Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Seminário de Intervenção Gerontológica

Curso

Gerontologia Social (2.º ciclo)

Grau|Semestres|ECTS

Mestrado | Semestral | 5

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

135 | 24

Código

ULHT795-14158

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

1. Elementos teóricos, metodológicos, éticos e políticos da intervenção em Gerontologia Social
2. Objectivos e conteúdos da intervenção gerontológica
i. Elementos constituintes do diagnóstico em Gerontologia
ii. A planificação da intervenção e avaliação em Gerontologia
3. A relação de ajuda em Gerontologia
a. O cuidar em Gerontologia - princípios e valores
i. Competências dos profissionais
ii. Questões éticas e deontológicas na intervenção gerontológica
4. A avaliação integral e interdisciplinar em Gerontologia Social
i. Aspectos geriátricos na avaliação da pessoa idosa
ii. Princípios, resultados e diagnóstico
iii. Escalas/ Instrumentos de avaliação em Gerontologia e Geriatria
iv. Características, áreas de avaliação (clínica, social, mental, funcional)
v. Apresentação e análise de algumas escalas de avaliação
5. Os planos gerontológicos - abordagens micro, meso e macro

Objetivos

- Integrar os conhecimentos adquiridos sobre os conceitos base da Gerontologia Social, seus objectivos e conteúdos, bem como os elementos teóricos, metodológicos, éticos e políticos básicos da intervenção no trabalho social gerontológico.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

- Compreender a aplicação dos princípios da intervenção gerontológica na avaliação integral das pessoas idosas numa perspectiva biopsicossocial;
- Desenvolver capacidades de análise e de intervenção gerontológica, em ambiente multidisciplinar;
- Desenvolver a análise crítica propositiva.

Metodologias de ensino e avaliação

A metodologia de ensino aprendizagem a utilizar será activa, recorrendo a leituras, análises e discussão do material teórico
sugerido, problemas práticos ou de casos de estudo sempre que for oportuno e análise crítica de temas teóricos, metodológicos, éticos e políticos na área de Gerontologia.
Realização de trabalho individual para apresentação em aula, sustentado na pesquisa bibliográfica e electrónica, orientado para a identificação de territórios de intervenção, diagnóstico, planeamento e avaliação da intervenção na área da Gerontologia social (ponderação 40%)
Entrega de trabalho escrito final com os conteúdos apresentados em aula, com fundamentação teórica e reflexão crítica (ponderação 60%).

Bibliografia principal

1. SERRANO, G. (2008). Elaboração de projectos sociais - casos práticos. Porto, Porto Ed.
2. ARRAZOLA, F. J. Leturia, et al. (2001), La Valoración de las Personas Mayores: Evaluar para Conocer, Conocer para Intervenir, Madrid, Cáritas Española.
3. CABRAL, Manuel Villaverde (2013), Processos de Envelhecimento em Portugal ¿ Usos do tempo, redes sociais e condições de vida, Lisboa, Fundação Francisco Manuel dos Santos.
4. CARVALHO, Maria (ed.) (2013), Serviço Social no Envelhecimento (no prelo) ed. 1, 1 vol.. Lisboa: Lidel, Pactor.
5. GARCÍA, Manuel Martín (ed.) (2003), Trabajo Social en Gerontología, Madrid, SÍntesis.