Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

História da Arquitetura Portuguesa I

Curso

Arquitetura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 4

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

4 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

112 | 45

Código

ULHT36-7078

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

Parte 1 ¿ Antes da formação do país
I. Arquitectura megalítica no actual território português
II. Arquitectura da Época Clássica
III. Arquitectura da Antiguidade Tardia
IV. Influência islâmica no Ocidente

Parte 2 ¿ Portugal e a Idade Média
I. Arquitectura românica (séc. XI-XIII)
II. Arquitectura gótica (séc. XIII-XV)
III. Do Gótico ao Manuelino (séc. XV-XVI)

Parte 3 ¿ Portugal e a Idade Moderna
I. Enquadramento à arquitectura renascentista (séc. XVI-XVII)
II. ¿Ao romano¿
III. Arquitectura militar
IV. Práticas e obras do Alto Renascimento
V. Classicismo, italianismo e ¿Estilo Chão¿
VI. Transição e mudança: o Barroco do séc. XVII
VII. O Barroco do séc. XVIII

Objetivos

Depois das aquisições de carácter alargado, no âmbito da história e da teoria da arquitectura, da cidade e da arte, efectuadas durante o 1.º ciclo, o objectivo desta unidade curricular é consolidar conhecimentos particulares sobre a realidade portuguesa no que à produção arquitectónica diz respeito, nunca perdendo de vista o seu contexto particular sociopolítico e as suas ligações, contaminaç e cumplicidades transnacionais. Assim, procura-se contribuir para uma reflexão sobre a produção teórica e prática do mundo arquitectónico português, desde as origens ao século XVIII, compreendendo a sua génese e desenvolvimento, assim como as condicionantes culturais que a enquadram. O conhecimento adequado da disciplina de HAP colabora para uma maior maturidade na reflexão sobre a história da produção e consciência crítica deste momento específico da história, com repercussões inevitáveis na prática e no discurso arquitectónico na actualidade.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

O trabalho proposto por esta UC, organizado ao redor da discussão e em paralelo com a aquisição de conhecimentos específicos, visa o desenvolvimento de capacidades de compreensão e articulação de informação de carácter histórico relativo à arquitectura portuguesa. A consciência da complexidade da produção humana em questão deve estruturar uma maior competência discursiva crítica, face às propostas teóricas e projectuais, tanto históricas como actuais. Enquadrado pelo marco histórico definido devem os discentes compreender o fenómeno arquitectónico português como processo onde espaço e tempo contribuem para a construção dinâmica de conceitos que envolvem a Arquitectura e a cultura em geral. Através desta estratégia o desafio é o de se colocar um tema específico em questão, aplicando-lhe uma metodologia de investigação e, deste processo, resultar num esboço de resposta suportado por leituras críticas.

Metodologias de ensino e avaliação

Aulas: 1) Sessões expositivas, devidamente acompanhadas por material audiovisual e propostas de leitura complementares e 2) Discussão e apoio ao desenvolvimento dos trabalhos. Actividades complementares: a) Visitas de estudo relacionadas com os conteúdos da UC e b) Participação em actividades académicas do MIARQ.
Avaliação: a) Trabalho de Investigação, 1.ª fase (o tema, a estrutura, a bibliografia específica e o desenvolvimento são acompanhados pela docente), 40%; b) Entrada na Wikipédia, 20%; c) Trabalho de Investigação, 2.ª fase (grupo), 30% e d) Assiduidade e participação, 10%. A apresentação final do trabalho de grupo é elemento fundamental para a avaliação do mesmo. A assiduidade e participação aplicam-se também às actividades realizadas. Todos estes elementos são essenciais para que possa existir avaliação. As presenças abaixo de 75% resultam na obrigatoriedade de ir a exame.

Bibliografia principal

Bibliografia Obrigatória
? Almeida, C. A. F. (1993). História da Arte em Portugal: O Românico (vol. 2). Lisboa: Alfa.
Cota: HA/77.A-BC
? Borges, N. C. (1993). História da Arte em Portugal: Do Barroco ao Rococó (Vol. 9). Lisboa: Alfa.
Cota: HA/77.H
? Dias, P. (1993). História da Arte em Portugal: O Gótico (vol. 4). Lisboa: Alfa.
Cota: HA/77.C-BC
? Moura, C., Pereira, J. F. & Moreira, R. (1993). História da Arte em Portugal: O limiar do Barroco (Vol. 8). Lisboa: Alfa.
Cota: HA/77.G-BC
? Pereira, P. (Ed.). (1999). História da Arte Portuguesa (3.ª ed., Vols. 2-3). Lisboa: Temas e Debates.
Cota: HA/76.A-BC ou HA/76.B-BC
? Serrão, V., Correia, J. E. H., Meco, J., Moreira, R. & Deswarte, S. (1993). História da Arte em Portugal: O Maneirismo (Vol. 7). Lisboa: Alfa.
Cota: HA/77.F-BC
(Toda a bibliografia específica considerada necessária será fornecida em contexto de sala de aula)