filmeu

Disciplina História da Arquitetura e das Artes III

  • Apresentação

    Apresentação

    A unidade curricular apresenta conteúdos que se reportam-se ao conhecimento da arquitetura e das artes desde a segunda metade do séc. XIX, aos anos sessenta do séc. XX, incidindo em particular na evolução do alojamento e da arquitetura doméstica desde a crítica dos utopitas europeus à sociedade industrial e do movimento para a reforma das artes aplicadas, até a revisão da arquitetura moderna nas primeiras décadas pós-Segunda Guerra Mundial, centrando-se fundamentalmente nas ideias, teorias, escolas e movimentos estéticos com repercussão na prática da arquitetura. Enquadrados nas respectivas condições socioculturais, os conteúdos da unidade curricular desenvolvem tópicos abordados nas disciplinas Introdução à Teoria e História da Arquitectura II e História da Arquitetura e das Artes II, para domínios na articulação da arquitetura com as artes e o pensamento crítico.

  • Conteúdos Programáticos

    Conteúdos Programáticos

    I. Crítica à sociedade industrial

    Movimento para a reforma das artes aplicadas, arts and crafts

    John Ruskin, William Morris

    Arte Nova: Macintosh, Henry van de Velde, Vitor Horta, Gaudi

    II. O movimento da «casa portugesa»

    Raul Lino e os valores do habitar

    III.  Início do processo moderno nos Estados Unidos

    Escola de Chicago, Sullivan

    F.L.Wright, espaço contínuo e expansão espacial.

    IV. Pensamento crítico e vanguardas europeias

    Adolf Loos

    Haus Wittgenstein

    Secessão Vienense

    Ensino da Arquitetura e das artes: Gropius e a Bauhaus

    De Stijl

    V. Consolidação do processo moderno até à segunda Guerra Mundial

    Funcionalismo e Racionalismo

    Os primeiros CIAM

    As obras de habitação dos mestres do movimento moderno: Gropius, Mies, Le Corbusier, Mies e Aalto.

    VI. Questionamento e diversidade após a Segunda Guerra Mundial

    Debate sobre Habitat e o alojamento.

    Os CIAM do pós Guerra

    Team X

    VII. Mid Century Architecture

    Case Study House- CSH Program 1945-1966

    Fuller, Johnson e Khan

    VIII. Regionalismo crítico

  • Objetivos

    Objetivos

    O objectivo fundamental da UC conciste na operacionalidade do conhecimento da arquitetura e das artes no referido período a partir da evolução do alojamento e da arquitetura doméstica, enquanto suporte ao desevolvimento de competências pessoais (comunicação oral e escrita, elaboração de sínteses), instrumentais (acesso a fontes fiáveis, interpretação cítica), sociais (colaboração, compromisso ético) e sistémicas (autonomia, autocrítica).

    Este objectivo fundamental integra quatro outros:

    1- Instruir uma reflexão sobre o contexto histórico e respectivas condições que estão na génese das dinâmicas culturais, correntes artísticas e pensamento crítico, que enquadram a produção arquitectónica.

    2- Desenvolver capacidades de recolha, sistematização e análise de informação e documentação;

    3- Contribuir para o enriquecimento formativo de experimentação de métodos de investigação;

    4- Contribuir para o enriquecimento formativo do aluno, enquanto base teórica de suporte à prática da arquitetura.

  • Metodologias de ensino e avaliação

    Metodologias de ensino e avaliação

    A disciplina de História da Arquitetura e das Artes II apresenta aulas de índole teórica e de índole teórico-prática. As aulas teóricas decorrem de forma essencialmente expositiva procurando-se cumprir os enunciados previstos no programa. Nestas aulas utilizam-se os meios didácticos disponíveis na ULHT que se adequem à apresentação sequencial dinâmica e estruturada de imagens. As aulas teórico-práticas apresentam-se sob a forma de Grupos de Discussão sobre os Tópicos abordados nas aulas teóricas ou de acompanhamento para a elaboração da monografia. Os Grupos de Discussão têm por objectivo relacionar, de forma ponderada, os conteúdos disciplinares, a sistematização ou originalidade dos trabalhos propostos e a pertinência dos temas abordados. A avaliação consiste na elaboração de um trabalho de síntese e de um trabalho de investigação, cada item com um peso de 50% no resultado final

  • Bibliografia principal

    Bibliografia principal

    BANHAM, Reyner (1960). Teoria e Projecto na Primeira Era da Máquina. Editora Perspectiva, São Paulo, 2ª edição 1979.

    BENÉVOLO, Leonardo - História de la Arquitectura Moderna, Editorial Gustavo Gili, S.A. Barcelona, 1974, 5ª edição ampliada 1982.

    COLQUHOUN, Alan (2002). La Arquitectura Moderna. Una historia desapasionada. Barcelona: Gustavo Gili. Cota: AQ/393-BC

    FRAMPTON, Kenneth (2000). História Crítica da Arquitectura Moderna. Martins Fontes, São Paulo. (Cota: AQ/106-BC)

    FRANÇA, José-Augusto. História da Arte Ocidental, 1780-1980, Livros Horizonte, Lisboa, 1988.

    KOSTOF, S. (2007). Historia de la Arquitectura (Vol. 3). Madrid Alianza Editorial, Madrid. (Cota: AQ/224.B-BC)

    NORBERG-SCHULZ, C. (2004). Arquitectura Occidental. (5.ª tir., 1.ª ed.). Gustavo Gili, Barcelona. (Cota: AQ/53-BC)

    SMITH, Elizabeth A.T. (ed.). Blueprints for Modern Living: History and Legacy of the Case Study Houses. The Museum of Contemporary Art, Los Angeles, The Mit Press,Cambridge, Massachusetts, London, 1989.

INSCRIÇÃO AVULSO
Lisboa 2020 Portugal 2020 Small financiado eu 2024 prr 2024 republica portuguesa 2024 Logo UE Financed Provedor do Estudante Livro de reclamaões Elogios