Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Modelos de Formação de Professores

Disciplina do Curso

Ciências da Educação (M)

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

125 | 24

Código

ULHT82-3-14781

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

O formador face aos sistemas e contextos de formação: caracterizar diferentes sistemas de formação; perfil
do formador ¿ competências e capacidades.
Factores e processos de aprendizagem: contextos e características da aprendizagem; processos , etapas e
factores psicológicos da aprendizagem.
Comunicação e animação de grupos: Os grupos e a sua dinâmica; tipos de liderança e os seus efeitos na
prática pedagógica; animação de grupos com percursos diferenciados de aprendizagem.
Métodos e técnicas pedagógicas: caracterização dos métodos e técnicas mais utilizadas na formação;
características da comunicação pedagógica nos métodos ativos e não ativos.
Acompanhamento e avaliação da formação: critérios de avaliação da eficácia da formação; medidas de
regulação do processo formativo.

Objetivos

Os estudantes são capazes de:
- Caracterizar diferentes sistemas e modelos de formação de formadores,
- Relacionar modelos e sistemas com as teorias que os suportam,
- Organizar, aplicar e avaliar projetos de desenvolvimento pessoal e profissional.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

- Usar estratégias e técnicas de intervenção e avaliação que lhes permitam enquadrar e promover cursos e
ações individuais de aquisição de competências de formação em diferentes contextos educativos.

Metodologias de ensino e avaliação

Na unidade curricular serão utilizadas sessões magistrais, teórico-práticas e de tutoria onde individualmente ou
em grupo serão analisados e discutidos diferentes sistemas de formação de formadores. Os conteúdos
previstos serão analisados sequencialmente e prevê-se a utilização de sessões plenárias e de trabalho em
pequeno grupo para discussão de casos e de textos selecionados.
Serão privilegiadas metodologias ativas e participadas onde a análise de diferentes pontos de vista possa ser
mais um elemento de motivação e aprendizagem.
A avaliação contínua terá em conta as seguintes ponderações: empenhamento 30%; trabalho individual 40%;
trabalho de grupo 30%.

Bibliografia principal

Nóvoa, António (2007). O regresso dos professors. In Teacher Professional development for the qualyty and
equity of lifelong learning. Lisboa: European Commission.
Marcelo, C. (2009). Desenvolvimento professional docente: passado e future. Sísifo, Revista de Ciências da
Educação, Universidade de Lisboa.
Maurice Tardif et Claude Lessard (dir.) (2004). La profession d'enseignant aujourd'hui. Évolutions, perspectives
et enjeux nationaux Québec : Presses de l'Université Laval, 2004.
Perrenoud, Ph. (2000). Dez Novas Competências para Ensinar. Porto Alegre : Artmed Editora
Zeichner, K., (1993). A formação reflexiva de professores: Ideias e práticas. Lisboa: Educa