Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Sociologia da Cultura e do Conhecimento

Disciplina do Curso

Sociologia

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

133 | 47

Código

ULHT45-16971

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1 - Noções de cultura: Principais tradições teóricas. Da perspectiva antropológica à perspectiva sociológica. Objecto da Sociologia da Cultura. Cultura e acção social. O campo cultural.
2 - Cultura e sociedade: Processos sociais e mudanças culturais. Cultura, poder e ideologia. Níveis de cultura. Subculturas, contraculturas e multiculturalismo. Cultura e mudança social.
3 - Indústrias culturais e cultura de massas: A cultura como indústria. Públicos e consumos culturais em Portugal num mundo globalizado. Os contributos dos "Cultural Studies". Políticas culturais.
4 - Conhecimento e cultura: a cultura e os mass media. A ciência como forma de conhecimento e cultura. A construção da realidade social.
5 - Introdução à investigação empírica: estudos sociológicos da cultura e do conhecimento.

Objetivos

Esta unidade curricular visa introduzir os alunos nos pressupostos teóricos e empíricos da Sociologia da Cultura e do Conhecimento. Partindo da definição dos conceitos de cultura e de conhecimento, propõe-se percorrer os principais debates teóricos e as problemáticas do campo ao longo da história, embora com maior incidência nas sociedades contemporâneas. Nesse sentido, é dada especial atenção ao lugar da cultura e das diversas formas de conhecimento no contexto da vida dos indivíduos e das sociedades atuais fortemente mediatizadas, bem como à evolução recente do "mercado dos bens culturais" e da noção de cultura enquanto bem de consumo. Em última análise, o objectivo desta disciplina é o de fornecer elementos chave para a compreensão dos fenómenos culturais da actualidade.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

O programa desta unidade curricular foi estruturado com vista a proporcionar aos alunos a compreensão das diferentes noções de cultura, o desenvolvimento da capacidade analítica sobre as principais problemáticas teóricas e empíricas do campo, dotando-os dos elementos básicos para a compreensão e interpretação dos fenómenos e acontecimentos culturais da actualidade, nomeadamente, da realidade portuguesa. No decurso das aulas e das actividades previstas, devem ser consolidadas as capacidades de comunicação oral e escrita sobre os conteúdos do programa.

Metodologias de ensino e avaliação

No sentido de promover a reflexividade sobre questões relevantes dos conteúdos programáticos, exige-se a participação ativa dos alunos. As exposições teóricas são complementadas com apresentações de trabalhos orais, seguidas de debate, de modo a desenvolver o sentido crítico e analítico.
Método: Avaliação contínua:
1. Apresentação oral e escrita, de duas recensões críticas por grupo: 22,5% x 2= 45%
2. Frequência: 50%
3. Assiduidade, pontualidade, participação: 5%

Bibliografia principal

[1] AA.VV. (2004), Públicos da cultura, Lisboa, Observatório das Actividades Culturais. [2] Berger, Peter, Thomas Luckmann (1999), A Construção Social da Realidade, Lisboa, Dinalivro. [3] Bourdieu, Pierre (1996), As regras da arte, Lisboa, Presença. [5] Crespi, Franco (1997), Manual de Sociologia da Cultura, Lisboa, Estampa. [6] Férin, Isabel (2002), Comunicação e Culturas do Quotidiano, Lisboa, Quimera. [7] Lahire, Bernard, A Cultura dos Indivíduos, São Paulo, Artmed, 2006. [8] Lopes, João Teixeira (2000), A Cidade e a Cultura: um estudo sobre as práticas culturais urbanas, Porto, Edições Afrontamento. [9] Mattelart, Armand, Érik Neveu (2006), Introdução aos Cultural Studies, Porto, Porto Editora. [10] Melo, Alexandre (2003), Globalização Cultural, Lisboa, Quimera. [11] Morin, Edgar (1989), Para uma Sociologia do Conhecimento, Sociologia, 6, pp. 135-146 [12] Morin, Edgar (2001), O desafio do século XXI: religar os conhecimentos, Lisboa, Instituto Piaget