Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Metodologia de Investigação Científica

Curso

Ciência Política - Cidadania e Governação

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 6

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

160 | 45

Código

ULHT94-8739

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1.As bases do conhecimento científico
A falsificabilidade popperiana
As funções da teoria e das definições operacionais
O processo de investigação
A ética da e na investigação
2. As estratégias metodológicas em função do objeto:
Pesquisa extensiva: grandes inquéritos e bases de dados estatísticos
Pesquisa intensiva: estudos de caso, pesquisa de terreno, observação participante, abordagem etnográfica
Os modelos de design misto
A investigação comparada
3. Os dados
Validade e Fiabilidade
Tratamento de dados quantitativos: o teste não-paramérico do qui-quadrado de independência
4. O projeto de Dissertação
Da temática à problemática
Objetos: científico, de estudo, real e empírico
A questão de partida ou a hipótese de trabalho
A contextualização teórica
Definição da metodologia: os métodos e as técnicas e os instrumentos de recolha de dados
Estruturação do pré-projeto de acordo com as normas vigentes.

Objetivos

Pretende-se dar a conhecer aos alunos a metodologia do trabalho científico e dotá-los dos instrumentos concetuais que lhes permitam a escolha das estratégias metodológicas adequadas à elaboração de um pré-projeto na área científica do Mestrado.
Pretende-se, ainda, consciencializar os alunos para os princípios éticos subjacentes à investigação científica.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

Os discentes deverão saber: estruturar um projeto individual; identificar as estratégias metodológicas de análise política, no que concerne à recolha de dados, nomeadamente a análise de conteúdo, a análise documental e os vários tipos de entrevista; organizar e analisar os dados recolhidos; conhecer e utilizar as regras em vigor na ULHT.

Metodologias de ensino e avaliação

A unidade curricular adota a metodologia teórico-prática, combinando a metodologia de tipo diretivo com a análise de corpos teóricos e modelos formais e a realização conjunta de exercícios de aplicação de conhecimentos.
Avaliação contínua.
Valor da ponderação:
- Assiduidade e participação -15%;
- 1.º elemento de avaliação, um teste sobre os conteúdos trabalhados - 40%
- 2.º elemento de avaliação, apresentação de um pré-projeto - 45%.

Bibliografia principal

Bell, J. (2004). Como realizar um projecto de investigação. Lx: Gradiva
Chalmers, A. (1990). Science and its fabrication. Buckingham: Open University
Chizzotti, A. (2006). Pesquisa em ciências humanas e sociais. S. Paulo: Cortez Edit
Eco, U. (1988). Como se faz uma tese em ciências humanas. Lx: Presença
Gerring, J. (2007). Case study research: principles and practices. Cambridge: University Press
Pollock, P. (2005). The essentials of political analysis. Washington: CQ Press
Popper, K. (2007). A lógica da pesquisa científica. São Paulo: Edit. Cultrix
Poupart et al (1997). La recherche qualitative - Enjeux épistémologiques et méthodologiques. Montreal: Gaetan Morin
Quivy, R. & Campenhoudt, L. (1992). Manual de investigação em ciências sociais. Lisboa: Gradiva
Severino, A. (2000). Metodologia do trabalho científico. S. Paulo: Cortez Edit
Somekh, B. & Lewin, C. (2005). Research Methods in the Social Sciences. London: Sage Publications