (2000),O Futuro da Europa Social, Oeiras: Celta.
Mishra, Ramesh (2000). Estado Providência na Sociedade Capitalista. Oeiras: Celta
Rosanvalon, Pierre. ( 1991), A Crise do Estado Providência, 2ªed. Lisboa: Inquérito.
Santos, Boaventura de Sousa e Ferreira, Sílvia (2002), A Reforma do Estado-Providência entre Globalizações conflituantes in Hespanha e Carapinheiro (orgs.), Risco Social e incerteza, Pode o Estado Social Recuar Mais Porto: Afrontamento, p. 177-225
Silva, Pedro Adão et al., (2002). O Modelo de Welfare da Europa do Sul Reflexões Sobre a Utilidade do Conceito. In Sociologia, Problemas e Práticas. nº 38. p.25-59.