Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

História da Arquitetura e das Artes I

Curso

Arquitetura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

2 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

112 | 45

Código

ULHT36-10662

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

As primeiras civilizações da Mesopotâmia e a sua imagem arquitectónica e urbana serão analisadas como as origens da arquitectura ocidental. A evolução económica e política terá fomentado a arquitectura do poder em paralelo com a arquitectura religiosa. As características da arquitectura clássica grega e romana são o reflexo da intelectualidade em todos os domínios que estas comunidades atingiram e que ainda hoje são a nossa herança política, filosófica e artística.
A afirmação da religião cristã durante o período medieval introduz novos conceitos que vão dar origem a novas formas sobretudo relacionadas com a arquitectura religiosa, e a arquitectura militar como defesa do espaço urbano/sagrado sofreu também evoluções e é significativa da representação do poder político senhorial.
O Renascimento em Itália marca o início de um novo ciclo baseado na reinterpetação da arquitectura clássica pondo em causa a estética da arquitectura medieval introduzindo uma nova linguagem.

Objetivos

Pretende-se reflectir sobre a produção teórica e prática da arquitectura antiga e medieval, compreendendo a sua génese e desenvolvimento, assim como as condicionantes socioculturais que a enquadram. O conhecimento das origens da arquitectura ocidental numa perspectiva de análise das formas e da evolução da estética é essencial para o entendimento adequado da História e Teoria da Arquitectura referente ao período em questão como aos ciclos posteriores. O reconhecimento que a evolução da arquitectura é muitas vezes a reflexão e reinterpretação das normas e conceitos, que geraram as formas da arquitectura noutros períodos como se verifica no contexto do Renascimento Italiano, acentua a importância da História no processo criativo do objecto arquitectónico.
Um dos objectivos será a compreensão do espaço arquitectónico e dos elementos que o compõe através duma análise sistemática das obras construídas.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

A temática incidente na História de Arquitectura pretende fornecer aos alunos o conhecimento da evolução da arquitectura desde as primeiras civilizações ao início do Renascimento, através da construção de um discurso interpretativo do papel do arquitecto na sociedade.
A representação das Artes, como a pintura e a escultura, inserida no espaço arquitectónico acompanha a evolução da arquitectura, e a análise do seu significado poderá contribuir para um melhor entendimento dos movimentos artísticos e ideológicos que estão subjacentes aos vários períodos históricos.

A reflexão e análise sobre o significado das formas e a sua expressão estética pretende enriquecer o discurso crítico e tornar mais consciente a complexidade que envolve fazer arquitectura desde a concepção/projecto à concretização da obra.

Metodologias de ensino e avaliação

As aulas serão leccionadas através de aulas teóricas, que procuram analisar as obras na vertente historiográfica contextualizada e fomentar uma análise crítica sobre os fundamentos essenciais da arquitectura. Também haverá aulas de acompanhamento de trabalhos teóricos desenvolvidos pelos alunos que procuram fomentar o interesse pela investigação e orientar a sua composição e conteúdos.
A avaliação será realizada através de duas formas distintas: uma prova escrita que irá abranger os temas no período histórico desde a Antiguidade ao final do Gótico; um trabalho de grupo escrito e apresentado oralmente sobre um tema escolhido pelos alunos e aprovado e orientado pelo docente ao longo do semestre.

As percentagem dos trabalhos desta unidade curricular será a seguinte:
- Teste de avaliação dos conteúdos da UC (individual) - 50%
- Trabalho de Grupo¿ 50% (30% - Trabalho final + 10% (recensão crítica individual de um texto) + 10% ( participação)

Bibliografia principal

? Goitia, F. C. (1996). Breve História do Urbanismo (4.ª ed.). Lisboa: Editorial Presença.
Cota: UR/67-BC
? Kostof, S. (2007). Historia de la Arquitectura (Vol. 1). Madrid: Alianza Editorial.
Cota: AQ/224-BC
? Kostof, Spiro. (1999). The City Shaped, Urban Patterns and Meanings Through History. Boston: A Bulfinch Press Book Little, Brown and Company.
Cota: UR/122-BC
? Janson, H. W. (1998). História de Arte. Lisboa. Fundação Calouste Gulbenkian.
Cota: HA/55-BC
? Norberg-Schulz, C. (2004). Arquitectura Occidental (5.ª tir., 1.ª ed.). Barcelona: Gustavo Gili.
Cota: AQ/53-BC
? Roth, L. M. (2008). Entender la Arquitectura. Sus elementos, historia y significado (6.a tir., 2.a ed.). Barcelona: Gustavo Gili.
Cota: AQ/392-BC
? Watkin, D. (2005). A History of Western Architecture (4.ª ed.). New York: Watson-Guptill.
Cota: AQ/351-BC
? Pereira, P. (Ed.). (1999). História da Arte Portuguesa (3.ª ed., Vol. 1). Lisboa: Temas e Debates.
Cota: HA/76-BC