Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Desenho Urbano II

Curso

Arquitetura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

3 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

112 | 60

Código

ULHT36-5370

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

A abordagem nesta unidade curricular (UC) terá a contemporaneidade como
enquadramento e procurará tanto através da teoria como da prática
projectual trazer para o percurso discente uma sensibilidade acrescida para a
análise, compreensão e actuação sobre as problemáticas que o espaço
urbano / espaço público representa na actualidade.
Na vertente prática será selecionada uma rua da cidade de Lisboa, associada
ao Programa ¿Uma Praça em cada Bairro ¿ intervenções em espaço público*¿,
onde a partir de uma praça, de uma rua se propõe requalificar, organizar um
ponto de encontro da comunidade local, uma microcentralidade que
concentre atividade e emprego, que se consagre como espaço público de
excelência e local de estar, onde se privilegiem os modos suaves de
locomoção, marcha a pé e bicicletas, os transportes públicos e onde o trânsito
automóvel será condicionado.

Objetivos

A unidade curricular de Desenho Urbano II tem como objetivo a aquisição e
compreensão de teorias, conceitos e princípios que confiram ao discente as
ferramentas metodológicas necessárias quando chamados a intervir no espaço
urbano / espaço público.
Pretende-se com os trabalhos práticos a realizar durante o semestre, que o
discente ponha em prática os conhecimentos adquiridos.
Por último, pretende-se sensibilizar os discentes para as implicações que o
desenho urbano tem na forma da cidade e para a necessidade de garantir a
integração entre escalas, sectores e atores na elaboração do mesmo.
Introduzem-se ainda conceitos e noções essenciais à leitura e análise do espaço urbano do período industrial, moderno e pós-industrial, bem como exemplos de reconversão dos mesmos, tendo em conta a sua adequação a vivências contemporâneas. No final do semestre, os alunos deverão apresentar um projecto de desenho urbano, proposto para um espaço concebido no último século.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

No final do semestre, pretende-se que os discentes tenham desenvolvido conhecimentos no âmbito das teorias e da prática do desenho urbano, considerando aspectos formais, culturais e sociais. A abordagem a conceitos e formas de espaços associados a novas tipologias urbanas e estilos de vida será um ponto essencial nesta aprendizagem. Estas ferramentas permitir-lhes-ão identificar e analisar tipos e modelos urbanos dos últimos dois séculos, bem como o objecto arquitectónico em estreita
relação com o contexto. Idealmente, deverão estar aptos a intervir em
contextos urbanos com pré-existências deste período, com consciência e
conhecimento de causa, contribuindo para a qualificação da paisagem urbana e para a qualidade de vida nas cidades.

Metodologias de ensino e avaliação

A presente unidade curricular é constituída por aulas teóricas - práticas. As aulas
teóricas serão lecionadas com o apoio de meios multimédia que permitam
ilustrar os conteúdos propostos, recorrendo à análise e comentário dos temas
relevantes, bem como dos princípios e conceitos subjacentes. Será incentivada
a realização de debates sobre as temáticas propostas. As aulas práticas visam
a elaboração e acompanhamento de trabalhos práticos a desenvolver pelos discentes, e onde serão aplicados dos conhecimentos adquiridos e ensaiadas
as metodologias propostas. A avaliação será contínua e terá por base a assiduidade* e participação nas aulas e o(s) trabalho(s) prático(s), com as seguintes ponderações:
Assiduidade e participação nas aulas ¿ 10%;
FASE 1 ¿ PROGRAMA / ANÁLISE SWOT (15%)
FASE 2 ¿ ESTUDO CASOS/REFERÊNCIAS (20%)
FASE 3 ¿ ESTUDO PRÉVIO (25%):
FASE 4 ¿ PROPOSTA FINAL (30%)
A assiduidade, em avaliação contínua, é de carácter
obrigatório.

Bibliografia principal

Bibliografia principal
CULLEN, GORDON (1988). Paisagem Urbana. Lisboa: Edições 70.
Cota: UR/138-BC
KEVIN LINCH (1999). A imagem da cidade. Lisboa: Edições 70.
Cota: UR/229-BC
JAN GEHL, LARS GEMZOE (2002). Novos Espaços Urbanos. Barcelona: GG
COTA: UR/20-BC
LAMAS, JOSÉ R. G. (2000). Morfologia Urbana e Desenho da Cidade. Lisboa:
Fundação Calouste Gulbenkian / FCT.
Cota: UR/325-BC
CHOAY, FRANÇOISE (2002). O Urbanismo. Utopias e realidades: uma antologia.
São Paulo: Ed. Perspectiva.
Cota: UR/22-BC
Bibliografia complementar:
ALVES, F. BRANDÃO; Avaliação da Qualidade do Espaço Público Urbano ¿
Proposta Metodológica. Lisboa: FCT / F. Calouste Gulbenkian, 2003.
CARMONA, MATTHEW (2010). Public Places Urban Spaces: The Dimensions of
Urban Design. Architectural Press. Cota: UR/432-BC
GEHL, JAN ; Life between buildings: Using public space. New York: Van Nostrand
Reinhold, 1987