Contacto WhatsApp 963640100

Universidade Lusófona

Introdução à Cultura Visual

Curso

Arquitetura

Grau|Semestres|ECTS

Licenciatura; Mestrado | Semestral | 3

Ano | Tipo de unidade curricular | Lingua

1 |Obrigatório |Português

Total de horas de Trabalho | Tempo de Contacto (horas)

84 | 45

Código

ULHT36-12617

Disciplinas complementares recomendadas

Não aplicável

Pré-requisitos e co-requisitos

Não aplicável

Precedências

Não

Estágio profissional

Não

Conteúdos Programáticos

I - Cultura Visual: contextos
1. O que é a Cultura Visual? ¿ noções culturalistas e noções visualistas
2. Visão, visualidade e visibilidade: por uma literacia
3. A centralidade do olhar na experiência da modernidade no Ocidente
4. O estatuto pós-moderno das imagens: o simulacro, o pastiche e o virtual
5. Metodologias em análise visual ¿ a interdisciplinaridade: o olhar treinado e a composição; a análise de conteúdo e o levantamento; a semiologia e a descodificação; a psicanálise e a interpretação.
II - Cultura Visual: conceitos
1. O ocular, o óptico, o escópico: oculofilia e oculofobia
2. Distracção e hiperatenção: a cultura urbana e o blasé de Georg Simmel
3. Aura, distância e exposição: a proposta de Walter Benjamin
4. O panóptico e a supervigilância: espaço e visão ao serviço do poder, segundo Michel Foucault
5. As tecnologias do olhar: a fotografia, o cinema, o monograma e a última imagem de Siegfried Kracauer

Objetivos

- Reconhecimento da centralidade da visão, do olhar e das imagens, no contexto da cultura ocidental, com maior enfoque na experiência da modernidade e da contemporaneidade.
- Posicionamento no debate sobre a visualidade enquanto construção cultural.
- Comprovação do contexto interdisciplinar da Cultura Visual; aplicação dos respectivos conceitos na contextualização sócio-cultural das imagens; reconhecimento das principais abordagens teóricas à constituição do olhar e das imagens enquanto produções humanas; análise de momentos históricos, objectos e artefactos (arquitectónicos) nos quais ver, olhar e mostrar são experiências constituintes.

Conhecimentos, capacidades e competências a adquirir

- Perceber a construção cultural da visão no conjunto dos vários sentidos humanos;
- Compreender o papel da visão na modernidade e na contemporaneidade;
- Diagnosticar a existência de um contexto histórico-social do olhar que condiciona a produção das imagens;
- Reconhecer os diferentes media de produção das imagens;
- Compreender a imagem como um objecto de conhecimento;
- Identificar os processos de produção de sentido;
- Ler imagens, ver textos.
- Interpretar os códigos visuais usados nas imagens e outros objectos;
- Posicionar-se criticamente sobre os regimes da visualidade.

Metodologias de ensino e avaliação

Metodologias:
Exposição teórica e discussão temática.
Leitura e interpretação de textos e imagens.
Análise visual.
Avaliação:
Teste (60%) ¿ obrigatório, a realizar na última aula.
Apresentação oral (30%) ¿ obrigatório; trabalho de grupo (2-3 elementos) sobre análise dos objectos constantes do programa, ou outros propostos pelos alunos com a aprovação do professor. Tempo de apresentação: 10-15 minutos para cada grupo/ (em data a definir).
Assiduidade e participação (10%)..

Bibliografia principal

Bibliografia obrigatória:
? ARNHEIM, Rudolf (1997) Arte e percepção visual : uma psicologia da visão criadora; São Paulo: Pioneira Editora
Cota: HA/19-BC
Cota: CO/88-BC.
? BENJAMIN, Walter (1992) Sobre arte, técnica, linguagem e política; Lisboa: Relógio d¿Água
Cota: CO/205-BC
? ELKINS, James (2003) Visual Studies: a skeptical introduction; New York, London: Routledge
Cota: AV/534-BC
? EVANS, Jessica, HALL, Stuart, ed. lit. (1999) Visual culture : the reader; London: Sage Publications
Cota: AVF/97-BC
? GIL, Isabel Capeloa (2011) Literacia Visual: estudos sobre a inquietude das imagens; Lisboa: Edições 70
Cota: AV/795-BC.
? MIRZOEFF, Nicholas, ed. lit. (2002) The visual culture reader; London, New York: Routledge
Cota: AV/488-BC.