Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Metodologia de Investigação em Sociologia

Disciplina do Curso

Sociologia

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

133 | 47

Código

ULHT45-16967

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Estudar e examinar o conceito do conhecimento científico e a sua especificidade nas ciências sociais; Reflectir sobre a lógica da investigação científica em ciências sociais e as estratégias da investigação; Conhecer a problemática da medição em ciências sociais; as estratégias e práticas que auxiliam, de forma fiável, os investigadores a interpretar os factos e os fenómenos sociais e sociológicos; Capacidade para compreender a produção de conhecimento científico no domínio das ciências sociais e como convocar o conhecimento empírico; Compreender o percurso epistemológico da prática científica: para definir o objecto de estudo e o problema de investigação e identificar os métodos e técnicas de recolha de informação; Saber definir os modelos de análise e procedimentos que permitem a interpretação dos resultados nos processos de investigação; Competências práticas para interpretar e explicar, através de trabalhos científicos (ensaiados nas aulas), a realidade social

Objetivos

M1 Construção do conhecimento científico em ciências sociais: sustentação teórica e caminhos para se deitar mão dos conhecimentos.
M2 A lógica da investigação cientifica em ciências sociais e o enquadramento das práticas, experimentadas e credibilizadas.
M3 As estratégias de investigação em ciências sociais: os procedimentos práticos para construir as fases e etapas da pesquisa inerente aos processos de investigação sociológica.
M4 A medição em ciências sociais.
M5 A interpretação dos factos e dos fenómenos sociais: a sua exposição em trabalhos científicos.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Capacidade para analisar e compreender o processo de produção de conhecimento científico no domínio das ciências sociais. Capacidades para compreender o percurso epistemológico da prática científica Capacidade para definir o objecto de estudo e o problema de investigação Competência para identificar os métodos e técnicas para a recolha de informação Competência para identificar e definir os modelos de análise que permitam a interpretação dos resultados do processo de investigação. Competência para a criação de medidas que, de forma fiável e válida, meçam os factos e fenómenos sociais Competência para interpretar e explicar a realidade social.

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas terão discussão a partir de exemplos concretos, privilegiando os métodos que incentivam a participação dos estudantes. As aulas de índole mais prática serão preenchidas por actividades de orientação, acompanhamento e experimentação tendo em vista o desenvolvimento de trabalhos práticos. A avaliação da aprendizagem será feita com base em três aspectos: (1) Participação nas aulas (15%); (2) Conhecimentos adquiridos (50%); (3) Competências adquiridas (35%). a) Participação nas aulas: será avaliada com base na participação activa durante as sessões; b) Conhecimentos adquiridos (50%): Serão avaliados com base na apresentação e discussão de trabalhos e teste de avaliação sobre matérias relativas às Metodologias das Ciências Sociais; c) Competências adquiridas (35%): Serão avaliadas através da apresentação de um trabalho que demonstre o domínio dos procedimentos num trabalho sobre um fenómeno social actual. Este trabalho deverá ser elaborado em grupo de 2 a 4 participantes.

Bibliografia principal

BEAUD, Jean Pierre (2003), Investigação Social Da problemática à colheita de dados, Loures: Lusociência.
BERTHELOT, Jean-Michel (org.) (2001), Épistémologie des Sciences Sociales, Paris, PUF.
BOURDIEU, Pierre (1989), O Poder Simbólico, Lisboa: Difel.
BOURDIEU, Pierre, Jean-Claude Chamboredon e Jean-Claude Passeron (1983), Le Métier de Sociologue, Paris, Mouton ,4ª edição. CAMPENHOUDT, Luc Van. (2003). Introdução à Análise dos Fenómenos Sociais. Lisboa: Gradiva.
GIDDENS, Anthony (1996), Novas Regras do Método Sociológico, Lisboa, Gradiva.
LESSARD-HÉBERT, Michelle. (2005), Investigação Qualitativa - Fundamentos e Práticas (2ª ed.), Lisboa: Instituto Piaget.
POPPER, K., (2007). A Logica da Pesquisa Cientifica. S. Paulo: Cultrix.
POUPART, J. et al. (2008) A Pesquisa Qualitativa. Enfoques Epistemológicos e Metodológicos. Petropólis: Ed. Vozes.
SILVA, Augusto S. e PINTO, José M. (1986), Metodologia das Ciências Sociais, Porto: Edições Afrontamento.